28 setembro 2012

Dá que pensar, pois dá.

QUALIDADE DE VIDA  | RENDIMENTO MINIMO

Qualidade de vida é receber 800 € mensais (ou mais) para não fazer nada.
Qualidade de vida é levantar à hora que se quer porque os outros trabalham para ele.
Qualidade de vida, é ter como única preocupação escolher a pastelaria onde vai tomar o pequeno-almoço e fumar as suas cigarradas, pagos com os impostos dos outros.
Qualidade de vida é ter uma casa paga pelos impostos dos outros, cuja manutenção é paga pelos impostos dos outros, é não ter preocupações com o condomínio, com o IMI, com SPREAD´S, com
taxas de juro, com declaração de IRS.
Qualidade de vida é ter tempo para levar os filhos à escola, é ter tempo para ir buscar os filhos à escola, é poder (não significa querer) ter todo o tempo do mundo para acarinhar, apoiar, educar e estar na companhia dos seus filhos.
Qualidade de vida é não correr o risco de chegar a casa irritado, porque o dia de trabalho não correu muito bem e por isso não ter a paciência necessária para apoiar os filhos nos trabalhos da escola.
Qualidade de vida é não ter que pagar 250€ de mensalidade de infantário, porque mais uma vez é pago pelos impostos dos outros.
Qualidade de vida, é ainda receber gratuitamente e pago com os impostos dos que trabalham o computador Magalhães que de seguida vai vender na feira de Custóias, é receber gratuitamente
todo o material didáctico necessário para o ano escolar dos seus filhos, e ainda achar que é pouco.
Qualidade de vida é ter as ditas instituições de solidariedade social, que se preocupam em angariar alimentos doados pelos que pagam impostos, para lhos levar a casa, porque, qualidade de vida é
também nem se quer se dar ao trabalho de os ir buscar.
Qualidade de vida é não ter preocupação nenhuma excepto, saber o dia em que chega o carteiro com o cheque do rendimento mínimo.
Qualidade de vida é poder sentar no sofá sempre que lhe apetece e dizer “ trabalhai otários, que eu preciso de ser sustentado”.
Qualidade de vida é não ter despesas quase nenhumas, e por isso ter mais dinheiro disponível durante o mês do que os tais otários que trabalham para ele.
Qualidade de vida é ainda ter tempo disponível para gamar uns auto-rádios, gamar uns carritos e aliviar umas residências desses otários que estão ocupados a trabalhar.
Qualidade de vida é ter tudo isto, e ainda ter uma cambada de hipócritas a defendê-los todos os dias nos tribunais, na televisão, nos jornais.
Isto sim, isto é qualidade de vida.
Ass: um otário

Recebi este texto pelo facebook e desconheço a autoria mas gabo-lhe as palavras e, caso alguém saiba quem foi o iluminado que as escreveu, é favor partilhar ;)
SHARE:

8 comentários

  1. se bem que falta aqui uma coisa importante... as pessoas que além de terem o rendimento mínimo ainda trabalham alguma coisa, ganhando por fora. assim, acumulam dois salários livres de impostos, etc. e depois lembro-me de todos aqueles parvos que não têm sequer o privilégio de ter subsídio de desemprego, porque foram estúpidos ao ponto de aceitar uma bolsa para continuar a estudar e a fazer investigação, ou porque criaram o próprio negócio. otários, porque espertos são os outros.

    ResponderEliminar
  2. é triste mas esse texto está coberto de razao! Eu, bem que vivo sem qualidade de vida :(

    ResponderEliminar
  3. Adorei! E olha que eu já entrevistei alguns desses "sortudos" que vão à pastelaria lanchar com a família toda e têm sofás de pele e plasmas gigantes em casa...bjs*

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente é a pura realidade em que vivemos!!
    Enfim...

    Beijinhos*
    http://vermelho-ou-rosa-blog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Palavras que, infelizmente, têm toda a verdade com elas. Infelizmente é o País que temos... Posso roubar? :)

    ResponderEliminar
  6. É o país de merda que temos! Que apoia e protege os que menos fazem...

    ResponderEliminar
  7. Nada que eu já não soubesse mas mesmo assim prefiro fazer parte dos "otários" que trabalham porque estes são tão pequenininhos sem ambição na vida, são uns autênticos parasitas da sociedade e apoiados pela sociedade.
    Obrigada pela partilha.
    Bjs

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig