05 janeiro 2012

Serei a única a não gostar do sotaque "carioca" do Ricardo Pereira?

 



É bem verdade que ele fala carioca na perfeição e exceptuando-se duas ou três palavrinhas, eu poderia jurar que ele nasceu na cidade maravilhosa... A questão é que já estou habituada a ouvi-lo em português e soa estranho de repente começar a ouvi-lo a falar em português do Brasil. Parece-me sempre forçado... e em determinadas cenas nota-se que ele está a fazer um grande esforço na dicção. 

Tenho para mim que isto foi exigência da Rede Globo por causa dos telespectadores [que, para vergonha geral, não percebem um cú de português de Portugal, a nossa língua-mãe]. É incrível que por mais que as nossas histórias estejam interligadas, por mais que existam portugueses a viver no Brasil [como o meu avô por exemplo, que saiu de Ponte de Lima para ir viver no Rio na década de 60], os brasileiros continuam sem perceber nada do português falado em Portugal.

A minha avó, quando está cá a passar férias connosco, diz sempre que não percebe o que o M. fala, que ele fala muito depressa e enrolado [e em parte é verdade, ele viveu muitos anos em Espanha e fala com a velocidade típica dos espanhóis] e obriga o M. a falar com sotaque brasileiro para conseguirem manter um diálogo. É engraçado, visto que a minha avó foi casada com um português durante mais de 40 anos [e apesar do meu avô ter emigrado com 12 anos, ele nunca perdeu o sotaque de Biana do Castelo]. 

Continuo a achar o Ricardo Pereira um pedaço de mau caminho mas cá para mim o sotaque português fica-lhe muito mais sexy!
SHARE:

3 comentários

  1. Concordo plenamente, e estava a ver que era a única também, acho que é porque sabemos que é falso...
    Quando fui passar umas férias ao Brasil (sou portuguesa) também quase ninguém entendia aquilo que eu falava, tinha que fazer um esforço para falar devagar e algumas palavras eu tinha que "traduzir"
    Adoro o blog, já o sigo à algum tempo, mas é a primeira vez que comento. Beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. ahahah estou com vocês! acho horrivel! artificial! mas acho que tem que ser...
    ***

    ResponderEliminar
  3. @Ines: Pois é, os brasileiros têm uma enorme dificuldade em compreender o português falado cá e este foi, provavelmente, o motivo pelo qual o Ricardo Pereira tornou-se "carioca" ehehe. Fico feliz por gostares do blog e sinta-se à vontade para comentar quando quiseres =) Beijinhos :**

    @t: Muito artificial mesmo. Mas o gajo até esforça-se, coitado...

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig