08 janeiro 2012

Houston, temos um problema!

Esses dias fui ao cinema com o M. e a Vi [assistir ao Rei Leão em 3D] e de repente o M. pergunta mas porque tens que vestir a miúda assim? e eu fiquei sem perceber. Assim como?, perguntei. Ele responde: Assim à betinha, com laços de cetim no cabelo e roupinha xadrez, camisas com folhos e essa pirosada toda...coitada da miúda.

Desculpa?! Para já, se há coisa que eu não percebo é o tal conceito de beto. Sempre gostei de pólos, de camisas de tecido encorpado, de sapatos com laços e todas essas coisas. E gosto não se discute, não é? Se isso é ser beto...

Ele lá esteve meia hora a tentar explicar-me a tal cena dos betos [e continuo sem perceber]. Então uma pessoa é beta por usar sapatos de vela? Ou pólos? E qual o mal? Gosto de ver crianças vestidas com roupas mais clássicas [detesto ver crianças com calças skinny, leggings e tops justos...argh!] e a minha mãe partilha desse mesmo gosto, razão pela qual vestimos a Vi assim. E a miúda adora [agora ela já escolhe as roupas que quer vestir e não foge muito a esse estilo] de maneira que não vejo onde está o drama.

De repente o M. solta a temida frase: "os nossos filhos não vão andar vestidos assim, pois não?" Eu nem me dei ao trabalho de responder, só olhei para a cara dele e ele exclamou: "pobres miúdos. Além de terem nomes horrorosos*, ainda vão ser vestidos à beto... onde eu me fui meter..." Pois é, temos um problema... [e não me parece que tenha solução porque eu cá não mudo de idéias].

* os nomes que ele chama horrorosos são os que eu adoro: Martim, Afonso, Tomás, Duarte, Pedro Henrique... ou ainda Mafalda, Constança, Madalena, Matilde, Carlota, Valentina. Vocês precisavam ver a cara do homem quando eu verbalizei essa listinha de nomes. Até ficou vermelho, coitado. ["Epá, é incrível como tu consegues reunir os nomes mais abetalhados deste mundo numa única lista. Estou lixado."] Estás.
SHARE:

4 comentários

  1. eu acho linda a maneira como você veste a sua filha. e se ela gosta está perfeito! mais tarde tem tempo para as leggins e skinny jeans! ***

    ResponderEliminar
  2. Pois... Realmente esses nomes são normalmente associados ao que se chama de "betos". Mas confesso que os meus nomes preferidos estão nessa lista (adorava ter uma filha chamada Constança :)). E acho que uma menina fica muito mais bonita com vestidos e afins do que andar de skinny jeans, muito sinceramente. Acho que não tem nada a ver com o que deve ser uma criança. Por isso, venham os "betos" :)

    ResponderEliminar
  3. @t: Olá! Ela não é minha filha, é minha mana mais nova [a nossa diferença de idade é mais de 12 anos...] e sim, concordo que ela terá tempo para usar outros tipos de roupa... Por enquanto, é mesmo à bonequinha ;)

    @Fiona: Estás a ver? Também és uma beta... eheheh opá, esses rótulos não estão com nada [e Constança é realmente um nome lindo!]. Tal como tu, acho que criança deve andar vestida com roupa de crinça [nada mais triste que uma miudinha com roupas mesmo à mulherzinha]. Gosto que ela aproveite as fases todas da vida e já que ela é criança... que se vista como uma ;) Venha daí os betos que nós gostamos deles ehehe

    ResponderEliminar
  4. Parece que também sou mesmo beta, sim eheheh. Realmente os rótulos não estão mesmo com nada. Ainda para mais na sociedade em que vivemos em que cada vez mais se prima pela diferença do que ser toda a gente igual. E sim, concordo, venham daí os "betos" e as crianças que se vestem mesmo como crianças! :)

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig