05 dezembro 2012

Sabes que és uma amiga daquelas mesmo boas quando...

... uma das tuas amigas liga-te ao fim da tarde e no meio da conversa, diz:

- Precisava que me fizesses um favor... É que eu morro de vergonha destas coisas, por isso lembrei-me de te pedir
- Ai mãe... aposto que vem coisinha boa daí. Diz lá...
- Então, sabes que eu tive alguns problemas com o meu marido, na cama. Ele anda complexado com o tamanho, acha que o dele é pequenino, enfim...
- Ui esta conversa está tão bonita. Ainda não percebi onde é que eu entro na história mas ok, desabafa.
(desátamos as duas a rir)
- Quero comprar-lhe um aparelho para aumentar o coiso. Acho que vai dar um up na nossa vida sexual. Estive a pesquisar na net e encontrei um fantástico que promete mais 4 cm em 5 meses de utilização.
- Um aparelho? Humm eu sou um bocado céptica nestas coisas... será que funciona? Vê lá, não gastes dinheiro à toa. E o teu marido não vai ficar ofendido com essa prenda?
- Não, não... já falamos sobre isso. Ele está de acordo. A questão é que eu já fiz a encomenda do aparelho e ele agora tem que ser levantado numa sex shop e eu não tenho jeito nenhum para essas coisas...
- Ah, obrigadinha. Quer dizer que eu tenho jeito? Sou pro em sex shops? ahahaha só tu.
- Não é isso, é que tu és toda despachada, extrovertida... o oposto de mim. Fazes isso pela tua amiga? Aquilo custa quase duzentos euros mas eu transfiro-te já o dinheiro. Compras-me? 
.
.
.
.

E lá fui eu em Carnaxide à procura da tal sex shop milagrosa. Entrei, dirigi-me ao balcão e dei o nome da minha amiga {afinal, a reserva estava em nome dela}. O gajo olhou-me, deu um sorriso malicioso {confesso que tive uma pontinha de vergonha nessa altura} e lá foi buscar o aparelho. Já enviei sms à minha amiga a dizer que já o tenho comigo e recebi de volta um: "és demais! Obrigada, baby. Sabes que estou cá para tudo, assim como estás para mim :*"

Vou entregar a encomenda hoje à noite mas é  claro que tive que fazer uma gracinha. Hoje, ao tomar o pequeno-almoço com o M. num café {cheio, por sinal}, abri a mala e retirei o embrulho {vem numa caixa toda branca} e disse: "abre, amor. É para ti" e ele, muito despachado, puxou a embalagem à frente do café inteiro. Tive um ataque de riso ao ver a cara dele, todo vermelho a enfiar a embalagem novamente dentro da caixa: "pra que eu quero isto, pá? Estás louca?" e eu a rir-me como uma perdida. E ele finaliza, todo orgulhoso: "Até porque não dá para ficar maior do que já é.." e desatámos os dois a rir como malucos.

Logo a seguir, ele complementa: "mas espera lá... tu compraste isso para quem?" e eu lá expliquei-lhe a história toda. Pergunta-me logo de seguida: e compraste mais alguma coisa na sex shop? {homens...} e eu não lhe respondi. É segredo...

SHARE:

5 comentários

  1. Não querendo ser má (mas já o sendo):
    1 - Isso parece um instrumento de tortura medieval;
    2 - Essas coisas não funcionam mesmo. Mas pode ser que o efeito placebo tenha resultados ;)

    ResponderEliminar
  2. Duvido tanto do funcionamento desses aparelhinhos, e ainda sobrou para ti AHAHA. O que não se faz pelos amigos :)

    ResponderEliminar
  3. ah ah ah ah

    Aiiii o que eu já ri!!!!

    Amigos é para todas as ocasiões não é verdade??!!!


    ah ah ah ah

    ResponderEliminar
  4. hahahahahahahahahahahahahahahahahaha nao aguento serio!!! hahahahahahahahaha

    ResponderEliminar
  5. Ahahah, as amigas são para tudo não é verdade?! ;) Quanto a esse aparelho... enfim, acho que funciona mais na parte psicológica do que propriamente na parte física não? lol E adorei o comentário do teu namorado. Típico... ;)

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig