03 maio 2012

shop time.

Aproveitei a noite do feriado para ir às compras com mamãe no Vasco da Gama mas confesso que saí de casa sem a minima intenção de comprar o que quer que fosse para mim. A idéia era apenas fazer companhia à minha mãe e ajudá-la a escolher algumas pecinhas (mamãe perdeu 12 kg nos últimos três meses e agora está a renovar o roupeiro).

Claro que no meio de tanto entra-e-sai de lojas lá acabei por trazer algumas pecinhas. O que vale é que a minha mãe tem um estilo completamente diferente do meu (ela é mais Massimo Dutti, Cortefiel, Lanidor e afins enquanto eu morro de amores pela Zara, H&M e Stradivarius) de maneiras que o estrago não foi grande.

Agora é altura de re-organizar o closet e pôr em prática algo que eu e algumas amigas chegadas idealizámos há imenso tempo: um bazar de trocas. Porque a maioria de nós veste basicamente o mesmo tamanho e porque temos a mesma tendência de comprar às vezes por impulso (e as pecinhas depois ficam abandonadas no roupeiro) decidimos fazer o tal bazar de roupa.

A idéia é simples: uma amiga tem uma vivenda em Sesimbra que está vazia (e tem um terraço enorme) e pensámos em fazer uma reunião com um lanchinho, música boa, conversas e pelo meio, lá vamos trocando uma ou outra peça. Cada uma de nós vai fazer uma selecção de peças que já não gosta/não serve/saiu de moda (nada com defeitos, obviamente) e vamos tentar encontrar alguém que esteja interessada em ficar com a dita peça, em troca de algo que nos interesse (outra peça de roupa, um acessório e por aí vai).

Já ouvi falar deste tipo de coisa há tanto tempo e os resultados são tão bons (basicamente vamos às compras sem gastarmos dinheiro) que estou inclinada a experimentar. Alguém já tentou algo parecido? Resultou? Contem-me tudo!
SHARE:

7 comentários

  1. Olha que comprinhas tão giras!!! E o que eu adoro esse teu closet, giro giro!! Um dia vou ter um assim ;). Que tal o Brasil????

    ResponderEliminar
  2. Olá Fiona! Eu sou apaixonada por closets mas dá um trabalhão a limpar que valha-me Deus! É pó por todo o lado e quando está desorganizado é o caos porque fica completamente exposto. Mas tem as suas vantagens ;) Esse foi super low cost, com módulos do IKEA.

    O Brasil deixou saudades. Espero voltar em breve porque realmente não existe nada melhor do que estar com a família toda reunida num sítio cheio de animação ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  3. também tenho os mesmos gostos da tua mãe, é da idade, gostamos de peças mais clássicas! Amei o vestido da lanidor!

    ResponderEliminar
  4. Acredito que dê trabalho mas são tão fofos!! :) Na casa em que estou agora não tenho mesmo possibilidade de ter um closet mas... Um dia que tenha outra casa acho que vou mesmo fazer questão de ter um espaço assim! :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Que belas compras :)
    Essa ideia é excelente, além de renovarem o guarda roupa sem gastarem dinheiro, ainda ficam com mais espaço no roupeiro ;)
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. @Fashionista: Exacto! A minha mãe, como já anda nos 40 e poucos, tem um estilo diferente do meu (apesar de compartilharmos imensas peças no dia-a-dia). O vestido veste tão bem... adoro-o!

    @Fiona: Concordo contigo, são mesmo fofos! E é prático para escolheres a roupa logo de manhã, não há cá confusões :)

    @Gi: Obrigada ;) Pois é, a idéia do bazar surgiu depois de lermos num blog estrangeiro e estamos ansiosas para pôr a idéia em prática ;)

    ResponderEliminar
  7. Lá está o motivo porque eu demoro tanto tempo de manhã... Não vejo a roupa! :P

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig