30 abril 2014

O meu cérebro vai dar um nó...

Andamos super indecisos em relação ao destino da lua-de-mel. E temos que decidir até, no máximo, dia 5 de Maio (daqui a menos de uma semana) porque o M. vai estar as duas próximas semanas em Londres (por causa da apresentação de um novo software) e depois entramos na época alta das viagens de verão e é um deus-nos-acuda. E os preços, obviamente, disparam.

Casamos no início de Setembro e, como tal, queremos ir de férias logo a seguir (mas demos uma tolerância de uma semaninha, para o caso de haver diferenças brutais de preços entre uma semana e outra). A questão é que ele quer ficar a jiboiar durante duas semanas, só quer saber de praia, piscina e resorts. E eu acho que vai me dar um fanico qualquer, porque adoro agitação, sair pra bater perna (mas também gosto de uma boa praia). Posto isto, vamos a votos:

As escolhas dele:

- 1 semana nas Maldivas em Jacuzzi Water Villa (as cabaninhas dentro da água) - e sim, nesta opção só dá mesmo para ficarmos uma semana, o valor que nos pediram é um balúrdio (6.527€ para ser mais exacta)! Mas tendo em conta que só dois destinos no mundo possuem esse tipo de alojamento (e o outro é a Polinésia Francesa, que está muuuuito acima das nossas possibilidades - deram-nos um orçamento de 11 mil euros, só a título de exemplo), acho que até é capaz de valer a pena. Mas não há rigorosamente nada para fazer no atol, para além de praia. Aquilo é só água, no terceiro dia já eu estou a bufar de tédio, aposto.

- 2 semanas na Jamaica: Ahh, o paraíso, diz-me ele. Eu torço o nariz, que não curto nada dessa onda do reggae, a vibe "Bob Marley" da coisa (não desfazendo do senhor, mas não é mesmo a minha praia), enfim... E ouvi coisas muito negativas em relação ao hotel que queremos ficar (Bahia Principe), por isso, não sei.

As minhas escolhas:

- 2 semanas na Riviera Maya: Sou louca para conhecer o México, acho um país com uma combinação fabulosa de praias incríveis e muita cultura. Desde que uma amiga foi de férias para lá, há uns anos, que fiquei com outra idéia da Riviera Maya. Aquilo é um paraíso e o regime de tudo incluído nas Caraíbas é mesmo à grande. E com a vantagem de podermos fazer excursões para Xcaret, Chichen Itza (deve ser imperdível) ao mesmo tempo em que alternamos cultura com praia. Perfeito.

- 4 noites em NYC + 5 noites na Riviera Maya: Essa escolha sim, seria ouro sobre o azul. Podemos ter o melhor dos dois mundos, assim de uma enfiada só. Mas ele queixa-se, que vou passar os dias em NYC enfiada em lojas, a comprar este mundo e o outro (que injustiça) e que vai ser uma seca descomunal.

Não sei o que faça, sinceramente. Não quero um sítio só com água por todo os lados, sem nada de especial para fazer a não ser contar quantos peixes passaram por debaixo da minha cabana. Precisava de uma ajudinha. Quem já foi a algum desses sítios poderia fazer o enorme favor de deixar cá uma opiniãozinha? Só assim naquela de dar uma luz aos mais necessitados. Sim? ;)

SHARE:

51 comentários

  1. Ainda não fui a nenhum, mas tenho cá para mim que NYC e Riviera Maya é a combinação perfeita para vocês os dois porque mistura um pouco de tudo o que gostam! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era capaz de ser boa idéia se pudéssemos passar uma semana (no mínimo) em cada sítio. Como seria a minha primeira vez em NYC, cinco dias são poucos e se pensarmos bem, não vai dar para ver nada de jeito e andar de um lado para o outro não é bem uma verdadeira lua-de-mel.... =/

      Eliminar
  2. Por mim, NYC e Riviera Maya! Eu já fui duas vezes a NY e também pensei que me ia perder em compras, mas nem por isso! Não achei as lojas nada de especial (nada que não haja na Europa, pelo menos dentro do meu estilo - excepto a Victoria's Secret, nessa sim, perdi-me!) e nem sequer senti vontade de ir explorar muito. Há tanta coisa para ver e fazer, é uma cidade fantástica!!! E também adorava ir ao México, acho que quando me casar é para lá que vamos :) Por outro lado, essa experiência nas Maldivas deve ser o máximo... e a lua-de-mel é a ocasião ideal para isso ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rita, a nossa escolha final ficou mesmo entre Maldivas e México (mais para as Maldivas, confesso) mas quando soubemos de um desconto brutal (70% no acompanhante) não conseguimos resistir. Maldivas há sempre, descontos destes não :P

      Eliminar
  3. Sem dúvida a última opção: NYC e Riviera Maya!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabamos por escolher as duas semanas na Riviera Maya, porque estavam com descontos fantásticos. NYC fica para 2015 e com tempo para desfrutar da cidade sem ser a correr.

      Eliminar
  4. Eu voto no México :) estive lá e amei, sou suspeita portanto. Boas escolhas :)

    Ah e Chichen Itza é um Muuuuundo eu precisava de 2 dias para visitar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, acabamos por nos decidir pelo México. E vamos ficar duas semanas, que é para podermos desbravar tudo à nossa maneira (vamos alugar um carro) e sem correrias. Mal posso esperar! ;)

      Eliminar
  5. Olá,

    Eu fui para a República Dominicana, uma semana, na lua de mel e foi um tédio. Agora duas semanas na Riviera Maya ou apenas uma semana na Maldivas deve ser outro. Se fosse eu, também arriscaria em 4 noites em NY e 5 na Riviera Maya. Beijinhos.

    www.viajarso,blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta, pois, Republica estava fora de questão por ser inseguro (em termos de assaltos e afins) e eu morro de medo de sítios assim (já me basta o Rio de Janeiro... e saí de lá precisamente pela violência). E além disso, só há mesmo praia e mais praia, logo, impensável para mim. As Maldivas foram uma hipótese, pelo ar exótico da coisa e por ser o preferido do M. Mas acabamos por ficar as duas semanas na Riviera Maya (vamos alugar um carro para fazermos Cancún, Playa del Carmen, Tullum, queremos também conhecer a ilha Cozumel, enfim... há uma série de coisas que queremos fazer por nossa conta). Beijinhos e obrigada pela dica ;)

      Eliminar
  6. Olá Anne,

    Na minha opinião eu escolhia em primeiro lugar as 2 semanas na Riviera Maya. É um destino que adorava ir e tem os dois mundos: praia/resort e parte cultura. Quando fiz a minha lua de mel gostava de ter ido para a Riviera Maya mas não na altura (9 anos atrás) não conseguimos ir e optamos por 1 semana em Paris (que foi um maravilhoso).

    Senão quiserem a Riviera Maya, eu optava pela tua 2ª opção: 4 noites em NYC + 5 noites na Riviera Maya. Já estive em NYC e adorei. Fiquei com vontade de regressar.

    Como podes ver eu partilho mais das tuas opções. Não sou muito de estar 2 semanas de papo para o ar! Começo a ficar nervosa por estar tanto tempo parada, apesar de gostar imenso de praia/resorts.

    Boa sorte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, nós escolhemos as duas semanas na Riviera Maya e a cada vez que pesquiso informações na net, fico mais animada (e ansiosa), toda a gente que foi parece adorar e dizem mesmo que aquilo é um paraíso! Paris também é fantástica, já lá estive três vezes e é sempre diferente, amo a cidade. Mas desta vez queríamos mesmo sair da Europa e procurar águas mais quentinhas e praias turquesas ;)

      Eu também fico farta de estar tanto tempo a jiboiar, preciso de passear e conhecer coisas interessantes senão... morro de tédio!

      Eliminar
  7. Eu sem dúvida que escolheria NYC + Riviera Maya. Como 2a opção talvez Jamaica...

    Detesto o conceito dessas férias de resort + tudo incluído, que são iguais quer seja no México, em Cuba, ou noutro sítio qualquer. É algo super turístico, nada tem a ver com o país em questão, tudo é fabricado para conceber aquele "paraíso" para os turistas que pagaram balúrdios para ali ficar, quando, por muito menos dinheiro (já que esses países, fora das "áreas reservadas a turistas", têm um nível de vida baixo e são bastante baratos), podiam fazer uma viagem auto-organizada e conhecer esses países a sério (e não nessas excursões de um dia - que são pagas à parte - onde levam as pessoas a uma demonstração qualquer duns locais a dançar com trajes tradicionais e tentam vender a ideia de que isso é a cultura local).

    Jamais faria umas férias assim e acho também que ia morrer de tédio porque mesmo em Portugal é difícil passar 1 dia inteiro na praia, quanto mais uma semana num sítio onde não há mais nada para além disso :) gosto apenas de ir por umas horas/meio dia à praia, pois farto-me rápido.

    Com o meu namorado seria fácil chegar a um consenso, temos ambos a mesma forma de viajar e os mesmos gostos quando em viagem (eu raramente entro em lojas), nunca tivémos dúvidas quanto aos destinos a escolher... com vocês parece haver uma abissal diferença de preferências, têm de tentar escolher algo que agrade aos dois (acho que nenhum comentário que aqui possamos fazer irá ajudar, porque vamos basear-nos nos nossos gostos pessoais, que diferirão dos vossos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto às férias de resort+tudo incluído, será também a nossa primeira vez fora de Portugal (por cá, sempre que vamos ao Algarve optámos por algo dentro desta modalidade e é um descanso, adoramos). Como as nossas últimas viagens têm sido para sítios muito cosmopolitas, grandes capitais européias (Londres, Paris, Madrid, Roma), desta vez queríamos mesmo sair da Europa mas queríamos um destino de praia e também alguma cultura. O facto de ser um resort é óptimo porque fica mesmo em frente à praia, com piscinas para dias em que a preguiça é muita e adoro o facto de ter todas as refeições incluídas (o que não significa que vamos comer lá sempre).

      Tens razão, muita coisa é fabricada para vender a idéia de "paraíso" que em nada condiz com a vida da população local mas... não é assim em 'quase' todo o lado? Nas Maldivas, por exemplo, os resorts são totalmente artificiais, os locais só vão lá para trabalhar, enfim... Isto é só um exemplo. Nos hotéis de luxo do Nordestes brasileiro... tens tudo e mais alguma coisa mas a população ao redor vive na mais profunda miséria. Sou incapaz de estar fechada num resort sem conhecer as cidades envolventes, se fosse para estar só na piscina e praia, tenho muito disto cá em Lisboa.

      Vamos alugar um jipe, passear sem rumo, perder-nos nas reservas naturais, nas ilhas lá por perto, enfim... queremos aliar as facilidades de um resort com o lado selvagem do México, aquelas povoações simples do interior, mergulhar com tartarugas, conhecer as grutas (ou cenotes), não quero ficar limitada às excursões, percebes?

      Eliminar
  8. Eu estive na Riviera Maya durante a passagem de ano. O resort era impecável, com boa comida, actividades, praia e imensas piscinas. Depois tens uma serie de pirâmides e locais arqueológicos a visitar. E há parques temáticos diversos, passeios de jipe, etc. Acho q é a mistura perfeita entre praia e actividade. Na altura não ficou muito caro porque foi organizado por uma agencia, com voo charter directo e resort tudo incluído. Nos ficamos no Gran Bahia Princepe sian'Khan. Verifica só as temperaturas para Setembro.

    Avisa se precisares de mais alguma informação :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta, obrigada pelo comentário. Nós também optámos pelo México porque apanhámos uma promoção brutal de lua-de-mel (e compramos com mais de três meses de antecedência). Também vamos com vôo charter directo para Cancún e em regime de 'tudo incluído'. Pensámos primeiramente nos Bahia Principe mas ouvimos algumas opiniões negativas (muita criançada a fazer barulho, praias cheias de corais e pedras, quartos obsoletos) e quando apanhamos a promoção para os da cadeia RIU, fechámos logo. O nosso hotel fica na Playa del Carmen, uma das melhores do México.
      =**

      Eliminar
  9. A tua última opção é péssima. Não vais conseguir aproveitar nada dos dois sítios, vais andar estafada para conseguires ver o máximo de cada um deles e isso não são férias. Vais passar 4 dias em NY para quê? Só para depois dizeres que já lá foste? NY pede, no mínimo, uma semana!

    Nunca estive na Riviera Maya, mas conheço quem lá tenha estado e realmente aquilo é mesmo muito bonito. Há pessoas que pensam que é só praia... Enganam-se! Podes aliar a praia à natureza e à cultura, neste caso a Maya que é das mais míticas e interessantes.

    Se estão a pensar fazer a vossa lua-de-mel em continente americano não se esqueçam que existe Miami, que é uma espécie de caraíbas mas com muita metrópole à mistura e sem sair daquele sítio.

    Se mesmo depois deste post ficares com dúvidas, visita o www.portaldasviagens.com. Neste fórum encontras todas as perguntas às tuas questões e ainda centenas de reports de viagens por esse mundo fora.

    Boa sorte e divirtam-se!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela ajuda, escolhemos as duas semanas na Riviera Maya! =)

      Eliminar
  10. Quando fui foi para a Riviera Maya ;) Bahia Principe.
    Acho que duas semanas tem de ser! Uma semana passa a correr, há jetlag, aquilo é animado, não se aborrecem, nem têm sequer vontade de sair do resort e ainda podem fazer várias excursões( comprem antes, não lá, senão os preços disparam).

    Resumindo: melhor que Punta Cana, mais em conta que Maldivas e afins, praia espectacular, tempinho bom, tudo-incluído à grande (dói voltar com mais 2kg)...mas de experiência digo que um casamento cansa bastante e fazer NYC + RM vais sentir que estás sempre em aviões, que não descansaste, etc...

    Para mim NYC é viagem de uma vida, com tempo, muita energia para bater perna.

    ResponderEliminar
  11. apesar de todos os sítios serem fantásticos, escolheria nyc e riviera maya! nada melhor que aliar cultura com fériazinhas na praia!

    xoxo,
    andy

    ResponderEliminar
  12. Riviera Maya, 2 semanas, é mesmo o que queres... estive 7 noites, alternámos passeios com praia e quero muito voltar...

    ResponderEliminar
  13. Desses destinos só conheço NYC e é, de facto, um destino inesquecível, pelo que a solução cidade + praia deve ser o ideal :).

    A minha lua de mel foi em Pequim e também posso dizer que foi inesquecível, mas sim.... não há praia :).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está, finalmente, um destino de considerar! Este pessoal que pouco viaja e quando o faz é para se espetar num resort do outro lado do mundo, mas depois é capaz de comentar que quem vai passar uns dias a Paris "tem imensa sorte" (lol), são uns pobres de espírito. Depois andam lá todos a dançar a conga com o animador musculado que sustenta a família com as gorjetas que os europeus lhe deixam, que tristeza de férias...

      Eliminar
    2. LOLOL pouco viaja? Quem acompanha o blog da Anne sabe que ela nunca fica mais de três meses sem viajar para qualquer lado (fora de Portugal - e já nem falo das escapadinhas de fim-de-semana). Pelo teu comentário, deduzo que sejas uma pessoa muito viajada, sempre em viagens intercontinentais e cheia de experiência para dar e vender. Estou certa?

      Não dá para comparar as viagens bate-e-volta como Paris, Londres, Barcelona com Maldivas e Riviera Maya. As vezes as pessoas querem só um sítio com boa comida, tempo bom e praias paradisíacas para descansarem sem grandes invenções. Para uma lua-de-mel, acho perfeito.

      "depois andam lá todos a dançar a conga com o animador musculado que sustenta a familia com as gorjetas dos europes" só demonstra um imenso preconceito da tua parte e realça que nunca deves ter posto os pés para fora de Portugal (e que andas a debitar os "clichês" que lês nos livros de viagens).

      Eliminar
    3. O meu comentário não se dirigiu à Anne, que até mostra estar em dúvida quanto a escolher um destino desses, mas sim às outras pessoas que por aqui comentaram a recomendar esse tipo de férias (e outras tantas que conheço que fazem essas viagens).

      Aquilo que descrevi é exactamente o que acontece em destinos como México, Cuba, Caraíbas, Seychelles, Maldivas, Cabo Verde, etc. Se experimentasse sair do resort e ver um pouco do que se passa no país em questão (fora dessas excursões organizadas, que são mais do mesmo e tentam dar a ilusão aos turistas de que não se fez só praia e buffet, que se viu alguma coisa de relevante), ia chegar à mesma conclusão. Podia dar mais uma série de exemplos: tirar uma foto com um animal selvagem devidamente dopado qualquer ao lado, ser levado a uma aldeia "típica" tendo-lhes previamente sido vendido um saco de rebuçados para dar às crianças locais, ir a lojas pré-acordadas com o guia onde artesanato "local" lhes é vendido por valores exorbitantes, etc.

      Já estive fora de Portugal, sim, em 28 países diferentes. E apenas num deles experimentei esse tipo de turismo, com uma parte de excursão organizada que passava por várias cidades e outra de praia num resort. E jurei para nunca mais. Toda a gente sabe que as viagens em que se conhecem os locais a sério são as auto-organizadas, aquelas em que se convive directamente com a realidade dos países que estamos a visitar e não quando se fica fechado num parque temático em forma de resort e no ambiente artificial aí criado. Se a ideia é "boa comida, tempo bom e praias paradisíacas para descansarem sem grandes invenções" há disso facilmente em Portugal, ou arredores, é mesmo preciso fazer 12h de voos e gastar 2 mil euros para uma coisa assim? Por mim tanto faz, não venham é depois dizer que "estiveram no México", quando estiveram foi num resort na Riviera Maya e foram um dia ver Chichen Itza num autocarro que vos deixou a 100m da atracção e vos recolheu após tirarem uma foto típica qualquer. Porque isso não é o México. Ou, quando essa é a úncia viagem do ano que fizeram porque torraram nela dinheiro que, de outra forma, vos dava para viajar durante 3 meses por uma série de países, que quem o faz tem "muita sorte" ou que têm "imensa inveja" quando vêem as fotos que essas pessoas (eu incluída) partilham. Porque essa é a atitude de imensa gente, na verdade. E isso está longe de ser o que "viajar" significa :)

      Eliminar
    4. Na minha opinião as vossas escolhas não são as melhores.
      Jamaica é um lugar a ir e esquecer. Maldivas é óptimo, mas para 3 dias e óbvio que ninguém gasta uma fortuna por isso. NY tens muito que ver e fazer, tendo em conta que é uma lua de mel. Riviera Maya, é um lugar básico demais. Resume-se a praia e excursões daquelas que nos põem colares de flores na cabeça. É tudo muito pré fabricado para as massas. Eu pessoalmente desgosto e é enfadonho. Não é o verdadeiro México

      Eliminar
    5. Escolhe algo mais interessante! Essas escolhas são muito básicas!
      Tens Miami que tem o melhor dos 2 mundos!
      Riviera Maya é uma seca, super artificial para as massas. Comes e fazes praia o dia todo

      Eliminar
    6. Dubai! Simplesmente perfeito e bem mais interessante que essas escolhas (NY não é destino de lua de mel, de todo).

      Eliminar
    7. Anónima das 21h06, estou maravilhada com o seu discurso. Salva de palmas!
      Miriam

      Eliminar
    8. Eu não tive lua de mel... E confesso que não me fez falta. Durante algum tempo (casei há 5 anos), o que me deixava mais triste era quando as pessoas nos perguntavam onde tínhamos ido, eu dizer "ah... A lado nenhum... Ficamos por cá..."
      Hoje em dia não me arrependo mesmo nada, nem tenho vergonha. Na altura o dinheiro não abundava e estávamos a juntar para comprar a casa dos nossos sonhos, que acabamos mesmo por comprar, por isso hoje tudo me faz sentido.
      Bom, isto para dizer que não tenho sugestões para dar. lol

      Eliminar
    9. Miriam, não tem de ter vergonha nenhuma, ter uma lua-de-mel não é obrigatório, muito menos é ter de a fazer no cliché em que 80% dos casais incorre, que é ir para estes destinos "paradisíacos" e acabar numa cabana ao lado de outros portugueses a comer hamburgers e beber caipirinhas durante 2 semanas.

      Eu vivo com o meu namorado há 4 anos e, apesar de saber que nos iremos casar um dia, isso está longe de ser uma prioridade e sei que, quando acontecer, não vai ser o festim que imensa gente faz. Com esse dinheiro tirávamos uma licença sem vencimento durante 1 ano e íamos viajar pelo mundo... nem me passa pela cabeça passar 1 ano a organizar quinta, vestido, copo de água, lua-de-mel, fotógrafo, etc etc etc... nem gastar o que isso envolve (ainda que o pudesse fazer, mas tenho outras prioridades). Não temos de alinhar em tudo que a maioria faz só porque se tem uma certa definição generalizada sobre o que é o "casamento" e a "lua-de-mel" :)

      Eliminar
  14. Eu escolheria as Maldivas, acho uma aposta muito boa, ou então a Riviera Maya, porque a minha viagem de sonho é ao México.. E sou da mesma opinião que o teu futuro maridão, vais empatar tempo em lojas em NYC quase de certeza absoluta! Pensa bem, em conjunto cheguem a um consenso e vão eliminando hiposteses.

    ResponderEliminar
  15. Olá.
    Estive no ano passado na RM 7 noites.
    Este ano vou voltar, mas 14 noites :)
    Há imensas coisas para ver e fazer, não é cansativo...
    Apenas não aconselho os Bahia Princepe, devido à praia...

    CM

    ResponderEliminar
  16. Eu voto no Mexico-Riviera Maya; estive lá e amei tanto... Xcaret, Chichen Itza, Coba foram as excursões que fiz e amei, os restantes fiquei(ficámos) no Resort! E para nós foi o melhor dos dois mundos, combinar o dolce fare niente, com conhecer outras relidades e culturas!

    ResponderEliminar
  17. Tenho uma amiga que foi para o méxico de lua de mel e ADOROU! ela disse que foram as férias da vida dela. Mas que faz muito calor, que a água e paisagens são maravilhosas e que o sol é muito quente (ela e o marido são escuros e vieram feito carvão mesmo tendo gasto imenso protetor solar).
    Boa sorte na escolha!

    ResponderEliminar
  18. Olá
    Riviera Maya,sem duvida,tens praias maravilhosas, tens historia, e tens compras,não te aconselho
    a ficar nos Bahias, por causa da praia, fiquei no Barceló 15 dias adorei, havia inclusive um guia português para indicar os melhores sítios a visitar,e há tanta coisa para ver!!!

    ResponderEliminar
  19. Riviera sem duvida, guarda NYC e arredores para o ano que vem ou assim e quem sabe não arranjas dinheiro e dp ate fazes uma road trip plos EUA?
    Para Lua de Mel acho que o México é o melhor

    ResponderEliminar
  20. http://www.portaldasviagens.com/

    Pesquisa neste fórum... Tens N de reports sobre esses destinos. Talvez te ajudem!

    CM

    ResponderEliminar
  21. Boa noite, Já estive na Riviera Maya na cadeia que referes, são inexcedíveis. A praia não é nada de especial, mas tens cultura, natureza e contato com os locais, à medida que quiserem visitar e desfrutar.. No que concerne à Jamaica, estive na mesma cadeia, tinha acabado de abrir, e não tem absolutamente nada a ver com o hotel do México. A praia é tipo "cascalho", não apelativa, apesar de ter saído para vários passeios, não vim de coração cheio. Ficou bastante aquém das minhas espectativas.
    Seja onde for, aproveitem para descansar e namorar.

    ResponderEliminar
  22. Respostas
    1. Eu escolheria , se tivesse dinheiro, a Polinésia, como 2ª opção as Maldivas, e este já é um ula destino mais em conta. Qq um dos 2 destinos deve ser ótimo para lua de mel. Quanto à Jamaica e ao México só bons também , mas a R M tem muito mais cultura o q a Jamaica q é mais praia, quanto ao Hotel, eu escolheria o Sandals Withe House a 30 m de Negril, é muito mais reservado do que os Bahia .

      Eliminar
    2. Mas podes escolher um destino um pouco diferente, que tal Malásia? Eu adorei. Podes fazer cidade/ compras/ cultura ( em Kuala Lumpur) e praia na ilha Palau Langkawi ou no Palau de Penang, este último já é um pouco mais turístico, mas não conheço, ficam no Mar Andam = agua quentinha.

      Eliminar
    3. No México e na Jamaica, mais no México, tens a desvantagem de passares a lua de mel rodeada de Portugueses, não é que haja algum mal nisso, mas .... Enfim. Nas Maldivas, não deves ter esse problema, não é que eu já lá tenha ido, mas tendo em conta os preços. Agora, na Malásia, posso garantir que não tens esse " problema" e em Bali também não , mas as praias são diferentes da Malásia . O que vale é aproveitar bem, seja qual for o destino.

      Eliminar
  23. Palavra de quem ja foi a todos os lugares, tirando Maldivas. Porque nao algo na Europa? Eu fiz uma road trip pela Croácia no ano passado e foi das melhores viagens da minha vida, praia e cultura por todo o lado. Isso dos paraísos ditos tropicais para lua de mel e como se costuma dizer, overrated, cliché. Tanta coisa tao bonita e paradisiaca aqui ao lado e nao se dá valor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente! Até as Ilhas Cíes, no norte de Espanha, fazem as vezes de qualquer uma dessas praias turísticas. Com muito menos estrangeirada e confusão... já para não falar na artificialidade e "monocultura" que é criada nesses locais!

      Eliminar
  24. Eu aconselharia Nova Iorque mais uma semana numa praia, visto que os dois gostam muito de praia.
    NY é fantástica mas 5 dias é muito pouco, eu estive lá 11 e achei pouco.
    Experimentei uma vez esse conceito resort, em Punta Cana na R. Dominicana, e detestei, jurei para nunca mais. É tudo muito artificial e uma grande seca. O que safou essas férias de serem um fiasco foi o termos alugado um carro no terceiro dia, por já não aguentarmos o resort, e fomos conhecer um pouco a verdadeira República.
    Em relação a isso das compras em NY, há muita coisa lá para ver e para fazer, podes combinar com o teu marido que lojas só no último dia, por exemplo. Foi o que fiz com o meu marido.... mas no nosso caso sou eu que não suporto andar em lojas nas viagens.
    No dos comentários vi que alguém sugeriu fazerem um Lua de Mel por várias cidades europeias..... a minha foi assim e adoramos, e acredita que é muito mais romântico e ficas com muito mais lembranças do que se passares as duas semanas numa praia.
    Iris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço um casal que fez a lua-de-mel no Japão, numa roadtrip :) adorava! Tenho uma amiga que vai 1 semana para as Ilhas Gregas... tem a componente de praia e é muito menos industrializado que "alapar" num resort!

      Eliminar
    2. A minha lua de mel não foi no Japão mas à 5 anos fiz uma roadtrip no Japão durante 4 semanas.... foi fantástico!!!! É tipo a viagem de uma vida. É realmente uma excelente para lua de mel.
      Iris

      Eliminar
  25. Eu, não escolheria nenhum dos destinos que, tens em mente. Preferia fazer uma road trip pela América do Sul, ou focar-me-ia apenas num desses países, nomeadamente, Perú, Chile ou Argentina. Tailândia, Malásia ou Japão também era uma hipótese. Ou mesmo como já sugeriram, a costa Croata tem praias e ilhas deslumbrantes, com uma passagem por Montenegro.

    ResponderEliminar
  26. Anne passe pela Feira das Viagens de 9 a 11 de Maio no Campo Pequeno e pode trazer de lá algumas ideias boas....boa sorte Carmo

    ResponderEliminar
  27. Anne passe pela Feira das Viagens de 9 a 11 de Maio no Campo Pequeno e pode trazer de lá algumas ideias boas....boa sorte Carmo

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig