04 agosto 2013

A lógica masculina.

Perto da hora do almoço o homem entra pela sala adentro e solta a bomba: amor, hoje eu quero fazer o almoço (medo). Não quero que entres na cozinha, só quando estiver tudo feito. Não me atrapalhes, ok?

Estava na sentada no sofá a arranjar as unhas, distraída, e respondi apenas "aham". Lá foi ele ao Pingo Doce comprar os ingredientes que faltavam e eu fiz-me de morta. Na sala estava, na sala fiquei.

Meia hora depois, volta o homem. "Então, compraste tudo?", perguntei. Ele acena com a cabeça, enquanto começa a sacar os ingredientes do saco. Ora bem, assim de relance vi: salada já pronta e lavada, cenoura já ralada (daquelas horríveis, secas e que não sabem a nada), tempero já pronto para a carne  (pasta de alho), frango de churrasco já com tempero...

Os homens é que percebem do assunto, está visto. Vão as compras e mais um bocado trazem já o almoço feito, porque o M. quer tudo dado e mastigado. Os legumes compra tudo já cortado, lavado e cozido. A carne já vem temperada. Vai ser um belo almoço.
Daqueles que sabem a... nada.
SHARE:

4 comentários

  1. Ao menos quis ser util e fazer o almoço:) É um começo, pode ser que lhe ganhe o gosto e faça depois pratos mais saborosos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, por isso fui toda elogios "nossa, amor, que delícia, tens mesmo jeitinho para a coisa" que é para ver se ele toma o gosto pela arte e passa a cozinhar para mim ahahaha.

      Eliminar
  2. Mas a intenção é o que conta!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei, Teresa. Ele tem boas intenções, é esforçado mas lá está, gosta da vidinha toda facilitada, é mesmo à gajo :P

      Eliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig