25 março 2012

A difícil tentativa de fazer uma mala para vinte dias {ou de como eu quero levar a casa toda nas costas}

Falta menos de uma semana para eu adentrar no aviãozinho da TAP rumo ao Rio de Janeiro. E diz que por lá está um calor de fritar ovo na calçada, como diz a minha avó, mas que de tarde ainda cai aquela chuvinha tropical. E eu não sei bem o que levar na mala. Levo só dois parzinhos de havaianas {o resto quero comprar lá} e três biquínis {idem idem aspas aspas}, muitas saias, calções minúsculos, vestididinhos e pouco mais. Talvez leve um par de calças de ganga assim só por desencargo de consciência {odeio a sensação das calças coladas à pele suada...ecat!} e dois cardigans fininhos para driblar as tais chuvinhas.

Assim de repente parece que não levo quase nada e estou com medo de passar frio, de chegar lá e de repente começar a trovejar e a chover {e eu só com biquinis e afins na mala}, enfim... uma indecisão só. Não quero ocupar muito a mala porque pretendo trazer alguns souvenirs e não me apetece andar a pagar taxas de excesso de peso =/

Em relação à maquilhagem, a dúvida é grande porque detesto andar maquilhada no calor {e a sensação da base a derrerter do rosto? ui} e graças a Deus tenho uma pele bonita e luminosa {vivam os cremes e tónicos e gel de todos os tipos} por isso não devo levar assim grande coisa. Mas depois multiplicam-se os convites para ir dar uma voltinha pela Lapa ou ir na nova discoteca/barzinho que abriu e pimbas!, vou querer estar maquilhada, é claro.

Assisti o vídeo abaixo {acho a Paola divertidíssima!} e estou pra aqui a tentar reduzir a tralha toda que já tenho arrumada na mala mas... o processo está difícil! Ai, vida!


SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig