03 junho 2012

shiuuu, é segredo! =x

Já aqui contei que sou metade árabe por parte de pai e que a cultura árabe me fascina {um dia ainda me dá a louca e meto os papéis para pedir a nacionalidade}. As minhas tias do lado paterno levam a cultura árabe MUITO a sério {desde o famoso kajal nos olhos, até o quibe e a esfiha ao almoço} e eu, bom, acho giro mas nunca me aprofundei no assunto.

Em Abril, quando estive no Rio, comentei com a minha tia que achava lindo a roupa das dançarinas de dança do ventre e que adorava aprender a dançar. Antes de voltar para Portugal ela presenteou-me com o traje completo de odalisca. Desde o enfeite da cabeça, até as correntes para o tornozelo e as pulseiras douradas presas nos dedos. Sim, foi a mesma tia que me ofereceu o famoso kajal para os olhos.

Quando vesti a roupa pela primeira vez, senti-me a Jade da novela O Clone. Exótica, misteriosa e completamente árabe. Já por duas ou três vezes o M. disse-me que acha este tipo de dança super interessante {cof} e resolvi fazer-lhe uma surpresinha.

Inscrevi-me, em segredo {pois, senão não era surpresa}, em um curso de Dança do Ventre, numa academia de danças em Lisboa. O curso tem duração de seis meses mas lá falei com a professora e expliquei-lhe que não quero ser nenhuma odalisca nem pensava investir tanto numa dança, que o que eu queria mesmo era fazer uma surpresinha ao meu namorado e dar um ar de quem percebe da dança. Ela se riu e disse que, neste caso, eu poderia fazer apenas um mês de aulas e que no final de cada aula ela trabalhava uns pontos mais específicos comigo. Aceitei a sugestão e lá inscrevi-me em um mês de aulas, apesar dela jurar que eu vou ficar apaixonada pela dança e vou querer completar os seis meses de aulas {deve ser, deve}. Começo na terça-feira e estou ansiosa!

A parte chata é que não é preciso levar a roupa de dançarina {opá, eu queria era usar a roupa mas pronto...} e a o lado bom é que o curso termina no final deste mês, que é precisamente quando eu viajo com o M. para uma escapadinha romântica. Claro que na mala levarei toda a roupinha à la Jasmine e esta música para dançar como deve ser. Ai, que mal posso esperar para ver a carinha do meu homem, ui ui.
A roupa não é linda? O acessório da cabeça é um espanto, assim com contas douradas a cairem-me pela testa, adoro. Bem me parecia que um dia o meu lado árabe viria à tona ;) Só tenho é medo de não conseguir aprender nada de jeito no curso {é tanta coisa, tantos passos, é dança dos véus, é dança da espada, arre!} mas não perco nada em tentar, não é? ;)
SHARE:

5 comentários

  1. A indumentária deve ser tãoooo bonita ao "vivo". Adorava experimentar uma como essa, mas não tenho descendencia árabe como tu, sua sortuda! ;]]
    E aposto que o namorado vai ficar de queixo caído com a surpresa, aposto! :P

    Beijinhos e continuação de um bom domingo, minha querida.

    ResponderEliminar
  2. Ai que lindooooo, sempre foi o meu sonho ter uma dessas, já pensei viajar para Marrocos só para ter uma. Agora a dança é que é um pouco mais dificil, não sei se com os meus pneusitos dá para dar o jeito ahahah.

    ResponderEliminar
  3. @Olívia Palito: A roupa é ainda mais linda ao vivo, cheia de contas e de panos esvoaçantes. A cada movimento ouve-se o barulhinho das pedras {da saia e do corpete}. Adoro! :) Beijinhos

    @Paula: A sério? Oh, mas há lojas por cá que vendem roupas destas... não precisas de ir tão longe ehehe. A dança parece complicada mas vi senhoras de 40/45 anos que dançavam tãão bem. Não deve ser difícil {e os pneuzinhos não atrapalham em nada...} Beijinhos:*

    ResponderEliminar
  4. Olá! Tb já tive aulas de dança do ventre e adorei! É bem mais dificil do que parece...o teu namorado vai adorar a surpresa :) bjs*

    ResponderEliminar
  5. ai os kibes!! minha mãe trouxe-nos alguns agora em abril!! estavam tão bons... ;)

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig