05 janeiro 2014

Deixem lá que ela é a mãe da noiva #3

Depois de me ter inscrito num portal de noivas e num fórum de noivas [nem imaginam as coisas que uma pessoa vê por lá], comecei a fazer a listagem daquilo que me falta comprar [e é taaanta coisa] que vai, basicamente, desde faqueiros à móveis, uma maravilha. Coisas que nunca mais acabam e lá para o meio comecei a pensar no tipo de louça que queria comprar. Se queria as simples, brancas, baratas, da IKEA ou Zara Home. Ou se investia em marcas mais tradicionais como Vista Alegre, SPAL e afins. Decidi ter "os dois mundos" e há dias comprei a loiça mais básica para o dia-a-dia [a par das que já havia comprado aqui], optei pela loiça branca com detalhes em dourado, sempre fica bem em diversas ocasiões.

Mas mamãe inventou moda, como sempre. "mas ainda precisas de um serviço de chá, um serviço de café e um de jantar como deve ser, para ocasiões especiais". E pronto, apareceu lá em casa com isto:

Serviço de jantar da SPAL, colorido e tão a cara do "meu Rio de Janeiro" que só pude agradecer por ela conhecer tão bem os meus gostos. É colorido, é animado, é super completo e espero que dure muitos e bons anos. É composto por serviço de jantar, de chá e de café.

Serviço de café Vista Alegre, composto por: bule, leiteira, açucareiro e 12 chávenas/pires. Achei-o lindo, delicado e com um ar vintage que ela sabe que eu amo! E eu nem bebo café mas com estas loiças dá até vontade de aprender a gostar do dito.

 Serviço de chá Vista Alegre, de 1951, comprado num antiquário em Lisboa. Composto por: 2 pratos para bolos, manteigueira, bule, leiteira, açucareiro, travessa para biscoitos/torradas e 12 chávenas/pires. Sabem o mais engraçado? É que a minha avó teve um exactamente igual quando casou, o meu avó levou de Viana do Castelo para o Rio de Janeiro, como prenda de noivado. E é claro que eu fiquei super emocionada quando soube disso, adoro objectos com história.

E posto isto, acho que fico arrumada no que diz respeito à loiças. Mas é claro que já sei que até a boda ainda me vai apetecer comprar mil e um pratos, loiças e copos mas para já, estou super satisfeita. São peças de qualidade e genuinamente portuguesas, como se quer. [não, mãe, não preciso de uma travessa Bordalo Pinheiro em forma de couve, coisa mais bizarra. Por favor, fiquemo-nos pela Vista Alegre e afins, ok?]

SHARE:

13 comentários

  1. Anne, acompanho o teu blog há já dois anos e é muito giro vê-la tão ocupada a montar a casa, preparar o casamento... é engraçado como acabamos por "crescer" com as autoras dos blogs que lemos. Adorei as loiças, principalmente a Vista Alegre, um serviço clássico, intemporal e de uma marca top para porcelanas. A tua casa vai ficar fantástica, tens que nos mostrar depois :)

    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teresa, obrigada pelas palavras ;) Também adoro ver as autoras dos blogs que sigo (e gosto) a darem passos importantes: comprar casa, casar, ter filhos... é quase como se as conhecêssemos de longa data, não é? ;)

      Eu sou fã de objectos clássicos, cheios de história e sem dúvida, a Vista Alegre é uma marca de eleição no que toca à loiça. Adoro! Beijinhos

      Eliminar
  2. Anne é tudo muito bonito, mas acredita em mim que casei à menos de 2 anos....é um exagero! Não vais utilizar metade por uma questão de practica! É melhor focares-te na questão da casa para tbm veres a disposição e utilização do espaço antes de comprares muito mais coisas.
    Por ultimo se quiseres fiquei a conhecer dezenas de espaços engraçados e fora do comum já que casei à tarde e quis fazer um jantar pela noite dentro por isso posso te dar umas dicas ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu seiii, Rita, toda a gente me diz isso (incluindo a minha própria mãe ahaha) mas acho importante termos este tipo de coisas para uma ou outra ocasião especial. Uma mesa bem posta faz toda a diferença, não é? ;) A tipologia da casa já está escolhida e já andamos a ver os móveis (alguns quero fazer sob medida, como a cabeceira da cama) e tudo. A escolha final da casa ficará para Julho/Agosto, que é para dar tempo de pintar tudo ao nosso gosto e receber os móveis.

      Quanto às dicas, preciso MESMO delas. Vou enviar-te um mail, obrigada pela ajuda :**

      Eliminar
  3. Para quê tanta coisa? Parece que vais receber visitas todos os dias como se vivesses num palácio, em que tens de apresentar aos teus convidados o melhor serviço e apresentação da mesa... se forem a tua casa jantar uns amigos de vez em quando, não podem usar os pratos que usas no dia-a-dia? Acho essa mentalidade de "fazer o enxoval" e comprar serviços que nunca mais acabam (realisticamente, serviços de chá e de café nos dias de hoje? quantas vezes mesmo é que te vais juntar com as tuas a amigas a beber o chá das 5 nessa treta?) tão outdated. Não digo que ter uma coisa ou outra mais "elaborada" para uma festa que se queira dar de vez em quando não faça sentido... mas antes de casar já estar a pensar se "se tem" de comprar X e Y para a casa (se fosse uma cama ou uma coisa qualquer assim essencial, agora serviços de jantar?), é mesmo de quem nunca saíu de casa dos pais, é super influenciada pela mãe no que toca ao "bom gosto" e ao que deve constar da casa de uma mulher "às antigas". Se tivesses já morado sozinha, feito Erasmus, estudado fora, partilhado casa com amigos, viver já com o namorado antes de casar, etc... acredita que ias ser muito mais desenrascada e deixavas-te dessas mariquices ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque, até ver, só pretendo casar uma vez nesta vida. Logo, acho que faz sentido não me "privar" destes pequeninos luxos, coisas que gosto, objectos que admiro e que terão uso no futuro. Não digo que serão usados toda a semana, mas que certamente vão ser usados em ocasiões especiais e darão um toque especial à casa, isso com certeza.

      Se soubesses o tamanho do nosso grupo de amigos (e a frequência com que nos encontramos) de certeza que compreenderias o porquê das loiças. Somos muitos e adoramos uma festa!

      Quanto a usarem ou não serviços de café e chá nos dias que correm, bem, não sei quanto a ti, mas eu adoro ver uma mesa pronta para um chá (e aos domingos, como não janto, faço sempre um lanche mais composto ao fim do dia com sumos, bolo, pão e torradas).

      Obviamente que quero ter a casa pronta antes de casa (e isso inclui móveis, loiças, tudo) porque depois do casamento vamos de lua-de-mel e não quero estar preocupada em voltar a lisboa e ter que me enfiar em lojas de móveis porque me faltam cómodas, pratos ou o que seja. No way!

      Sim, nunca saí da casa dos meus pais [e adoro!], não me considero influenciada pela mãe mas oiço sempre os seus conselhos [são sempre acertados] porque é uma pessoa com experiência de vida, sábia e em quem confio de olhos fechados [temos um relacionamento tão especial que poucas pessoas compreenderiam].

      Ao contrário do que pensas, já estive 4 meses a estudar noutro país, a viver numa república de estudantes, numa casa partilhada com pessoas que sequer eram meus amigos. Portanto...

      Eliminar
  4. Que giro ver anónimos cheios de inveja :) Cá para mim cada um gasta o dinheiro da maneira que quiser, e desde que depois ninguém me venha cá bater à porta a pedir dinheiro para comer, bem que podem gastar o ordenado todo em malas Chanel e sapatos Loubotin e serviços de chá para 50 pessoas que eu estou-me nas tintas.

    Anne não sei se conheces os serviços de chá da Vista Alegre personalizados com imagens de cidades. Depois de ter lido este post, lembrei-me que eras capaz de gostar do do Rio de Janeiro: http://www.myvistaalegre.com/pt/c/decorativo-porcelana-almariojaneiro-pt

    Apesar disso deixa-me que te diga que esses serviços de café e de chá são uma coisa muito bonita para ter, mas que raramente é usada...herdei um serviço de café desses da Vista Alegre de uma pessoa que o comprou há décadas atrás e nunca o usou, quando o recebi ainda vinha todo dentro das caixas originais, quase um século depois fui eu a primeira pessoa a tirar as pecinhas todas da caixa, lavá-las e arrumá-las, e...até agora nunca o usei. Apesar de ser lindíssimo acabei por me arrepender de o ter herdade, detesto ter coisas que não uso a atravancar-me a casa e só esse serviço de café ocupa-me uma prateleira inteira da cozinha...

    E, já agora, não te esqueças que muitos desses serviços delicados da Vista Alegre e da SPAL não podem ir à máquina de lavar louça, devem ser lavados à mão, os desenhos e os trabalhados saem todos...a minha mãe estragou assim o serviço de mesa do casamento da mãe dela, meteu os pratos na máquina e as ilustrações começaram a sair...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Melissa,

      Por acaso não conhecia estes serviços, são lindos! Ai ai o que me foste mostrar!
      Eu compreendo o que dizes, toda a gente me diz o mesmo, que raramente usamos estas peças, que ficam na cristaleira montes de tempo mas acho que não seria a mesma coisa se eu não tivesse estas peças. Adoro-as!

      Quanto à máquina de lavar loiça, raramente uso-a, na verdade acho um desperdício de tempo: arrumar a loiça toda por ordem na máquina, pôr o sabão, esperar que seja limpo, voltar a tirar a loiça [e aquele cheiro a quente e a detergente quando abrimos a tampa da máquina? odeio], e como somos só eu e o M. acho que é um desperdício ligarmos a máquina para a lavar a loiça de duas pessoas. Ou então vamos ter que juntar a loiça toda de uma semana para pôr a máquina a trabalhar lol.

      Obrigada pelas dicas ;)

      Eliminar
  5. Olá Anne, vou compartilhar a minha experiência sobre louças: Tal como vc, tenho dois serviços, o casa alegre do dia a dia que fica na cozinha, tudo arrumadinho, tudo à mão. E tenho o Vista Alegre caríssimo, tudo arrumadinho na sala, num móvel apropriado para isso, é lindo e nada antiquado. Uso a louça da sala na sala e a da cozinha na cozinha. Ah, e talheres também, e copos, claro. Travessas idem. Não fica nada mal que uma pessoa gaste o dinheiro que ganhou naquilo que quiser. Vergonha é pedir financiamentos para viver em um padrão que claramente não pode. Conheço montes de gente assim, come angu e arrota peru...
    Amo ser bem recebida na casa das minhas amigas, amo quando elas usam a louça da sala como se nada fosse, sem cheiros a guardados e tudo fora das caixas. Faço o mesmo aqui em casa e detesto quando vem alguém aqui e quer tomar chá fora da xícara.
    Cada um faz como quer, e principalmente como pode. Nem pense que vc vai conseguir ter tudo antes de casar, sempre vai aparecer alguma coisa a mais!!! (ainda bem...)
    Invejosos nunca faltam, principalmente anónimos, ou talvez sejam anónimos só para isso...
    Beijos e aproveita esta fase sensacional, que é preparar a casa.

    ResponderEliminar
  6. Eu sou sincera, se casasse agora, não compraria nada disso, já vivo fora da casa dos pais, e sei que não uso nada disso! Mas lá pelos meus Alentejo, há cultura de enxoval, já mo fazem desde peuqena, dificil era conter a minha avo de comprar o edredon de casada qdo tinha os 15 anos (pk dp passa de moda e fica arrumado), mas como minha mãe ainda nem usou as coisas do enxoval dela, vou ficar com alguns serviços "vintage", tenho na boa 3 faqueiros novos! A mãe do meu namorado é igual, tem montes de coisas que não usou! e ja até ofereceu o quarto do filho, posso levar o filho e a mobilia, lol! Enfim, quem não tem e pode comprar, acho bem que compre se gosta, quem não pode comprar, nao vale a pena esse esforço no inicio de um vida em comum, e claro quem não gosta não compra! Eu sei que fiz um conjunto de copos de cristal (champanhe, vinho, sumo e agua), do jornal correio da manha, só porque sim, mas entao são lindos! E nem namorava na altura! Força na maionese, se pode comprar ( e tem onde colocar e usar), compra! Agora acho que cada um desse serviço, merece um toalha de mesa e guardanapos a combinar!

    ResponderEliminar
  7. Qual o nome do serviço de café vista alegre? É lindo!!! Procurei na loja online e n encontro. :( Obrigada!

    ResponderEliminar
  8. Tudo tão bonito e delicado. É muito bonito o carinho da tua mãe em querer como se diz aqui cuidar do teu enxoval. Eu já sai de casa há 11 anos e ainda hoje as melhores loiças e peças de decoração que tenho foram todas oferecidas pela minha mãe:)

    ResponderEliminar
  9. Gostava só que alguém me explica-se o pqé de qdo alguém n se identifica com um post que a autora do blog faz isso ser smp conotado como "inveja"? Eu frequento o blog ,pq gosto, mas existem algumas coisas com as quais n me revejo e n entendo qual o "mal" disso....

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig