18 abril 2012

Brasil | Trilha sonora #5

Ontem à noite fomos num pagode com o pessoal todo (quatro carros cheios de gente) e fizémos uma algazarra. Dancei, dancei e dancei. Como se diz por aqui: me acabei. Se vocês soubessem as saudades que eu tinha de dançar a sério, de me esbaldar, descer até o chão (tenho vergonha de me soltar quando saio à noite em Lisboa, de alguém perguntar: "quem é aquela maluca que dança como uma desgovernada?").

Hoje estou cheia de dores no corpo e parece que eu corri uma maratona. É bem feita, para a próxima não te armes em Shakira, ó croma! A piada do dia fica por conta do diálogo entre a minha prima e o namorado dela.

Prima: Vamos, Eduardo, a minha prima está há dois anos sem ir num pagode de verdade. Prometo que a gente volta cedo pra casa, tá?
Namorado: A tua prima de Portugal? Mas ela sabe dançar?
Prima: Se ela dança? (risadas) Ela dança tanto que você até fica com vergonha.

Pronto, sou uma desavergonhada a dançar. Então quando tocou o "tche tcherere tche tche" foi a loucura. Era ver-me aos saltos, a rebolar, a fazer trenzinho com o pessoal,  a subir e a descer como se não houvesse amanhã. Ao ponto do P. virar-se para mim, com os olhos arregalados, e perguntar: Quem és tu e o que fizeste com a minha irmã? Ou melhor: quantas caipirinhas já bebeste?

A verdade é que raramente bebo álcool e não preciso de artifícios para ser feliz. Sou animada por natureza e ontem estava completamente sóbria. Embriagada? Só se for de alegria.
Agora vou piscinar um bocado porque a noite de ontem foi dose.
SHARE:

2 comentários

  1. Ahah ainda bem que andas aproveitar bem as férias. Eu quando oiço essa música também danço como uma louca:P E como sou portuguesa faço-o cá, faria em qualquer lado, quando se trata de dançar esqueço tudo:D

    Beijinhos
    S*

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig