08 maio 2013

Cronograma capilar - o que é?

Na minha busca por cabelos nutridos e saudáveis, descobri uma metodologia organizada que tem o poder de cuidar e reparar qualquer tipo de cabelo danificado. O método é dividido em três etapas: a fase inicial da Hidratação, seguido da fase de Nutrição e finalizando com a fase da Reconstrução (H-N-R).

Muita gente não sabe mas existe uma forma correta (e eficaz) de utilizarmos as máscaras no cabelo. Já vos aconteceu comprarem uma máscara toda xpto, de que meio mundo falava maravilhas e no vosso cabelo ela simplesmente não fez efeito nenhum? A mim já. E acontece por um simples motivo: não respeitamos a ordem das etapas. Ou seja, se o meu cabelo está ressequido (sem nutrição) e eu espeto com uma máscara reconstrutora... acham mesmo que vai resultar? É claro que não.

Vale lembrar que eu não sou profissional da área capilar e a maioria das dicas deste post foram me dadas pelo meu novo cabeleireiro (mais conhecido como o-obcecado-por-cabelos-saudáveis). Mas essa história de cronograma capilar dura para sempre? - perguntam vocês. Bom, normalmente a partir do segundo mês os cabelos já estão recuperados e saudáveis (depende do estado inicial dos fios mas normamelmente, sim) e depois disso podemos espaçar o tempo entre cada fase do cronograma, por exemplo, ao invés de fazermos uma fase por semana, fazemos de duas em duas semanas e por aí vai. Mas desleixar e esquecer o cronograma, isso é que não. Vamos à ele?
Optei por utilizar sugestões de produtos acessíveis (€) e fáceis de serem encontrados em hipermercados porque depois há sempre uma alma penada a comentar: "mas esses produtos são caros, mimimi... Não sei onde se vende, mimimi...". Portanto, agora já não há desculpas, os produtos são baratos e de fácil acesso ;)

Fase de HIDRATAÇÃO: Hidratar é dar água ao cabelo, ou seja, é algo fundamental (tudo o que é vivo, depende de água para viver #biologiarules). A linha de produtos usada nessa fase deve ter alto poder hidratante e possuir princípios activos como: aloe vera, extracto de algas, geléia real, chocolate, mel, argila... [se optar por pintar, tonalizar ou dar um banho de brilho, é essencial fazê-lo entre esta fase e a fase a seguir - nunca após a reconstrução (quando o fio já está selado e a cutícula capilar fechada). Simples assim]

Fase de NUTRIÇÃO: Nutrição é fornecer nutrientes, neste caso, normalmente lípidos (óleos) e vitaminas (as melhores são A, E e B) para fortificar a fibra capilar. Se os cabelos estiverem muito desidratados, o ideal é potencializar o efeito das máscaras com ampolas vitamínicas (faço sempre) que são um boom de nutrientes que o fio precisa nessa fase. Os principais princípios activos nessa fase são: as proteínas do leite (caseína) e do trigo, aveia, ceramidas, óleo de coco, óleo de argão, manteiga de karité e outros do género. [para potencializar o efeito desta fase, de 15 em 15 dias faço uma umectação com óleos vegetais - lembram do azeite?]

Fase de RECONSTRUÇÃO: Reconstruir a fibra capilar é o mesmo que dizer: precisamos refazer os fios. E para isso são necessárias muitas proteínas. Cabelo poroso, fraco, partido... é hora de dar tchau! Nessa fase, o objectivo é nutrir o cabelo de muuuitos aminoácidos (a base das proteínas) e de algumas proteínas já hidrolisadas. Alguns exemplos: queratina (e seus aminoácidos: cisteína, serina, etc...), colagénio, arginina e outros. Para potencializar o efeito, a queratina líquida (amo a da Novex) pode ser misturada dentro da máscara de reconstrução.

O cronograma capilar clássico é orientado desta forma:
1ª semana: H, H, N (sab, 3ª, 5ª)
2ª semana: H, N, R
3ª semana: H, H, N (se for tonalizar, pintar ou dar banho de brilho, opto por fazê-lo sempre nessa fase)
4ª semana: H, N, R (finalizo o ciclo com uma cauterização - com a GHD) e recomeço tuuudo de novo.

[conforme o cabelo for sendo restaurado, podemos espaçar os dias, até chegar ao ideal que é um tratamento por semana: 1ª semana (hidratação), 2ª semana (nutrição), 3ª semana (reconstrução), 4ª semana (cauterização) mas no início o ritmo é frenético mesmo]

De salientar que quanto pior o estado do cabelo, mais recomendado é utilizar produtos de linhas profissionais ou premium como os da linha Absolut Repair (L´oreal), Orofluido (Revlon) e outros que são mais caros mas que valem a pena o investimento. Eu costumo misturar e utilizar tanto produtos mais caros como os de marcas brasileiras (que mesmo sendo baratos, há alguns que não troco por nada - caso da Novex).

Como a maioria das empresas de cosméticos ainda não classifica os seus produtos como sendo de hidratação, nutrição ou reconstrução, cabe à nós, consumidoras, o trabalhinho de andar a fuçar os ingredientes e descobrir em que fase do cronograma ele se encaixa. [boooring]

Vou ser sincera: no ínicio, quando soube da existência desse cronograma eu achei que era um desperdício autêntico: "era mais o que faltava, um calendário para andar a tratar o cabelo, esta gente é doida ou então tem muito tempo disponível em mãos, só pode...". Achei uma loucura e revirei os olhos até que o meu cabeleireiro mostrou-me fotos de antes e depois de clientes e eu fiquei de boca aberta. Decidi experimentar, já vou na 3ª semana do tratamento e o meu cabelo é outro. Juro-vos. Não há cabelo estragado que não se conserte com o Cronograma. Se esse método não der certo no teu cabelo, então é melhor cortar e usar peruca porque nada mais vai conseguir consertá-lo (joking!).

 Cabelo hidratado e com um super brilho! [ainda tem muuito a melhorar, principalmente nas pontinhas, mas em vista do que estava...]

Em relação ao tempo necessário para cada fase, eu faço assim: no duche, lavo os cabelos com o meu shampoo normal (estou usando o Absolut Repair no momento), aplico a máscara consoante a fase em que estiver (as minhas máscaras costumam ser baptizadas com ampolas ou óleos nutritivos), envolvo cada mecha com o produto e faço uma ligeira massagem. Penteio, espalho bem a máscara em todas as partes do cabelo, coloco uma touca de plástico e saio do banho. Faço as minhas coisas normais (visto-me, por vezes janto com a touca na cabeça, vou ao pc... isto até completar 20 minutos) e depois lavo e retiro o produto no lavatório da casa de banho. Penteio, seco e vou à minha vidinha. Já é quase automático e não custa mesmo nada. [normalmente lavo os cabelos à noite, porque de manhã tomo um banho gelado para despertar (sim, sou louca) e ninguém merece lavar a peruca com a água gelada]

E aí, alguém se animou a começar um cronograma capilar? Bora lá, minha gente. Já não há desculpa para os fios maltratados! ;)

SHARE:

18 comentários

  1. Amei este post.Eu que sigo quase todos os blogs que falam principalmente de cabelos não me lembro de ler um que explicasse tão bem estas fases para dar o devido tratamento ao nosso cabelo. Obrigada, vou fazer seguir o cronograma.

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Eu tenho o cabelo seco, e costumo lavá-lo 2 vezes por semana (3º e 6ºfeira), visto que demora a ficar oleoso (uns 3-4 dias depois da lavagem)... e uso sempre shampoo+máscara+condicionador nas lavagens.
    Para seguir esse cronograma, teria de aumentar as lavagens durante a semana?

    Gostava de dar-lhe brilho e tê-lo mais domesticado (é ondulado e com bastante volume, também devido ao facto de ser seco) e bonito! =)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Ainda estou atordoada com tanta boa informação.
    Este post vai mudar a minha vida! Obrigada :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Muchissimo obrigada por este post!
    Veio mesmo a calharm eu ando um pouco sloppy com a minha juba crespa e spr fui muito cuidadosa com hidratação, com os shampoos que uso (esse cabelo é chiliquento e cheio de vontades!) mas ainda não tinha encontrado a fórmula perfeita. Vou experimentar essa =)

    beijo!

    ResponderEliminar
  5. Olá Anne,

    Isso só é válido para quem esteja com problemas capilares ou uma pessoa que tenha o cabelo em estado normal tb o deve fazer?
    Eu olho p te cabelo e não vejo nenhuma diferença, sério.
    RM relação ao cabelo da Kim, acho-o super sem brilho. Adoro o cabelo da Gisele Bundchen, solto e lindo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Fiquei com preguiça só de ler... ehheh Mas a explicação está tão bem feita, que acho que até me animei em experimentar.

    Só uma pergunta, esses produtos não deixam o cabelo pesado e lambido? :(

    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Olá, adorei este post, gostei da explicação detalhada! Pena não ter sido uma semana mais cedo, pois já estva tão desesperada com o meu cabelo seco e espigado que decidi cortá-lo.

    Mas vou experimentar na mesma, até para ele crescer mais saudável.

    Obrigada e beijinhos. Ana

    ResponderEliminar
  8. Amei o post, li tudinho :D

    Mas tenho uma dúvida, tenho o cabelo muito fininho, frágil e com pouco volume. Com tantas mascaras e óleos será que não vai pesar no meu cabelo?

    ResponderEliminar
  9. Que simpatia da tua parte em partilhares estas dicas, Anne! Obrigada por escreveres tudo tão detalhadamente e bem escrito!

    O meu cabelo anda péssimo...sobretudo porque lavo-o todos os dias (às vezes 2 vezes por dia, porque ando no ginásio... :s)... Gostaria de te perguntar onde fica o teu cabeleireiro para ir lá cortar o cabelo e aprender ainda mais sobre o meu cabelo... Já agora é muito caro? Conta-me tudo...

    ResponderEliminar
  10. Olá, obrigado pelas dicas. No entanto tou um pouco confusa :(. Então é assim: o meu cabelo tem madeixas e alem disso tenho que o pintar de 4 em 4 semanas por causa dos brancos. É um cabelo fino, no dia que o lavo se deixar secar aos natural fica super encaracolado, no dia seguinte fica sem jeito, então como adoro cabelo liso opto por o esticar sempre. costumo lavra 2ª, qua e sexta.
    A minha duvida é a seguinte:
    Para seguir estes 3 passos que shampoo devo usar? , sempre o mesmo nas 3 etapas? E a mascara deve fazer-se a cada lavagem ou uma vez na semana ... Beijinhos e obrigado. Gosto muito do seu blog :)

    ResponderEliminar
  11. Olá novamente, só agora percebi bem o seu post e o clico de tratamentos ao longo das 4 semanas!! sorry. A minha pergunta mantem-se: uso a mascara em cada lavagem?. beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Olá, já há algum tempo que ando a seguir o teu blog, gosto mesmo dele, mas nunca comentei. Este post fez todo o sentido para mim, parece que finalmente vou ter um cabelo bonito e hidratado :) Gostei tanto do cronograma capilar que fiz um post no meu blog sobre ele. Tomei a liberdade de usar a montagem que fizeste. Penso que a origem está bem clara, mas se quiseres que eu faça alguma alteração é só dizer. Este é o link do post http://sersenhora.blogs.sapo.pt/29475.html Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Bom dia
    quando falas em 'as minhas máscaras costumam ser baptizadas com ampolas ou óleos nutritivos' a quais te referes?
    Obrigado

    ResponderEliminar
  14. olá, há links que dão erro....
    podes corrigir, obrigado

    ResponderEliminar
  15. Ola.
    Hoje ao olhar para o meu cabelo lembrei-me dos teus posts e resolvi saber mais.Adorei o cronograma e agora ando a procura de mascaras.Mas queria saber a da l'oreal absolut repair,num dos posts atras falaste nela para nutrir e aqui para reconstruir.Aconselhas em qual?
    Obrigada desde ja e boas ferias.

    ResponderEliminar
  16. Adorei esse post, e já reencaminhei 'prazamiga' :) A minha dúvida agora é em relação às máscaras..existem tantas no mercado! Por acaso comprei há pouco tempo a de broto de bambu da novex; essa se encaixa qual das fases?
    Valeuu

    ResponderEliminar
  17. Oiê! Adorei o post, e já reencaminhei ' prazamiga' :) A minha dúvida agora é em relação às 'equivalências' das máscaras conforme a fase do processo, já que existem tantas no mercado..há pouco comprei a de broto de bambu da Novex; essa por exemplo se encaixa em que fase do processo?
    Valeuu

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig