04 outubro 2013

A brilhante mente masculina.

Ontem entrei no quarto do Pê e ele estava a falar com uma gaja no facebook e tinha um sorriso parvo no rosto. Fiquei logo animada e pensei: hummm, será que é desta? (sim, depois de todo o drama do último namoro, o meu irmão troca de namorada como quem troca de tshirt - infelizmente). Perguntei-lhe, meio a brincar:
- Humm, estamos de namorada nova?
- Achas? Nããã... estou só a conhecê-la (argh, esta expressão dá-me comichão).
- Sim, mas gostas dela?
- Que nada.. é só uma curte. Queres que te mostre a foto?
- Mostra!

Mostrou-me uma gaja com uma cara assim a atirar para o feiote e eu fiquei surpresa: "credo, Pê, que menina... estranha" (eu queria dizer mesmo era: que raio de gaja feia!) e ele: Yap, mas olha só o resto..." e mostrou-me uma foto da menina de biquíni. Que corpaço, senhores! Fiquei de boca aberta. E depois, bom, depois mostrou-me uma foto dela de costas e fez-se luz: a miúda tem um senhor rabo.

E se há parte da anatomia feminina que o meu irmão preza, ah, essa parte é o famoso bumbum. A rapariga pode ter borbulhas na cara, pode não ter mamas nenhumas (vulgo: saiu ao pai), pode ter uma barriguinha mais acentuada mas desde que tenha um rabo bonito e voluptuoso, por assim dizer, está o caldo entornado. E, como ele mesmo diz, se é para passar o tempo (já que tão cedo diz que não volta a acreditar numa gaja), ao menos que seja com uma boazona.

Coisas que não entram na minha cabeça mas conselho de irmã mais velha nunca dá em nada, por isso, limito-me a esperar que o senhor cupido se lembre de flechar esse coraçãozinho duro do Pê... e que ele possa encontrar alguém de verdade. E não apenas mais um rabinho bonito. Homens....

SHARE:

4 comentários

  1. Os homens realmente... às vezes conseguem ser mesmo parvinhos!

    ResponderEliminar
  2. Quem escolhe um parceiro/a pelo rabo, está destinado a ter um relacionamento de m**** xD

    Deb

    ResponderEliminar
  3. "Lembra-te que tens uma irmã e uma mãe em casa", era o que eu referia ao meu irmão sempre que desvalorizava uma mulher ou armava-se em parvo/criança com alguma.



    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig