04 julho 2012

É injusto:

Que uma enfermeira ganhe 4€/hora quando, por exemplo, uma empregada de limpeza ganhe 6€/hora. A minha ainda ganha 6.5€/hora e tem contrato de trabalho, o que nos dias que correm é quase um milagre. E não, não estou a desmerecer o trabalho da Cláudia {afinal, o que seria de nós sem ela?} mas na minha cabeça não faz sentido que uma pessoa que andou a pagar um curso, que dedicou quatro anos da vida para ser enfermeira ganhe menos que uma empregada de limpeza {a minha, por exemplo, tem apenas o 9º ano}. E quem diz empregada de limpeza, diz outras profissões em que não é preciso um grande estudo/investimento.

Como por exemplo a Deise, minha esteticista, que tira todos os meses à volta dos 3500€ a arranjar unhas e sobrancelhas {sim, ela contou-me}. Se acho justo? Não. Se concordo? Não. Acho que há profissões extremamente menosprezadas, como no caso dos profissionais de saúde, que todos os dias lutam para salvar vidas nos hospitais deste país. Em contrapartida, se formos comparar com o salário astronómico de um jogador de futebol, até caímos para o lado. Dá que pensar, não é?
SHARE:

7 comentários

  1. É verdade, mas infelizmente é assim... :(

    ResponderEliminar
  2. Não é só pela dedicação do curso, é também pelo tipo de profissão, pelo sacrifício, pela dedicação em ajudar o próximo...

    ResponderEliminar
  3. E o risco biológico? E as festas de família perdidas, tanta coisa...
    Se soubesse o que sei hoje nunca teria escolhido esta profissão..mas sinceramente acho que temos um chamamento para o sermos, que sentimos como se fosse uma missão...sei que "vivo" uma injustiça tremenda mas não consigo abandonar o barco...

    ResponderEliminar
  4. então e a quantidade de doutorados e pós-docs que não têm emprego? é que isso não são 4 anos nem cursos de bolonha... são muitos mais, sendo que há vários desempregados que estiveram anos com bolsas de mérito para que agora não tenham trabalho. sem contar que essas mesmas bolsas não são actualizadas desde 2002, por isso imaginem a perda de poder de compra e qualidade de vida para aqueles que representam a excelência na investigação deste país. ah e já me ia esquecendo da falta de direitos inerentes à investigação, sendo eles: subsídio de desemprego, subsídios de férias e natal (qd os havia), impossibilidade de contrair empréstimos ou mesmo de ter uma conta ordenado porque tanto os bancos como muita gente continua a achar que somos "estudantes"... por favor... tenho imensa pena dos enfermeiros - sem contar com o risco que é haver tantos a acumular turnos para conseguirem viver com dignidade devido a estes salários miseráveis - mas não é surpresa para ninguém que anda muita gente a ganhar demais (tantas vezes por fora e acumulando subsídios de desemprego e outras regalias/direitos). acho que uma pessoa, fazendo o seu trabalho bem feito, deve ser bem remunerada porque isso aumenta a produtividade futura, seja ela empregada doméstica, esteticista, whatever. mas não ignoremos que enquanto que uns têm um investimento mínimo, andam outros a dedicar a vida a empregos e projectos que depois lhes saem completamente furados. estágios não remunerados, recibos verdes, bolsas... há muito por onde escolher, mas será só culpa deste país e dos políticos ou das pessoas que continuam a tentar garantir o seu e só se preocupam quando saem estas notícias escandalosas? fala-se durante os dias e depois cai no esquecimento porque agora a nova polémica é o curso do miguel relvas. não percebo porque é que ele se licenciou, sinceramente, para a maneira como os licenciados são tratados neste país... agora deviam oferecer-lhe um estágio não remunerado ou um contrato de trabalho temporário com um salário miserável como a qualquer outro licenciado que era para ele ter a experiência completa dos universitários! ;)

    ResponderEliminar
  5. Preciso conhecer uma esteticista dessas :)

    ResponderEliminar
  6. @Chuva de Prata: É uma tristeza, realmente...

    @Ana Russo: Exacto! Há profissões que exigem mais entrega, em que a vida pessoal acaba por fica completamente em segundo plano, em que há mais riscos... E isso deveria ser reconhecido {e já agora, recompensado} como tal. É pena...

    @Fashionista: Estas notícias dão cabo dos meus nervos!

    @Sini: Pois, há imensos riscos associados à profissão de enfermeiro que os tais 4€ a hora não pagam, nem de longe. Não sabia que eras enfermeira, é revoltante perceber que a escolha da nossa profissão seja tão pouco recompensada.

    @Joana: É claro que há diversos casos {alguns até mais graves} que o dos enfermeiros. Há muita gente super capacitada, cheia de pos docs e estudos que infelizmente nem trabalhos a meio período conseguem. Isso choca-me. Pessoas que dedicaram tantos anos de estudo, de investimento, para não terem nenhum apoio. Então no lado da ciência a coisa ainda é pior. Hoje, os grandes investigadores deste país vêem-se aflitos e isso sim, é injusto. Enquanto outras profissões, mais simples e que não exigiram nenhum tipo de preparação, são tão bem pagas. Acho mal.

    @Martini Bianco: Ai homem, só tu lol. Por acaso quando ela disse-me que ganhava esse valor, a primeira coisa que me veio à cabeça foi: "estou no curso errado, deveria ter ido para estética" :P

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig