10 outubro 2012

O que veio parar à minha secretária...

As palavras já foram todas ditas. Os gestos, esses também já se gastaram. Já não há como exprimir tudo aquilo que és para mim: o meu companheiro de todas as horas, a pessoa que me estraga com mimos, que é incapaz de dizer não a qualquer coisa que eu diga, que está sempre disponível para me aturar... És o homem que eu escolhi para ser o meu, só meu.

Amo-te em cada pequenino gesto que fazes e sei-os todos de cor: o sorriso malicioso que me arrepia, a gargalhada gostosa de ouvir, o abraço mais apertado do mundo e o toque de mestre. És o meu amor, o primeiro e o único. Obrigada, meu bem.
SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig