04 outubro 2011

A força de (des)acreditar!

Estou a ferver de ódio. A espumar. A lançar fogo pelos olhos. E tudo por causa do meu banco. Já não posso com ele, só me dá é desgostos. Normalmente uso duas contas bancárias, uma universitária (que é para uso normal e onde entra o meu ordenado) e outra que está associada à um cartão de crédito (e que normalmente deixo para pagar débitos automáticos e comprinhas). Então foi assim:

Na semana passada fui à Primark, lembram-se? Paguei com o cartão multibanco que uso para fazer compras (até aqui tudo normal) e logo a seguir fui para casa. Não mexi mais neste cartão e continuei a usar o outro, o universitário (portagens, gasolina, almoços, etc...).

Todo dia 3 do mês entra a mensalidade do meu seguro de saúde e como é de praxe, no dia anterior eu vou sempre verificar se tenho dinheiro na conta e se está tudo em ordem para o débito. Fui ao MB na noite do dia 2 e marquei a opção: "visualizar saldo de conta no ecrã". Olhei para o saldo disponível e estava lá o dinheiro para o débito. Maravilha. Fui dormir descansadinha da vida.

Hoje à hora do almoço ligam-me do meu seguro e dizem que ele não foi pago. Como assim, não foi pago?! Digo que já retorno e vou ao Netbanco ver o que se passa. Adivinhem? Só hoje (dia 4 de outubro) é que descontaram a tal compra que fiz na Primark no dia 29 de setembro. 5 dias depois. E por estarem a faltar 7€ na conta não debitaram a mensalidade do seguro. Acreditam nisto?

Ligo para o Banco e explico a situação. Digo que comprei no dia 29 e que não tiraram o dinheiro da conta naquela altura. E que no dia 2 eu fui ver o saldo e como vi que havia dinheiro, não me preocupei com a mensalidade do seguro. E que é um erro do banco e eu não tenho nada a ver com isto. Expliquei que já havia me acontecido isto no ano passado (quando viajei para Barcelona e fiz compras lá que só foram debitadas um mês depois) mas que eu percebi o atraso do banco em retirar o dinheiro da conta, já que eu estava em outro país.

Mas agora não há desculpas. Eu fiz compras em Lisboa. O dinheiro deveria ter saído da minha conta no dia em que eu efectuei as compras e não 5 dias depois. É que eu uso o multibanco para tudo e a certa altura, fico baralhada. Parto do princípio que, se eu tirei o extracto da conta HOJE e se lá diz que eu tenho 500€, então é porque eu realmente tenho esse dinheiro lá. Nunca me ia passar pela cabeça que esse valor poderia ser fictício.

E agora, quem é que me paga os juros do atraso no pagamento do seguro de saúde? O banco diz que o erro é da Primark. Ah, esperem... agora vem a melhor parte: "Pois, a senhora sabe que a Primark é uma loja estrangeira e fazem transacções com bancos ingleses. Por isso é que o dinheiro leva sempre 5 dias a sair da sua conta....". Está certo. Agora vou só comprar em lojas nacionais, que é para o banco não se enganar, ok? Deixa lá a Zara (espanhola), a H&M (sueca)... não, não. A partir de hoje só compro em lojinhas de comércio local, está bem assim?

Não há paciência. Erram e não assumem. Acham que o cliente é parvo. Enfim... Só sei é que na quinta-feira pela fresquinha estou à porta do banco para assinar o Livro de Reclamações (que já sei que não dá em nada, mas faz-me sentir melhor) e para encerrar a conta. Cansei de desculpas esfarrapadas. E no fundo, a culpa disto tudo é minha. Quem é que me manda escolher um banco por causa da merda de um cartão da Hello Kitty?!
SHARE:

1 comentário

  1. Sabes, a culpa é mesmo da Primark. Acontece-me sempre o mesmo mas para evitar problemas o meu banco retem o dinheiro até a Primark cobrar :)

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig