28 outubro 2012

Diálogo de ontem:

Ele: Amor, não te esqueças de apontares os telefones utéis tipo da Embaixada portuguesa em Londres e essas mariquices todas...
Eu: Pra quê?
Ele: Como pra quê? E se perdemos os documentos? Pra onde é que ligas na hora do pânico?
Eu: Pra minha mãe, oras!
Ele: Eu não estou a ouvir isso...

Desatámos os dois a rir mas a verdade é que, por maior que seja a embrulhada e a confusão, eu tenho sempre a tendência a achar que a minha mãe pode resolver toda e qualquer situação. Em todos os momentos de desespero, o nome dela fica a piscar na minha mente tipo SOS.
É, eu sei... tenho outra vez sete anos.

SHARE:

8 comentários

  1. Eu cá também sou assim. No fundo mãe sabe resolver tudo :)

    ResponderEliminar
  2. ahahah quem tem uma mãe tem tudooo!

    ResponderEliminar
  3. Como te percebo, acho que somos assim por muitos muitos anos :)

    Boa estadia em Londres, se precisarem de sugestões em onde comer dá um olho neste meu post: http://mylandofsmiles.blogspot.co.uk/2012/10/my-favourite-restaurants-in-london-part.html

    E se precisarem de outras sugestões... é só solicitar ;)

    ResponderEliminar
  4. :) eu acho que se ligar para a minha não tenho tanta sorte!

    ResponderEliminar
  5. acho que é a primeira vez que vou comentar no teu blog mas já o ando para fazer há algum tempo! E só queria mesmo dizer que adoro o teu cantinho! neste momento é um dos meus preferidos desta blogosfera! :) keep going!

    ResponderEliminar
  6. @Coquinhas: És das minhas, então ;)

    @margas: Disseste tudo!

    @Rita: Obrigada, querida! Estou mesmo a fazer o meu roteirinho para deixar tudo programado e todas as dicas são bem-vindas. Thanks*

    @Catarina Ferreira Pinto: ;)

    @Rute: hahaha mãe é mãe!

    @aNaMartins: Ohh, eu era capaz de ouvir uns raspanetes mas na última da hora, ela sempre tentaria salvar a minha pele :P

    @cairs: Olá! Obrigada pelas palavras, fiquei mesmo contente! Beijinhos :*

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig