23 julho 2012

Das coisas que eu não percebo...

É sabido que o país está mergulhado em crise. Que não há emprego, que os contratos não são renovados, que as pessoas estão a vender o almoço para comprar o jantar. Sim, isso nós já sabemos.

Então expliquem-me, como se eu fosse muito burra, o que leva uma recepcionista, que ganha 750€ a contrato e  trabalha das 9h-18h, meter a carta de despedimento porque só vai poder ir de férias em Setembro e não em Agosto, junto com o marido?

Mas o que é isto? Essa gente anda a comer merda às colheradas, só pode. É claro que é muito bom poder ter férias em Agosto junto com o marido e poderem ir para um qualquer sítio mas se a empresa diz que nesta altura não pode ser, que só em Setembro é que dá... isso lá é motivo para alguém pedir as contas? Eu não sei, se calhar eu é que estou a ver mal a situação mas quando a minha mãe veio com esta bomba hoje à tarde até espumei pela boca.

Claro que agora a minha mãe, que é directora da clínica onde a criatura é {era} recepcionista, agora vê-se em maus lençóis para conseguir arranjar outra recepcionista num espaço tão curto de tempo {sim, que esta avisou que para a semana já não vai} e adivinhem quem é que foi gentilmente convocada para ser a recepcionista-substituta? Pois... Sobra sempre pra preta, é impressionante. Mas pronto, eu também já estava a sentir falta dos meus dias preenchidos {férias da faculdade, férias do estágio} e não sou pessoa de recusar uns €€ extras.

Portanto, habemus recepcionista, ainda que temporária. É caso para se dizer "azar de uns, sorte de outros". Tanta, mas tanta gente sem emprego, e outros tantos a mandarem empregos pela janela. Juro que não percebo.
SHARE:

25 comentários

  1. fiquei sem palavras perante tamanha estupidez.

    ResponderEliminar
  2. infelizmente cada vez mais acho que se está a perder o bom senso comum. a malta anda a "estupidificar"! eu sei que inventei a palavra, mas ando a aplicá-la tanto mas tanto que me mete medo...
    ***

    ResponderEliminar
  3. @Cláudia: Também eu fiquei... Se não fosse a minha mãe a contar, acho que não acreditava. Não que este seja um emprego de sonho, que não é. Mas só pelo facto de ser de seg-sex, das 9h-18h e de ser a contrato, acredito que dava jeito a muita gente. E não entendo como há gente que consegue jogar tudo pro alto assim, de uma hora para a outra =S

    @MissApuros: Não deve mesmo porque quem precisa não pode se dar ao luxo de mandar um emprego para os ares só para poder torrar o rabo na praia...

    @t: Concordo contigo. E adoro a "tua" palavra. De facto, ultimamente, as pessoas andam a estupidificar como se não houvesse amanhã!

    ResponderEliminar
  4. é porque não precisa, o marido deve ganhar lindamente!

    bjos
    Maggie

    ResponderEliminar
  5. Desculpa meter a colherada, mas se a moça está a contrato, tem que dar um mês à casa, não uma semana!
    Digo eu e diz a lei...
    A tua mãe que fale com a contabilidade da clínica.

    ResponderEliminar
  6. é uma estupidez pegada. Depois pessoas como eu que estão desempregadas. não conseguem um trabalho.
    Se essas pessoas tivessem vergonha na cara, mantinham os empregos que tem.

    ResponderEliminar
  7. Devem ser daqueles casais que não vivem um sem o outro para não poderem passar umas férias separados ... LOLOL.

    Fora de brincadeiras, é uma vergonha casos assim. Uns que precisam tanto e não têm e outros desperdiçam oportunidades por motivos parvos.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  8. Já que essa senhora se pode dar ao luxo de fazer isso (e estou a ser irónica, claro), melhor para que precisa. Eu preciso, estou desempregada, por isso se quiserem recrutar, é só dizer! :)

    ResponderEliminar
  9. É daquelas coisas que é impossivel de entender ... enfim :/

    ResponderEliminar
  10. A sério?:o Estas coisas deixam-me perplexa. Mas a parte boa é que é uma oportunidade para ti. Se fosse comigo também aproveitaria, claro.:D
    Mua mua.

    ResponderEliminar
  11. Bemmm....sinceramente é de uma pessoa ficar boquiaberta...ando eu aqui desempregada a desesperar por um emprego e depois aparecem pessoas dessas que até mete nojo...olha se ela não precisa, preciso eu...Se quiseres estou disponível ;) Beijocas grandes

    ResponderEliminar
  12. isto realmente, era assim um emprego que me fazia falta. não é admissível e realmente é muito mau por parte dela. Mas olha vais ganhar uns trocos, muito bom. :p boa sorte nesse teu novo emprego

    ResponderEliminar
  13. porque ela prefere estar no bem bom em casa, com o subsídio ou ir para a televisão queixar-se do desemprego e de como é injusta! -.-

    ResponderEliminar
  14. As pessoas querem "dado e arregaçado"!!! Vergonhoso.

    ResponderEliminar
  15. Isso mostra a "pequenês" de algumas pessoas...
    Enfim... O que não dariam muitos portugueses para ter esse emprego!

    ResponderEliminar
  16. e eu que ando há 3 meses atrás de emprego....dá Deus nozes a quem não tem dentes!

    Se a tua mãe quiser I'm available :)

    Beijinhos
    www.myfashionscript.com

    ResponderEliminar
  17. De onde és? Sou recepcionista e esse lugar era muito bem vindo. a miha disponibilidade é imediata

    ResponderEliminar
  18. Com tanta gente a querer trabalhar, e depois aparecem estas aves raras... Deixa lá que eu também conheço uma que fez de tudo para ser despedida, para poder ficar em casa e a receber subsidio de desemprego, mas também não conseguiu nada.

    ResponderEliminar
  19. Olá! Antes de mais, tenho a dizer que gostei muito do blog e que vou seguir.;)
    Quanto a essa senhora...Sinceramente! Eu ando aqui aflita a tentar arranjar trabalho e nada. Mas de facto se se foi embora assim, é porque já não precisa de trabalhar. Ou arranjou outro trabalho ou o marido ganha para os dois. Pelo menos deu lugar a outro.
    Beijinhos,
    Diana do http://thegirlwhocouldntbeafashionista.blogspot.ie/

    ResponderEliminar
  20. Não se percebe...........

    Um beijinho,
    Laura
    (participa no giveaway do blog)

    ResponderEliminar
  21. @Maggie: Pois, só se for assim... mas mesmo que fosse esse o caso, há que tem um bocadinho de bom senso, digo eu :P

    @SDaVeiga:Olá! Pois é, ela está a contrato mas diz que só fica até o final de julho e que prefere ser descontada dos dias em que não virá trabalhar. A minha mãe já repassou o caso para a dona da clínica e para o contabilista. Hoje já ninguém respeita nada, é incrível.

    @Xana Costa: É isso que enerva-me. Essa injustiça que permite que uns andem à jogar empregos fora enquanto quem precisa (e quer) não o consegue...

    @*C*inderela: ahahaha não imaginas a imagem que eu criei na minha mente lol. Há gente que não dá valor ao que tem, essa é que é. Beijinhos :**

    @Liliana Santos: Pois, é que é mesmo um luxo poder fazer algo estúpido assim. Penso que o recrutamento começa hoje mas se souber novidades digo aqui no blog ;)

    @Ângela Almeida: Mesmo... eu não percebo!

    @Laetitia: Pois, há sempre um lado bom, não é? Eu não me queixo :D

    ResponderEliminar
  22. @Inês: Nem me digas nada... eu fiquei de queixo caído, mesmo! Como é possível? Eu adoro estar de férias, adoro ir para a praia em Agosto mas jamais teria tal atitude. Enfim...

    @aNaMartins: Pois, não é bem um novo emprego, é só para desenrascar e até que se encontre outra pessoa mas é claro que vou aproveitar. =)

    @...Ju...: São os chamados parasitas da sociedade e sim, existem aos milhões!

    @Benedita: lol não conhecia essa expressão mas adorei ;) E sim, é mesmo de uma pessoa ficar embasbacada.

    @Estrelinha: Pois, foi a mesma coisa em que eu pensei... quantos não querem um emprego assim?

    @Síl: Ai Sílvia, é mesmo de uma pessoa desesperar tamanha injustiça. Há tanta gente capacitada e com vontade de trabalhar que não consegue nada... E depois há estas parvas que estão estabilizadas e mesmo assim "chutam" o balde. O emprego é para Cascais, tu não és do Norte? :S Beijoca!

    @Ana: Sou de Lisboa mas o emprego é para Cascais. Infelizmente não sou eu que recruto mas posso fazer chegar o teu currículo ao mail da empresa, se quiseres.

    @Karina sem acento: Também conheço casos como o teu, e pior, casos de baixas fraudulentas... é a crise, sim. Mas de carácter.

    @Diana Teonoro: Obrigada! ;)Pois, penso que no caso dela é mais naquela de "deixa-me curtir agora o verão e depois em Setembro arranjo outro" mas há que ter em conta a situação do país...E não está fácil de conseguir empregos num piscar de olhos. Mas isso é com ela...

    @Buzz: Mesmo! :S

    ResponderEliminar
  23. LOLOLOL Really???!! Epá a sério...anda tudo a comer merda as comeres definitivamente...eu se começo a desbobinar das "reacções" da sociedade à crise não me calo por isso como acabei agora de chegar ao blog não te quero traumatizar já com testamentos, mas tenho tanto para dizer sobre este tema..... bj

    ResponderEliminar
  24. :) Hello, vi só agora a resposta.. na verdade trabalho a mim dava-me imenso jeito, mas sou do Norte e estou à espera da aprovação de um estágio no estrangeiro. Muito obrigada, se fosse mais perto não hesitaria a enviar-te o meu mail.. obrigada na mesma

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig