17 dezembro 2013

A tiger é uma perdição, está visto:


Há dias fui ao Chiado buscar a farda de inverno da miúda [antigamente era no El Corte Inglés e dava muito mais jeito mas este ano o colégio passou as fardas para uma casa na rua dos funkeiros, no meio de Lisboa - e para estacionar? ninguém merece]. Já que ia ter que gastar com o estacionamento [meto sempre naquele ao lado da H&M] ao menos que valesse a pena, não é? Vai daí, fui espreitar a Tiger, loja com coisas super originais e baratinhas, e ainda dei um pulinho à Muji, outra loja fofíssima que adoro [e que só há no Chiado].

Com tantas coisas giras e baratas, a vontade era mesmo de trazer muuuitas coisinhas mas acabei por controlar-me.


Borracha em forma de rinoceronte // 2€ [vai ficar um amor na minha secretária - aposto que vou morrer de dó de usá-la...]

Mini-presépio para deixar a casa [ainda mais] no espírito do natal // 3€

Escova em formato de coração, para andar na mala nos dias em que o cabelo anda esquisito // 1€

Porta-velas em metal - trouxe em todas as cores porque achei a peça giríssima! //2€

Pato para pendurar na parede e fazer de "cabideiro". Comprei-o porque adorei a cor e o material e porque quero usá-lo como segura-livros na prateleira. O M. detestou-o, não se cansava de criticar o pobre do pato "ai que coisa horrorosa, agora vamos andar com um pato azul na sala, só tu..." e eu só me ria...

Mini porquinho mealheiro, que comprei só porque é fofo, já que é tão pequeno que mal cabe uma moeda de 2€ lá dentro... //1€

Caneca preta e branca que comprei para pôr as escovas de dente na prateleira da casa de banho principal [que é com azulejos pretos e brancos] //2€

Uma bomboneira engraçada que encontrei por lá e que me fazia falta [cof] para a nova casa. //3€

Pelo meio lá despachei algumas prendas e comprei mooontes de mariquices para usarmos na noite do natal [gorros com luzes, bandoletes de renas e por aí fora - mostro-vos na noite de natal].
E vocês, também têm feito boas compras na Tiger? Gostam do conceito da loja?

SHARE:

4 comentários

  1. Tudo ótimo, tirando a parte que a "rua dos funkeiros" nem sequer é no Chiado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão, a rua dos fanqueiros fica na Baixa, não no Chiado [pra mim é tudo a mesma coisa, enfim...].

      E sim, escreve-se fanqueiros [e não funkeiros]. Foi o meu lado brasileiro a falar, sorry!

      Obrigada pelo aviso ;)

      Eliminar
  2. Adorei a borracha rosa! Também gosto muito da tiger mas conheci-a há pouco tempo, depois de abrir no Dolce Vita Tejo ;)

    ResponderEliminar
  3. Eu fujo dessas lojas como o diabo da cruz. Já me basta o IKEA para me desgraçar.
    Hoje entrei na Zara Home... não vamos falar de todas as coisas que eu queria trazer comigo...

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig