27 novembro 2013

Deixem lá que ela é a mãe da noiva... #2

Recuso-me a escrever novamente sobre o tema, recuso-me. Qualquer dia não consigo mais entrar no meu próprio quarto, tamanha a parafernália que se instalou por lá nas últimas semanas. Começo a equacionar a hipótese de arrendar uma garagem/arrecadação só assim naquela de ter espaço para... dormir.

Ok, não posso recriminar mamãe por ter perdido a cabeça nesta loja. Eu própria fiquei com vontade de fazer uma razia naquelas prateleiras... [post em breve!]

 A Casa é outra loja onde facilmente perdemos a cabeça mas desta vez mamãe exagerou. Até uma caixa de costura [fofinha, é verdade] comprou-me e eu mal sei pregar um botão, ou seja, não lhe vou dar uso nenhum... 

 A minha loja de decoração preferida de todos os tempos, em Algés. Há com cada objecto lindo, lindo, a senhora que nos atende é um amor e eu volto lá vezes e vezes sem conta. Adoro. E pelos vistos estavam com promoções porque mamãe apareceu logo com 3 sacos de lá [e não, não são propriamente baratos].

Posto isto, vou só ali montar uma caixa de cartão e enfiar todo o enxoval lá para dentro, só assim naquela de optimizar o [pouco] espaço que me restou no quarto. E pensar que ainda tenho muuuitos meses até a boda... Prevejo um 2014 apinhadinho de tralha no quarto [e eu que estava cheia de planos para tornar-me minimalista, pois sim].

P.S: Ontem fui, pela primeira vez, à uma loja de vestidos de noiva. Estava na hora do almoço, vi um vestido lindo na montra e entrei para saber informações. "Ah, e tal, só atendemos com hora marcada". Oi?! Estavam as duas alminhas na conversa atrás do balcão, não se avistava um único cliente e as senhoras só atendiam com hora marcada. "mas eu só queria uma informação, não é para experimentar nem nada...", responderam-me um "pois, mas só mesmo com hora marcada". Acho bem, claro que sim, estamos numa altura ma-ra-vi-lho-sa para enxotar clientes dispostos a dar uma pequena fortuna por um mísero vestido. Continuem assim, minhas amigas, que vão por um bonito caminho. É daquelas lojas que tão cedo não me volta a ver a fronha, que eu gosto muito pouco de ser mal atendida.

SHARE:

6 comentários

  1. Para quem nao quer há muito ! Elas que ficam a perder ...

    bj

    ResponderEliminar
  2. Anne a tua mãe é maravilhosa!!
    Qt as loja de noivas qd fui escolher o meu a 9 anos atrás ;-), deparei-me com vendedoras q achavam k eu conseguia escolher e comprar um vestido sem exprimentar

    ResponderEliminar
  3. Anne a tua mãe é maravilhosa!!
    Qt as loja de noivas qd fui escolher o meu a 9 anos atrás ;-), deparei-me com vendedoras q achavam k eu conseguia escolher e comprar um vestido sem exprimentar

    ResponderEliminar
  4. Olá! Aconselho-te a loja onde comprei o meu vestido há dois anos, a Pomba Branca (a de Oeiras. Fica no centro histórico). O atendimento foi cinco estrelas :)
    Mariana

    ResponderEliminar
  5. Olá. Quanto à questão dos vestidos de noiva, todas as lojas de vestidos de noiva de renome, só atendem com marcação. E não te admires se mesmo com hora marcada, quiseres experimentar um vestido e as vendedoras ou a gerente da loja não te deixarem experimentar, porque acham que não tens dinheiro suficiente para o adquirir. E já agora nunca digas à partida que apenas andas a ver, o tratamento é do pior. Por outro lado as lojas de comercio tradicional não associadas a nomes de lojas conhecidas atendem sem marcação e muito mais simpáticas.
    Boa sorte para esta nova etapa.

    ResponderEliminar
  6. Este pessoal nunca mais aprende a atender as pessoas! Só dá vontade é de fazer como aquela célebre cena do filme "Pretty Woman".

    Os Caracóis Indomáveis

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig