25 agosto 2016

Asos // Body infinito [Goddiva Swimwear]

Lembram-se do vestido grego que comprei online e que vos mostrei aqui? Pois é, fiquei fã deste estilo de roupa com alças infinitas que nos permitem prender a roupa de várias maneiras. Acho prático, sexy e super diferente! Na semana passada, cuscando o site da ASOS, dou de cara com isto: um fato de banho com alças infinitas!


Fiquei logo encantada! Para já, a minha ideia é utilizá-lo como body mas como ainda não fui 'oficialmente' de férias, acredito que ainda vou ter oportunidade para usá-lo com a função original: fato de banho! Fiquei indecisa entre o branco e o azul-petróleo mas venceu o branco. Pele morena e roupas brancas são, para mim, a combinação perfeita do verão :)
SHARE:

22 agosto 2016

Das mariquices que eu adoro #3


Uma cama deliciosa cheia de almofadas!

Os nossos candeeiros novos, comprados nestes saldos (loja Área, de 69€ por 19€). A cama que desde sempre me encheu as vistas, que me fez bater o pé e dizer ao meu pobre noivo que "ou é esta cama ou vamos ficar a dormir em colchões de palha até termos dinheiro para a comprar" (true story!). A colcha com flores que parece uma pintura meio abstrata e que me arrancou suspiros assim que a vi, numa lojinha na vila do Gerês. A vela dourada na cabeceira da cama, prenda da minha avó e que eu tenho pena de acender por que, de alguma forma, parece ainda guardar o cheiro da minha velhinha. As fotografias do nosso casamento na moldura dourada da mesinha de cabeceira. A parede azul-turquesa-caixinha-da-Tiffany que deu um trabalho daqueles para que o senhor da loja afinasse o tom certo com o tom da caixinha do meu anel de noivado (amo essa cor linda, entre o azul e o verde).

Os detalhes, sempre os detalhes... Que fazem com que a nossa casa seja sentida como 'nossa', como o lar que começámos a construir desde o noivado e até agora (como eu costumo dizer: a minha casa só estará pronta e do jeitinho que eu quero... quando eu já for avó!), onde olho para cada canto e vejo objectos que trouxemos de viagens tão boas e que nos enchem o coração!

(eu sei que há quem não ligue nada para a casa e que consiga viver em casas arrendadas completamente mobiliadas, tipo apart-hotel mas definitivamente, esta opção não faria sentido para mim. Adoro a minha casa de paixão, adoro o cheirinho que só a minha casa tem - e para ser perfeito, perfeito... era só ter uma varanda grande ou um terracinho.)
SHARE:

19 agosto 2016

Perda de Peso // A minha alimentação #1

Pois bem, vocês pediram (e pediram muuuito) e cá estou eu com uma nova rubrica chamada "Perda de Peso" onde vou relatar o meu processo de emagrecimento, dicas e a minha rotina de cuidados. A primeira rubrica é sobre alimentação, que foi o ponto de partida para toda esta mudança. Quero ressaltar que o que deu certo para mim foi uma dieta de Reeducação Alimentar totalmente personalizada e feita pela minha médica que soube como ninguém compreender o meu ritmo de vida acelerado, os 'buracos' do dia em que tinha uma fome descomunal e queria comer até os azulejos da cozinha, enfim... O ideal é que procurem sempre um especialista antes de darem este pontapé inicial rumo à perda de peso.


Para começar, a minha alimentação era muito desequilibrada. Pequeno-almoço só quando dava tempo (e normalmente coisas ultracalóricas: ovos mexidos, merenda mista, croissants, queques - e outros alimentos do género), ficava várias horas em jejum entre uma refeição e outra (às vezes a falta de tempo era tanta que só fazia duas refeições ao dia: almoço e jantar - podem imaginar a quantidade de comida que eu metia no prato, não podem? hoje faço 7 refeições!). Não comia fruta (ainda hoje não como muito - não gosto da maior parte das frutas e é algo que estou a tentar contornar), os legumes que comia eram os mais calóricos (batata e cenoura ahaha), fazia mesmo tudo errado.

SHARE:

17 agosto 2016

Coisas que os homens nunca vão perceber...

Peso-me todos os dias pela manhã, na balança da minha casa de banho. Não tenho tido grandes surpresas, o máximo que já 'aumentei' de um dia para o outro foram 200g (e fico sempre tão lixada da vida que nesse dia faço o dobro dos exercícios - e no dia a seguir já a coisa baixou) só que ontem pela manhã apanhei o maior cagaço de sempre: subo na balança, como normalmente e... a cabrona acusa-me 1,200 kg a mais.

Quêêê??? Como assim? Nesses seis meses de Reeducação Alimentar nunca voltei a ganhar peso, que brincadeira de mau gosto é essa? Pesei-me novamente. Mudei a balança de sítio e fui pesar-me no corredor (eu sei lá, se calhar a minha balança é fina e não gosta de azulejos, só de chão flutuante...) e a porcaria da balança marcava o mesmo.

Entrei em negação. Não é possível, estou a matar-me no ginásio, só tenho comido saladas e grelhados (nem batata, nem arroz, nem massa), algo se passa e eu vou descobrir o que é. Fui ao aplicativo do telemóvel ver em que 'dia do mês' eu estava. Bingo! Faltava 1 dia para entrar 'naqueles dias' que toda mulher adoooora (só que não) e eu já sabia a origem do meu problema: a maldita da retenção de líquidos que me ataca.

Marquei uma drenagem linfática para o final do dia, depois do trabalho. Saí da clínica a fazer tanto xixi que até me custou conduzir de volta pra casa. Cheguei a casa aflitinha. É remédio santo para a retenção de líquidos e o inchaço tão típicos nesta fase do mês. Entretanto o período deu o ar de sua graça e hoje pela manhã ao pesar-me, boas notícias: menos 1,800kg do que ontem.

O corpo feminino é um mistério, até mesmo para nós, mulheres. De um dia para o outro, quase 2kg a menos consoante a altura do mês em que estamos. Não é estranho? Eu acho muito esquisito uma mudança de peso assim tão grande em coisa de 24h. Coisas que os homens nunca vão perceber (que sortudos que eles são...).


(e sim, estou fã das Drenagens Linfáticas e das Massagens Circulatórias que tenho feito desde o início do ano. Não partilho o sítio onde as faço - por motivos pessoais - mas o que não faltam são ofertas neste sentido. Aconselho vivamente para quem tem má circulação e inchaços - é remédio santo! E o melhor é que os efeitos são mesmo imediatos (coisa que para mim, pessoa apressadinha, é fundamental visto que não tenho paciência para esperar nada). Convém é escolher um sítio de confiança e com terapeutas credenciadas para o fazer (uma drenagem linfática manual bem feita não dura menos de 60 minutos, inclui abertura e fecho de gânglios nas virilhas, não utiliza óleos, enfim...). Fica a dica!)
SHARE:

15 agosto 2016

Destes dias tão bons...

Este fim-de-semana prolongado veio em tão boa altura! A ideia inicial era descansar muito e pôr várias séries em dia mas com dias tão bonitos lá fora... quem é que consegue ficar enfiada em casa? Eu não! :P

No sábado tivemos um churrasco de aniversário em casa de uns amigos e o dia foi passado a apanhar sol na piscina (adoro amigos com piscina em casa hahaha #interesseira), a tentar salvar a dieta em meio a farofa, picanha e arroz branco (socorro!) e ao fim do dia fomos até Alcochete para as festas do Barrete Verde - confesso que sou uma campónia, adoro este tipo de festas, as barraquinhas, a música pimba, os churros, os brinquedos... adoro a atmosfera, lembro sempre da minha infância!

Ontem acordámos tarde (meeesmo tarde) e acabamos por almoçar na cama - tamanha a preguiça! O que vale é que sobrou comida do dia anterior (por que não jantámos em casa) de maneira que foi só aquecer e comer, sem grandes trabalhos. Queria ir ao ginásio mas o marido fez aquele olhar de gatinho do Skrek e disse que queria ir à nossa prainha (um spot secreto que descobrimos no verão passado, mesmo pertinho de Cascais). É uma praia pequenina, escondida entre as rochas, de água cristalina e turquesa, cheia de peixinhos (até vimos uma estrela do mar com os óculos de snorkel). Desta vez cruzamo-nos com outro casal por lá mas normalmente temos a praia só para nós e isto em pleno Agosto, na linha de Cascais, é mesmo um feito histórico! Adoro praias escondidinhas, podemos estar super à vontade sem ninguém para nos chatear, nem gente a fumar ao meu lado, nem crianças aos gritos, adoro esse sossego! Pena é o acesso - que é muuuito difícil, temos que descer de gatas - mas compensa - e assim não fosse, a praia já estaria terrivelmente cheia de gente e de lixo.

E hoje, em pleno feriado, os planos não foram muito diferentes: praia de manhã até o final da tarde! Tããão bom! Hoje cruzámos a ponte e fomos até a Costa da Caparica, numa das minhas praias preferidas, de água mais quentinha (estava um bocadinho de vento mas não me impediu de estar o tempo todo na água - adoro!).

Agora vou só ali ao ginásio treinar duro porque faltam só 3 semanas para irmos de férias para um dos meus destinos de sonho e não quero fazer feio nas fotos hahaha. Espero que tenham tido uns dias de muito descanso, praia e coisinhas boas :)

(a mala de praia da CH foi uma prenda da minha mãe que veio mesmo a calhar, visto que a minha cesta em verga partiu a alça e eu adoro este género de malas para a praia! Esta foi comprada na loja da Carolina Herrera no Freeport - e diz a minha mãe que foi super barata, para quem quiser aproveitar)
SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig