26 fevereiro 2011

2190


"Não sei bem explicar o que sinto por ela .
Sinto que adoro o jeito como me olha, que adoro o jeito do nosso tão transparente sentimento, da nossa cumplicidade. Assim que a vi soube que ía mudar a minha vida. E mudou.

Gosto do jeito de como amua comigo, fazendo um beicinho encantador e a cara mais fofa desse mundo.  Da forma com morde o lado direito do lábio inferior. Das milhares de sardas espalhadas pelo rosto e do sinal que tem no lado esquerdo da bochecha. Pequenos pormenores que fazem sentir que ela é minha. Que me pertence. Como me faz sempre crer e sentir que eu fui e sou o único pra ela .

Gosto demais da maneira como ele me faz sentir ... faz-me acreditar que esperou a vida toda por mim, por Nós. E eu sei que esperou.

Gosto da unhas, sempre pintadas com as cores mais extravagantes, dos caracóis selvagens no cabelo, do jeito. Do jeito tão próprio, tão dela. Aquele jeito que me apaixonou e ainda apaixona. Um jeito decidido, de mulher, mas que por vezes tem quebras, demasiadas nuances de menina. Gostei do facto de se fazer de durona e de difícil, nunca deixando de ao mesmo tempo ser querida. Intrigante, cativante, viciante. Tornava tudo um desafio, e ainda torna. Quando dei por mim estava apaixonado. E queria. Eis o que me fez mudar. Ela fez-me mudar  porque me fez mostrar que estar apaixonado é a melhor coisa do Mundo. E mais do que isso - mostrou-me o que era estar realmente apaixonado. Lembrar a cada momento o sorriso com covinhas no queixo, os beijos com sorrisos tímidos, as gargalhadas sensuais, a empatia natural, o sotaque que até hoje ainda me deixa arrepiado, o encaixe perfeito... 

Onde é que eu andava antes de te conhecer, porquê, porquê. Onde é que tu andavas este tempo, e quando, quando. A verdade é as outras perdem todo o encanto perto dela. Pra mim, as outras não possuem vida, não têm cor... não a cor que Ela tem.

Há coisas que têm de ser. Porque só faz sentido assim. Há caminhos que nos mostram, e nesses temos de escolher. E há outros que nos surgem, pelas casualidades da vida, pelo destino, o que quer que seja ... e nesses, nos que nos surgem, não os podemos negar. Porque são os mais irresistíveis. E ela foi e é esse caminho. Irresistível.

Um caminho que me faz sentir seguro, amado... feliz. Com as festinhas, com as palavras, com os beijos, com as mãos dadas... com a Amizade, com o Amor, com a Paixão...
Não sei bem explicar o que sinto por ela. Sei que é isto tudo e quase nada do que disse.
É deixar de ser eu para estar nela. É ser mais eu porque sou dela. É ser tudo, quando estou com ela. E é pensar que tenho tudo, pensando que ela é minha."

Quem é que tem o namorado mais dedicado e querido desta blogosfera, quem é? E pensar que o M. sempre disse que não tinha jeitinho nenhum para a escrita... Que grande mentiroso! Hoje completamos 6 anos de namoro e continua cada vez melhor!

Te amo, amor! 
SHARE:

1 comentário

  1. Woah! I'm really enjoying the template/theme of this site. It's simple,
    yet effective. A lot of times it's difficult to get that "perfect balance" between user friendliness and visual appeal. I must say you've
    done a excellent job with this. In addition, the blog loads very quick for me on Internet explorer.
    Excellent Blog!

    Visit my webpage :: klimatyzacja

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig