09 fevereiro 2013

E hoje foi dia de...

... (re)fazer o alisamento Purah (fiquei fã) depois de 4 meses. Já sentia o cabelo com jeitos, a raiz já não combinava com o resto (raiz ondulada e resto do cabelo liso = uma maravilha... not!) e lá fui eu atrás de um salão de confiança e que não me arrancasse o pêlo em termos de preços. Sim, que o salão onde fiz o alisamento pela primeira vez simplesmente... fechou. Não sei o motivo, não sei se mudaram para outro sítio, só sei que cheguei lá e dei com a porta fechada e o espaço vazio.

Nessas horas agradeço o facto de ser brasileira (e de, obviamente, conhecer montes de brasucas) e lá lancei o apelo no meu facebook pessoal. "Será que alguém conhece uma cabeleireira daquelas mesmo boas e de preferência, especializada em alisamentos?" e foi assim que descobri uma senhora brasileira que trabalha para um conhecido salão e que, por estar de baixa de parto, está a atender provisoriamente em casa (e a fazer mais uns trocos, que a vida não está fácil).

É óbvio que liguei para o salão e fingi-me de morta, a dizer que queria marcar com a fulana de tal. Responderam-me que ela estava de baixa de parto e só retornava em Abril. Na mosca! Liguei então para a senhora, ela veio cá em casa, trouxe os produtos todos e o assunto ficou arrumado. Ah, e levou menos 40€ do que se fosse no salão (e ainda trouxe uma bebé linda e cheirosa para eu ficar a babar, oh céus!)


Escusado será dizer que tivémos que fazer o trabalho no terraço porque ficou um cheiro tenebroso pela casa, a Vi (que é alérgica a qualquer nano-partícula) desatou a espirrar em modo non-stop e lá fui eu a correr para o exterior, com metade do cabelo liso e a outra metade carapinha, ao melhor estilo Adamastor Pitaco. Enfim...

Gostei ainda mais deste resultado, o cabelo parece um veludo e está com um brilho incrível. A cabeleireira disse-me que progressivamente, com os tratamentos, a tendência é conseguir um cabelo cada vez mais liso e com resultados mais duradouros. Agora é aturar o M. a chamar-me Pocahontas (e eu nem sequer arranjei a tal fantasia de índia...) e a dizer que não percebe essa maluquice de querer um cabelo escorrido feito esparguete quando o meu ao natural é muito mais giro. Se ele soubesse o trabalhão que dá manter um cabelo encaracolado saudável...

Agora vou só ali desencantar um qualquer fato maluco - já que não achei nada de jeito -  e aproveitar o Carnaval. Uma amiga emprestou-me uma espanhola-meio-piriguete mas o M. rosna só de olhar para a fantasia, de maneira que não sei o que fazer... A ver se conseguimos chegar a um consenso.
Aproveitem o carnaval, pessoas! ;)

SHARE:

11 comentários

  1. Ola!!!
    Estou fascinada com a sua ligeireza em tratar de tudo tao rapido!!!
    Tambem costumo fazer alisamento e realmente e um balurdio!
    Gostaria de saber quanto é que ficou o total e o nr da senhora, pois tambem estou interessada em voltar a fazer.
    Obrigada.Beijinhos Isabel B

    ResponderEliminar
  2. Quando fazes alisamento já não tens de esticar o cabelo? Fica naturalmente liso? O meu cabelo não é muito carapinhoso, mas a minha mãe é angolana e ofereceu-me muitos caracóis e uma raíz que quando não é bem esticada, é um tormento. Desfrizava o cabelo, mas deixei porque mo estragou muitoooo :(

    ResponderEliminar
  3. Olá! Antes de mais, bom Carnaval! Queria pedir-te uma informação, se não for muito abuso.Queria comprar um creme bom, eficaz contra a falcidez, perda de firmeza no pescoço, aquela pele "pescoço de galinha". Tenho 40 e comecei a ter este problema. Podias pedir um conselho, dica à tua mãe?Ela aconselha algum tratamento específico de tratamento em clínica?Gostava de ter um conselho sincero de alguém que tivesse tido bons resultados.Desculpa o testamento...Dina.

    ResponderEliminar
  4. Já estive meeesmo para fazer esse tipo de alisamento (numa altura em que o meu cabelo estava tal e qual o teu: raiz ondulada mas o resto liso), até que assim do nada começou a ficar completamente ondulado. E simplesmente adoro assim ;)
    Mas se alisasse por completo o cabelo, também acho que ficaria o máximo! E tal como disseste, manter um cabelo encaracolado saudável dá um trabalhão! Não dá para dormir sem um rabo de cavalo (bem feito) e há dias em que simplesmente sai tudo mal!

    Beijinho e bom carnaval! *

    ResponderEliminar
  5. Parece ter ficado giro e cheio de brilho ;)

    ResponderEliminar
  6. Adorava conhecer uma cabeleireira que fizesse esse tipo de trabalho clandestino, aqui na minha zona
    Ficou maravilhoso, super brilhante :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Tens sardas, olha que giro! O cabelo ficou muito bonito, brilhante e liso. Adoro! Quanto custou?

    ResponderEliminar
  8. Também estou interessante em saber quanto custou e qual o número da senhora ;)

    ResponderEliminar
  9. Tens mesmo razão, manter o cabelo encaracolado saudável dá um trabalhão!! Só aliso o meu em alturas especiais, e agora nem tanto, que toda a gente diz que prefere cabelo encaracolado! ;)

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. quando morava em lisboa tinha algumas profissionais de mega confianca em lisboa! confianca nao so na questao de nao ficarmos carecas como na questao de não usarem mais do que 0,2% de formol, afinal ninguem morrer de cancer e cabelo liso... neh? se precisares tenho um roteiro da beleza em lisboa! se elas ainda morarem ai porque sei que muita gente voltou...

    beijocas

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig