22 dezembro 2011

Directamente do meu passado.

Hoje à hora do almoço acabei por entrar num dos meus primeiros empregos [uma loja de roupa no Vasco da Gama] e ao rever as velhas pessoas [nos mesmos postos de trabalho de sempre], sorri comigo e pensei: Ainda bem que já não faço mais parte disto.

Não digo isso por ser em uma loja de roupa, que eu cá não tenho problemas com estas coisas e se for preciso voltava a fazê-lo. Mas se existe um lugar que eu posso considerar o inferno na terra, esse lugar é ali. Chefia autoritária e arrogante, doutores que não possuem nem a 4ª classe e são tratados como reis, enfim... Se vocês soubessem as coisas bizarras que acontecem por trás daquela bela marca... Não cheguei nem a terminar o meu contrato [que era de 6 meses] e despedi-me ao fim do terceiro mês. Aquilo valeu-me como experiência para a vida [ao menos serviu para alguma coisa]...

A única vantagem de ter ido lá?  Ter encontrado com uma colega antiga e ela fazer-me os tais 20% de desconto de colaborador [sim, é uma das minhas lojas preferidas e poder ter desconto nas compras é coisa a que eu não digo que não].
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig