06 junho 2012

O maravilhoso mundo dos CTT!

Na altura em que encomendei a máquina fotográfica na FNAC escolhi pagar um bocadinho mais e pedir o envio pelos CTT expresso {das 9h às 18h do dia útil a seguir} e ontem de manhã quando fui ao site dos CTT já o objecto estava "em distribuição". Beleza.

Fui para a universidade e deixei a Claudia {o anjo que cuida deste lar} instruída para receber a encomenda e ficar atenta a porta. À tarde liguei para casa: "e aí, Claudinha, chegou a encomenda?" ao que esta responde: "Ah, menina, ainda não chegou nada. Até já fui olhar na varanda..." Achei estranho visto já serem 16h e os gajos só terem mais duas horas para fazer o envio.

Decido ir ao site do CTT e fazer uma nova pesquisa de objecto e adivinhem? Às 15:43h o objecto "seguiu para depósito" sem nunca sequer ter havido tentativa de entrega! Passei-me. Liguei para a linha 808 e passo a reproduzir o diálogo:
- Boa tarde, tinha uma encomenda para receber hoje, em correio expresso, mas vi através da pesquisa de objectos que a encomenda tinha seguido para depósito.
- Pode dizer-me o número do objecto?
- Com certeza. É blá-blá-blá
- Pois, realmente... (?!)
- E então? Seguiu mesmo para depósito?
- Parece que sim... mas é estranho porque não houve sequer uma tentativa de entrega por parte dos nossos agentes.
- Pronto, e agora como eu faço para resolver a questão? É que paguei o envio prioritário para a encomenda ser entregue hoje até as 18h. Como ainda são 16h, é possível que ainda passem lá por casa?
- Ah, isso não. Hoje já não voltam.
- Voltar não, que eles nunca lá foram. E é assim, se eu paguei por um serviço expresso, o mínimo que vocês podem fazer é arranjarem soluções para o VOSSO erro. Eu paguei o serviço, deixei gente lá em casa à espera da encomenda e vocês não cumpriram a vossa parte. Lamento, mas não sairei prejudicada.
- Claro, eu compreendo. Mas se tem tanta urgência em ter a encomenda, vá a estação buscá-la. (wtf?!) Quer que eu veja em que estação está a sua encomenda?
- Olhe, eu realmente tenho urgência em ter a encomenda, razão pela qual paguei por um serviço expresso. Serviço esse que não foi, de forma alguma, cumprido, devido à incompetência de alguém. Diga-me a estação em que está a encomenda que eu vou buscá-la e digo-lhe que vou exigir o Livro de Reclamações porque esta situação é ridícula. 

Lá fui eu, a correr, para a estação. Quando lá cheguei, perguntei a atendente o porquê de não terem, sequer, tentado entregar a merda da encomenda. Ao que esta responde-me que "o agente deve ter tido algum imprevisto". Olha que porra, ele tem um imprevisto e fode-me a vida? Eu pago por uma merda duma entrega e depois sou obrigada a largar tudo o que estava a fazer e ainda gastar gasolina para ir aos Correios. Esta gente gosta é de gozar com os outros.

A atendente pediu o meu documento de identificação, eu dei-lho e ela exclama:
- Ah, mas o nome que consta na encomenda não é este. (Oi?!) Na encomenda não consta o seu apelido.
- No site da FNAC, onde fiz a encomenda, pediam somente o nome e um sobrenome. Escolhi pôr "Gonçalves" e não o "Amtulah", qual o problema? Quer um comprovativo de morada para provar que eu sou a mesma pessoa da encomenda?
- Não é preciso mas fique já avisada: é preciso pôr o apelido! (com ar de "quem manda nesta merda sou eu") 

Ela entregou a encomenda, eu assinei e logo a seguir, ela diz: "então está tudo, não é?" e eu, que de parva só tenho mesmo a cara, disse-lhe: Ainda não, falta o Livro de Reclamações". A gaja até arregalou os olhos e murmurou um: "É só um segundo". Passam-se quase cinco minutos, eu já estou a bufar ao balcão, com vontade de pular no pescoço de alguém e eis que aparece a chefe e diz:
- Boa tarde, posso ajudá-la?
- Boa tarde. Pode, se me trouxer o Livro de Reclamações.
- Não quer antes escrever no nosso formulário de reclamações? Tem o mesmo efeito que o Livro.
- Não, obrigada. Quero mesmo o Livro e se não aparecerem com ele nos próximos segundos, vou ter que tomar outras providências. {peta, mas enfim... resultou}.

Lá vem a gaja, puta da vida, com o já familiar livrinho vermelho. Antes de entregar-me o Livro ainda fez-se de parva:
- Tem o seu passaporte consigo?
- Oh, que chatice! Hoje não o trouxe. Mas tenho o meu B.I, será que serve? {adoro quando acham que tenho cara de palhaça, ui, fico mesmo contentinha}.

Ela calou-se e entregou-me o livro. Eu lá relatei toda a história e saí dos Correios com a certeza de que vou pensar duas vezes sempre que tiver que optar por esse serviço. É que, infelizmente, os gajos não têm concorrência e podem se dar ao luxo de gozarem à grande com a cara dos clientes. Mas digo-vos, se eu precisar encomendar qualquer merda que seja pela net, vou escolher a opção "levantar na loja". Assim como assim, sempre poupo dinheiro e dor de cabeça. Opá, é que eu não tenho paciência para gente incompetente. Tanta gente sem emprego e estes cabrões andam a brincar em horário de serviço? Ai, como eu odeio gente assim. Pior, gente que erra e não assume o erro nem tenta remediar a situação.
SHARE:

7 comentários

  1. adorei o pormenor do "tem o seu passaporte"... como se fosse preciso esse documento para fazer uma reclamação. usaram de todos os argumentos para desmotivar uma cliente de reclamar quando eles é que fizeram a asneira. costuma resultar bem pedir o livro, chamar o chefe e para mostrar que não se está para brincadeiras, dizer que se liga para a polícia. o cliente tem sempre razão e eles têm obrigação legal de apresentar o livro de reclamações logo que este é pedido. e não te preocupes que a ASAE verifica diligentemente estas reclamações, ainda vão ter problemas no futuro porque há muito funcionário dos ctt cujo poder subiu à cabeça e pode ser que assim aprenda. devia era haver mais gente a pedir o livro, assim estes andavam na linha (e mais uns quantos, com ou sem monopólio).

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahh! Parvalhões! Já comprei na fnac on line umas 3 vezes e mandei sempre levantar na loja!

    ResponderEliminar
  3. Ridícula a postura dos CTT perante um erro destes. Não assumem as culpas, não mandaram o entregador à tua casa (se entregam até as 18h e ainda eram 16h, ainda tinham 2h), enfim... Fizeste muito bem em reclamar, ora essa! Eu teria me passado, então quando tentam esquivarem-se de dar o livro de reclamações... salta-me logo a tampa!

    ResponderEliminar
  4. Acho que ainda podias ter feito mais: se pagaste por um serviço expresso que não foi cumprido, eles garantem o reembolso total do valor.

    Aconteceu com uma cliente minha de Lisboa. Pagou para receber a encomenda no dia seguinte e nem sequer foram lá tentar fazer a entrega (o prédio tinha porteiro 24h). E foi difícil entregarem-lhe aquilo mesmo no dia seguinte. Fiz a reclamação (tem de ser o remetente) e devolveram-me o valor integral (que não era nada pouco), que eu depois entreguei á cliente.

    No site CTT Expresso está lá essa garantia:

    "Caso seja provado o não cumprimento do padrão de serviço, por razões imputáveis à CTT Expresso, será devolvida ao Cliente a quantia paga pelo envio."

    ResponderEliminar
  5. @Fiona: Mesmo! E de terror, ainda por cima =/

    @Joana: Essa também foi a minha parte preferida, "tem o seu passaporte?" LOL. Comigo bem podem tentar desmotivar o quanto for que quando eu ponho uma coisa na cabeça, ai ai, não desisto enquanto não cumpro. E neste caso, não sairia dos CTT sem ter assinado no Livro. O livro já estava no fim, tamanho o número de reclamações. É bem feita!

    @Sini: Epá, eu vou passar a fazer isso. É que vou mesmo porque com os CTT gasto dinheiro e ainda me chateio. Parvos.

    @Anabela Martins: Pois, também levantei essa questão "então se são 16h e ainda faltam 2h para terminar o vosso dia, porque é que não podem entregar cá em casa?" ao que responderam que "o técnico já não estava na zona". Isto é, se é que ele alguma vez veio cá (coisa que eu duvido, já que não houve tentativa de entrega). Enfim...

    @Carla: Eu ainda pensei nisso mas como foi a FNAC que pagou o envio, acho que tinham que ser eles a pedir o reembolso e não eu. Mas digo-te que vou pensar duas (ou três) vezes antes de voltar a utilizar o serviço. É que para além de ser caro, ainda não cumprem o que "vendem". Irrita-me taaanto!

    ResponderEliminar
  6. Os CTT são uma verdadeira bosta já tive histórias de bradar aos céus também!!

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig