30 dezembro 2011

Retrospectiva 2011.

E assim termina 2011. Um ano que não começou da melhor maneira para mim mas que terminou maravilhosamente bem. Em 2011 eu:

- Fui estagiária em um laboratório de renome. E adorei a experiência ;)
- Descobri que uma das minhas melhores amigas afinal não valia nada e apanhei uma decepção daquelas que fazem uma pessoa ter vontade de morar numa bolha pelos próximos anos. Finalmente, passou.
- Consegui um emprego óptimo [seria perfeito se fosse na minha área...], com contrato de longa duração, a exactos 15 minutos da minha casa, com um ordenado jeitoso e  pessoas maravilhosas. Posso dizer que, desde que comecei a trabalhar, este é mesmo o melhor emprego onde já estive. Adoro-o!
- Finalmente consegui fazer uma reforma ao quarto. E mudei os móveis todos.. Agora ele está a minha cara!
- Tomei coragem e decidi pintar o cabelo de preto azulado. Desde então não quero outra coisa [e acho que combina maravilhosamente bem comigo].
- Viajei a dois países que não conhecia;
- Fiz, finalmente, as pazes com o meu pai. Depois de 4 anos até que não foi tão difícil como eu pensava. Não foi fácil, mas senti-me muito mais aliviada e em paz comigo.
- O mestrado é exactamente aquilo que eu queria e gosto da maioria das cadeiras [tirando as bio-estatísticas, claro].
- A cada ano que passa mais tenho a certeza de que o meu homem é mesmo o homem dos meus sonhos. E ultimamente sinto-me cada vez mais preparada para dar o grande passo. Será?! ;)
- Cometi dois erros de julgamento. E foram ambos gravíssimos. Com uma pessoa consegui retratar-me, com outra não =/
- O meu melhor amigo declarou-se para mim. Assim, com todas as letrinhas: es-tou-a-pai-xo-na-do-por-ti. Mereço isso?
- Aproximei-me de uma amiga que já não via há 2 anos. E estamos inseparáveis. Não sei como não vi tantas semelhanças quando a conheci.

Foi um ano intenso. Fui feliz na maior parte do tempo, ri, chorei, abracei, beijei, briguei... mas os momentos bons prevalecem sempre. Obrigada, 2011. Por tudo de bom que tu me trouxeste. E por tudo que também me tiraste [e eu duvido que faça falta...]. Que 2012 seja tão maravilhoso quanto tu!
SHARE:

2 comentários

  1. parabéns pelo ano que passou! quando chegamos ao fim de cada ano, há sempre coisas que nos marcam mais e menos, por boas e más razões. identifico-me com algumas das tuas, especialmente com a segunda. tb foi das coisas que mais me marcou este ano que passou, decepcionar-me com umas das minhas melhores amigas. porém, depois de um período de "luto" sinto que foi o melhor para ambas porque se há relações que azedam de determinada maneira, então não têm razão de ser.
    tb foi o pior ano possível para o meu cabelo e por pouco que não andei à estalada com uma cabeleireira malcriada.
    profissionalmente, não foi dos melhores anos mas tb não me parece que poderia esperar mt mais tendo em conta a situação de precariedade dos bolseiros em portugal. não somos maquinistas da cp, por isso nem greve podemos fazer, mas certamente que somos mais qualificados.
    e pronto, espero que 2012 seja francamente melhor! quero saúde para mim e para quem me é próximo (sem dúvida o que faltou em 2011 e que é o essencial), emprego como deve ser e continuar com o meu mais-que-tudo que em breve será um mais-que-tudo com aliança! :p

    ResponderEliminar
  2. Que bom! È bom crescer assim por dentro, não é?

    Um feliz 2012! Com saúde e muito amor!

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig