30 maio 2012

E venha daí a Primavera que nós por cá já estamos preparadíssimas!

Ontem foi dia de ir às compras com a princesa. Aproveitei que ela saiu mais cedo do colégio e assim que cheguei à casa fomos ao Vasco da Gama espreitar as novidades. A verdade é que ela deve andar a ingerir fermento porque está a crescer à velocidade da luz e a maioria dos vestidinhos e tops do verão passado já não lhe serve.

O que posso dizer? Julgo que as imagens acima dizem tudo... Foi o descalabro, que a miúda tem olho pra coisa e atacava as pecinhas mais caras. Entrou na Zara muito decidida e foi direitinha à parte das crianças... Estivemos uns bons quarenta minutos a escolher tudo e quando estávamos na caixa para pagar, viro-me para ela e pergunto: "como é que estás a pensar pagar isto tudo? Trouxeste dinheiro?". {adoro ver a carinha dela de espanto, sou uma irmã cruel, eu sei}. A miúda arregala uns olhos e diz: "oh mana, tu sempre me compras as coisas... eu não trouxe a minha carteira."

"Então estás com problemas... e se eu não tiver dinheiro que chegue?" e ela solta a brilhante resposta: " Ah, mas tu tens sempre...". Deve ser, deve. A resposta dela fez-me lembrar de quando eu era pequena e queria que a minha mãe me comprasse barbies novas todas as semanas e lembro-me dela dizer que não podia comprar naquela altura e que só no final do mês. E a minha resposta, inocente: oh mãe, então paga no cheque! Crianças...

Ainda passámos na C&A {que, milagre, está com uma colecção giríssima para miúdas, sem aqueles tecidos manhosos e brilhantes nas gangas} e trouxémos uns vestidinhos rodados lindos de morte. Penso que já comprámos quase tudo que a madame vai precisar para os próximos tempos {sandálias, chinelos e biquínis eu trouxe-lhe do Rio em quantidades industriais} portanto, agora é mais uns dois ou três calções e o assunto está arrumado {e o que faltar fica por conta de mamãe, que eu já cumpri com as minhas funções de irmã mais velha (cof)}.

É engraçado ver como ela já está com ares de mocinha... Antes não ligava nada à roupa e o que nós comprássemos estava bom. Agora deu para ligar à fatiota e eu já estou pra aqui a pensar que daqui a nada vai querer incursões à Berskha e cias. Por enquanto está na onda dos vestidos rodados e folhos e saias às florinhas e muito cor-de-rosa mas daqui a nada...

P.S: Depois, ao chegar à casa, inventou de fazer um desfile de moda e vá de experimentar os trapinhos novos e aparecer na sala, toda vaidosa, para os mostrar ao mano e à mãe. Esta miúda não existe...
SHARE:

4 comentários

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig