28 fevereiro 2013

20 razões para querer viver no Rio:


(1) Terei casas de férias à disposição, porque toda a gente por lá tem uma casa na praia, entre primos e amigos de infância: Cabo Frio, Iguaba, Rio das Ostras, Búzios, Angra dos Reis e afins.
(2) Mc Donald entrega em casa e não cobra a mais por isso (não acreditam?)
(3) Havaianas e biquinis ao preço da uva mijona.
(4) Posso arranjar os pés e as mãos por 15 reais (menos de 7€).
(5) Tenho casa própria {de mamãe}, logo, não vou precisar pagar renda e com o dinheiro que juntar, poderei realizar um dos meus grandes sonhos: comprar um terreno, desenhar a casa e construí-la de raiz.
(6) Vou casar na cidade que me viu nascer. E na minha igreja do coração!
(7) Todas as farmácias fazem entregas em casa (e também não cobram a mais por isso) seja de medicamentos ou apenas de vernizes e cremes de cabelo (adoro essas pequenas mordomias).
(8) Tenho todos os meus 28 (!) primos por perto e vou poder explorá-los ao máximo. Ora vejam: uma é pediatra, outro é cardiologista, outro tem um restaurante, outra é advogada, dois são policiais... Logo, terei prestações de serviços à borlix [ahahaha, as coisas em que eu penso!]
(9) Talvez [eii, eu disse talvez] consiga resolver as questões pendentes com o meu pai e, quem sabe, possamos dar um novo rumo à essa relação esquisita que temos...
(10) Estarei perto de tooodas as minhas amigas de infância, da minha afilhada bebé e de todo o meu povo.
(11) Vou estar pertinho da minha avó, que é uma das pessoas que mais amo nessa vida. E vou eliminar um dos meus maiores medos: o de que ela morra sem eu estar por perto.
(12) Vou poder caminhar no calçadão sempre que me apetecer (aiii que saudade!)
(13) Coxinhas e salgadinhos a preço de banana e ma-ra-vi-lho-sos.
(14) Quando quiser engravidar, vou ficar descansada da vida e marcar a cesariana para o dia tal, na hora tal (como mamãe fez - e ainda passou no cabeleireiro e na manicure antes), num hospital que confio e com o meu amor do meu lado a filmar tudo. [podem dizer o que quiserem, mas não abro mão de fazer uma cesariana - coisa de brasucas]
(15) Num abrir e fechar de olhos consigo um trabalho na minha área (a minha formação é toda de cá, e isso é super valorizado no Brasil) e finalmente vou trabalhar naquilo em que me especializei.
(16) Chamem-me de fútil mas vou poder voltar a ter uma empregada interna (são ao preço da chuva no Brasil) para me deixar a casa, as roupas e a comida num brinco!
(17) Vou me empanturrar de fruta fresquinha (e barata), de comida natural e de muuito açaí.
(18) Tenho um tio na política, logo, se nada der certo ainda sou capaz de conseguir uma cunha e estar a receber uma pipa de massa todos os meses... (brincadeirinha, não era capaz)
(19) Vou poder ser eu mesma e falar do jeitinho carioca que é tão a minha cara. Posso falar aquelas palavras esquisitas que eu adoro (peteleco, marmota, guéri guéri e mais outras tantas) sem ninguém olhar torto ou fazer cara de "no compreendo".
(20) Vou ter a melhor passagem de ano (ou Réveillon, que nós gostamos de nomes chiques) de todo o mundo, com direito a vestido esvoaçante, marquinha de biquíni e areia nos pés. Ah, e fogos, muitos fogos de artifício.

Assim de repente, acho que era capaz de ser muuuito feliz por lá. A questão é: terei coragem? Ai.

SHARE:

15 comentários

  1. Sou carioca. Moro em Portugal desde que nasci (quase). E digo. Vai sem medo! Muita sorte :)

    ResponderEliminar
  2. aaaaaaahhhh leva me contigo xD

    Acho que já dei opinião demais, eu bem percebo tens cá a tua mãe e os teus maninhos, mas lá também terás a tua avó querida... Muita muita força na decisão :)

    beijinhoo

    ResponderEliminar
  3. Não fiques à procura de desculpas para não ir. Aventura-te! Tu própria disseste que se não desse certo sempre podiam vir embora. Não vais ao desconhecido, tens apoio lá. Força!

    ResponderEliminar
  4. Se fosse eu, já lá estava! xD

    Parece que existem muitos prós...

    ResponderEliminar
  5. Com 20 razões para ir, e melhores condições lá do que aqui, acho q devias ganhar coragem e apostar numa vida melhor!

    ResponderEliminar
  6. Só boas razões para ir e não voltar. Eu estive ai mesmo no Arpoador há cerca de 3 anos atrás, no dia de Carnaval e amei. Gostei ainda mais de Floripa e do RS porque não sou muito dado à praia nem ao Carnaval e naqueles dias o calor foi tanto que até "peguei" micose na praia, mas foi um mês maravilhoso, também influenciado pelas pessoas especiais que tenho lá. Gostava muito de voltar e em breve, mas com visto de trabalho, coisa difícil de se arranjar por cá, para poder viver lá durante um ano ou dois. Não teria muito a perder e só sei que faria bem, sobretudo o astral do povo que é um contágio positivo, a leveza de tudo aquilo, por isso sei bem o que custa a um brasileiro viver em Portugal ou em outro país qualquer da Europa. Nos dias de hoje já há mais vantagens em viver no Brasil do que na Europa.
    Garota, nem penses duas vezes, porque essa oportunidade é única e topo que os teus pés ainda estejam cá, já vejo a tua cabeça lá.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  7. Estes são os prós. Agora faz uma lista dos contras e ves qual pesa mais. :)

    ResponderEliminar
  8. garota... parei logo la em cima... mao e pe 15 reais???? onde???? em 2006... ate no centro ja esta 20 reais so a mao... #depressao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bel, em Abril quando estive de férias no Rio, fui a um salão em Niterói (na Av. Marquês do Paraná) e fiz a mão e o pé por 15 "merréis". Achei suuuper barato mas se calhar estavam em promoção, não sei. Fiquei com a idéia de que o preço era sempre esse...agora eu é que fiquei em depressão ahahaha

      Eliminar
  9. AHHHHH niteroi.... isso e outra historia... lolol

    bom, ca te espero! como ja fiz constar em outro post! mas para fazer a unha mais perto, ok? e que a barca para irmos ate niteroi fazer a unha esta a preço de um cruzeiro!!! hahahahahaha

    (informação importante: media em ipanema de mao e pe: 40 reais)

    beijocas

    ResponderEliminar
  10. Quem me dera :) Se tiveres espaço na mala leva-me junto :)

    ResponderEliminar
  11. Obviamente essas razoes só te dizem respeito à ti e embora não concorde com algumas desejo q corra tudo bem. O meu marido ás vezes pensa em regressar mas além da violência, custo de vida e de ter toda a minha família a viver cá, tenho uma filha pequena. E não adianta... Isso faz toda a diferença. Aqui a minha filha estuda num colégio excelente que lá (Barra da Tijuca) não sairia por menos de 5000 reais por mês. Além de toda uma conjuntura q na minha opinião, atrapalha e mto a criação de uma criança. Mas como vc (ainda) nao tem q se preocupar com isso, a decisão é mais fácil :)

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig