14 fevereiro 2014

Dos momentos mais emocionantes de sempre:


Fomos à Disney no sábado, dia em que o parque fecha mais tarde [às 21h] e ao final do dia, já mortos e estafados, íamos em direcção à saída do parque quando percebemos um certo movimento em frente à praça central [mesmo em frente ao Castelo da Bela Adormecida] e perguntámos o que se passava. 

Estavam todos à postos para assistir [ao frio, diga-se de passagem] ao Disney Dreams, um evento de luzes e fogos de artifícios que marca o encerramento do parque [acontece todos os dias]. Juro-vos que não dei muito crédito, pensei: "oh, já que estamos aqui, vamos assistir." mas não estava assim muito entusiasmada [e o frio era de gelar uma pessoa]. 

Quando aquilo começou, foi incrível, pessoas! O castelo, outrora rosa e azul, transformou-se num arco-íris de cores, de fogos de artifício, de fumo coloridos... Imperdível, mesmo! É claro que eles puxam um bocadinho mais pelos personagens franceses [faz sentido] como o Ratatouille, o Lumière da Bela e o Monstro e o Quasimodo do filme O Corcunda de Notre Dame mas ao longo do show vamos vendo trechos de outros clássicos da Disney [Rei Leão, Bela e o Monstro, Cinderela, Rapunzel...] e a emoção foi demais. Toda a gente deveria poder vivenciar esta experiência ao menos uma vez na vida. Fica para todo o sempre. Inesquecível.

P.S: O final do vídeo mostra outro momento super especial para mim: presenciar a Torre Eiffel a piscar [nos primeiros 5 minutos de cada hora noturna] do alto da esplanada do Trocadèro, quase as 22h. Eu e um monte de gente, de todos os lugares [ouvi sotaque dos quatro cantos do mundo], todos ali, reunidos, para verem a Dama de Ferro parisiense iluminada. É verdade que já tinha visto a Torre a piscar em outras ocasiões mas nunca me vou cansar. É fantástico!

SHARE:

5 comentários

  1. Pois, Anne, é tudo muito bonito e "Toda a gente deveria poder vivenciar esta experiência ao menos uma vez na vida." mas... nem toda a gente tem o teu dinheiro. E infelizmente, para vivenciarmos estas coisas, só mesmo com dinheiro no bolso. Vida injusta...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este tipo de comentário era desnecessário, mas prontos parece que a felicidade de uns incomoda outros.
      Se podes Anne deves aproveitar a vida. O dinheiro que gastas é fruto do teu trabalho e ninguém tem nada a ver com isso.
      Eu também gostava de levar a minha filha mas se não o fizer não vai ser por isso que ela vai ser menos feliz.
      Temos de saber viver com aquilo que Deus nos dá.
      Bjs

      Eliminar
  2. Temos de saber viver com aquilo que temos OU correr atras para termos o que desejamos! Caso da família da Anne que imigrou numa situação muito difícil (logo apos o sequestro da mãe dela e acredito que sem muitos planos para isso) e veio para Portugal com pouco, e ao fim de uns anos de trabalho tiveram a devida recompensa. Muito merecida!!! A vida não é injusta não senhora anónima, mas, como já vi escrito, AQUELE QUE NÃO LUTA PELO FUTURO QUE QUER TEM DE ACEITAR O FUTURO QUE VIER. Por isso, ou luta em vez de vir para blogs cantar a cantiga da coitadinha que até lhe fica mal, ou aceita.

    beijocas Anne e obrigada por partilhares connosco estes momentos e compras fantásticas! :)

    Marta M A

    ResponderEliminar
  3. Muito bom! estou a adorar as novidades de Paris! Só não gosto desta letra!! A outra era mais escura,fazia mais contraste!!

    ResponderEliminar
  4. Olá Anne, queria perguntar se ficas-te novamente nos apartamentos de Bobigny, vou a Paris e por tua indicação reservei via Booking. Continua sendo uma boa aposta, mesmo para ir à Eurodisney? Fico a aguardar uma resposta tua. Bjs.

    Maria F C

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig