28 março 2013

És tu ou sou eu?

Esses dias, já não me lembro bem a que propósito, surgiu uma conversa no trabalho sobre namorados/maridos e uma das colegas disparaou: Ah, a Anne por exemplo, não tem do que se queixar... Um gajo como o M. não se encontra ao virar da esquina... e eu fingi que não tinha percebido a idéia dela.

Na semana passada, numa conversa com a minha avó, ela comentou: é, minha filha, outro como o M. tu não arranjas nem com vela acesa e reza braba.

E isso me leva a pensar que, das duas uma: ou eu devo ter um feitiozinho de merda e ser assim uma pessoa muuuuito difícil de lidar (daí toda a gente achar que o M. é um santo para me aturar) ou então o M. é realmente um namorado pra cima de espectacular e isso é nítido para toda a gente.

Acho que é capaz de ser as duas coisas. 
SHARE:

8 comentários

  1. A mim também toda a gente diz o mesmo, e obvio que também tenh a duvida se é ele ou se sou eu eheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahaha mais vale pensar que são os dois motivos, né? :P

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Oi?! Não percebi o teu comentário mas acho que a minha avó não tem dor de cotovelo por eu namorar o M. ehehe

      Eliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig