22 maio 2014

Comprei, usei e detestei #2

Vocês sabem que eu não dispenso uma novidade capilar e adoro tudo o que sejam novos produtos de cabelo (haja vista a quantidade industrial que tenho de máscaras, óleos, séruns e afins). Há uns tempos ouvi falar do lançamento Essensity da Schwarzkopf, uma nova linha de tratamento que promete cuidar e nutrir os cabelos tingidos [meu caso, que tenho vários cabelos brancos e sou 'obrigada' a pintá-los de dois em dois meses, sempre com coloração sem amónia, para não danificá-los ainda mais].

A linha Essensity promete reparar, hidratar e selar a fibra capilar para fazer com que a coloração dure mais tempo e que o cabelo fique brilhante e suave. Diz que contém essências puras e ingredientes naturais como romã, aloe e vera e proteína de amêndoa, para além da tecnologia Phytolipid, com óleo de marula. O que me fez comprar essa linha foi a promessa: não contém silicones, óleos minerais, parabenos, sulfatos ou fragrâncias artificiais [adoro produtos com essa vibe ecológica e tal]. E como a marca Schwarzkopf raramente decepciona, arrisquei e mandei vir a linha completa: shampoo, amaciador, máscara e sérum protector:

(Não resisti a tirar fotos na relva... adoro o jardim da nova casa. Realmente, não há comparação com um apartamento)

Na primeira vez que utilizei a linha completa (um dia antes do casamento de mamãe), o meu cabelo ficou horroroso. Seco, áspero ao toque, dificílimo de desembaraçar e eu fiquei sem perceber o que se tinha passado, porque nunca antes tinha visto o cabelo tão 'estranho'. No dia a seguir lavei com o Absolut Repair da L´oreal (amor pra vida toda) e o cabelo voltou ao normal: sedoso, brilhante e macio.

Decidida a dar uma nova chance, pedi a Vi para utilizar os produtos (e fui eu própria lavar a cabecinha dela: apliquei a linha toda) e mais uma vez, o mesmo resultado: o cabelo dela, que é fininho e super liso, ficou uma massa áspera, sem brilho, ressequido demais... Era muita coincidência acontecer o mesmo ao meu cabelo e ao dela, mas para ter mesmo a certeza, pedi a sogrinha que testasse. A resposta dela: "valha-me Deus, este shampoo é horrível, o meu cabelo parece palha, tive que lavar novamente com outro por cima, senão nem era capaz de me pentear"

Posto isto, não sei o que se passa com essa linha mas não recomendo a ninguém. Já fui ver se os produtos estavam dentro da validade (sei lá!) mas está tudo normal. É que não se salva um produto: nem o amaciador, nem a máscara, nem nada... Todos os produtos deixam o cabelo tipo palha, é incrível. Senti-me totalmente enganada com essa linha já que ela promete exactamente o contrário daquilo que faz. E não foi propriamente barato mas enfim... já não volto a cair no erro.

[a parte mais chata é que antes de comprar um produto vou sempre em busca de reviews e só li coisas boas a respeito desta linha na blogosfera portuguesa. Percebem agora o porquê de detestar as tais publicidades encapotadas? O desmanchar-se em elogios a um produto e depois... o produto revelar-se um grande falhanço? No meu caso, foram 'só' 30€ mas não deixa de ser chato.]

Já vos aconteceu algo semelhante? Por exemplo, comprarem um produto porque leram boas opiniões sobre ele e na prática... ele não ser nada de jeito? Contem-me tudo.

SHARE:

19 comentários

  1. Olá!! Não conhecia essa nova linha...e até nem simpatizo muito com essa marca.
    A mim aconteceu me o mesmo com o Absolut Repair da L´oreal... o meu cabelo ficou horrível, seco, áspero, parecia borracha e para desembaraçar era terrível...
    O que me salvou foi a mascara Masquintense da Kerastase! Um alivio!

    Beijinhos


    ResponderEliminar
  2. Credo :X Nunca vi tal coisa , é que nem a máscara nem o creme ? Separadamente?

    Kiss
    www.coisasdanadya.com

    ResponderEliminar
  3. A mim aconteceu com um shampôo que inundou os blogs há uns tempos. Um shampôo e condicionador de argila da Le Petite Marseillais para cabelos oleosos. Vi o anúncio na tv, que me chamou à atenção pela argila. Costumo lavar o cabelo dia sim, dia não e fiquei a pensar se conseguiria realmente aguentar-se um pouco mais com aquela linha. Nos dias seguintes, o mesmo shampôo apareceu em todos os blogs. Todos falavam do cheiro espectacular e garantiam que era mesmo eficaz contra a oleosidade. Ainda assim, resolvi fazer uma pesquisa internacional na net e ver que mais diziam dele. Só boas críticas em blogs estrangeiros. Encontrei uma única crítica. Já no hipermercado, quando peguei no frasco, odiei o cheiro tão elogiado nos blogs. Era horrível. Mas ainda assim, resolvi passar por cima desse pormenor e dar uma oportunidade. Grande, grande erro. Nunca tive o cabelo tão oleoso como quando usei esse champôo. Era obrigada a lavar todos os dias porque me deixava o cabelo todo nojento de tão oleoso. Experimentei várias vezes para comprovar. Quando usava outro shampôo qualquer, o meu cabelo já se aguentava os dois dias habituais. Nunca mais. Felizmente não comprei a linha toda, que aquilo até máscara tem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também me aconteceu isso com esse produto!

      Eliminar
    2. Também tenho de lavar o cabelo dia sim dia não e ponderei experimentar esse produto devido a toda a publicidade que se via em torno do mesmo. Depois passou-me da ideia e não comprei..... estou a ver que foi o que fiz melhor.....

      Sem Jeito Nenhum Blog

      Eliminar
    3. Eu também utilizei o champô de argila da Le Petite Marseillais para cabelos oleosos e foi um grande fiasco. O cabelo fica super super oleoso...

      Eliminar
    4. Uso esse e gosto muito :)
      E não me pagam para publicidade.

      Eliminar
  4. A maior desilusão, para mim, foi o Olia Garnier, para pintar o cabelo. Eu tinha, realmente, lido algumas coisas más, mas as reviews positivas falavam mesmo muito bem desta tinta. E eu decidi experimentar, já que supostamente era com óleos naturais e só com coisas boas e renhonhó pardais ao ninho. Resultado: o meu cabelo ficou super seco, fiquei com uma queda de cabelo brutal e ainda fiquei com o cabelo todo manchado, houve zonas em que a tinta agarrou demasiado e noutras parece que nem sequer pus tinta - e atenção, já pinto o cabelo em casa há bastante tempo e fica sempre bonito. Passados uns meses, continuo a fazer tratamento anti-queda - já está bem melhor - e ainda não consegui pôr o cabelo da cor que realmente quero porque ficou com zonas muito escuras e vai ter de ser aos poucos para não danificá-lo mais. Definitivamente, vou começar a ter mais atenção às reviews negativas!

    ResponderEliminar
  5. Concordo anda ai muita publicidade e POR LEI tem de ser informado que é. Mas anne eu vi que testaste em 3 cabelos mas mesmo assim se calhar ha gente que gosta eu por exemplo n me dou com esse da loreal que gostas. mas é importante deixar a opiniao quando nao se gosta tambem. bjo

    ResponderEliminar
  6. Já aconteceu comigo mas com a linha da TRESemmé. Toda a gente fala maravilhas desta linha e eu não acho nada de especial.
    Agora estou a usar a linha da L'OREAL mythic oil e estou amar.
    Não conhecia essa linha mas se aconteceu o mesmo com 3 pessoas o melhor é colocar de lado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comigo é igual! TRESemmé e Syoss são lixo!

      Eliminar
  7. Sim! Aconteceu uma vez! Aliás, sempre que queria experimentar um produto novo, costumava procurar por reviews em blogues. Achava que eram mais fidedignas, sei lá. Lá arriscava a comprar o produto e dei-me mal uma vez, que para mim foi suficiente. Deixei de acreditar nessas reviews até porque comecei a ver textos iguais (ou muito semelhantes) em vários blogues e para mim, tira qualquer credibilidade a algum produto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veja antes reviews em sites tipo amazon, são de utilizadores que compraram mesmo o produto e bem mais fiáveis que as de bloggers!

      Eliminar
  8. Tem truque! Pelo menos por aqui, gosto. Gosto mesmo, de verdade. Mas numa condição específica: quando decido manter o cabelo ao natural por tempo indefinido. Não uso mais produtos nenhuns (a não ser um champô de limpeza antes de enveredar nesta rotina), só essa linha. Os caracóis ficam mais definidos e não tenho queixas a fazer. Não consigo optar por uma rotina "no poo" e a linha Essensity tem o que procuro. Se utilizar outros produtos, nomeadamente os que estão carregados de silicones, acontece o que descreves se utilizar a linha Essensity sem antes fazer uma boa limpeza. Não sei se me fiz entender, mas é isto :P

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Adoro o facto de seres tão sincera (o que sabemos que nem sempre acontece na blogosfera) :)

    ResponderEliminar
  10. É verdade que há muitas bloggers que fazem reviews positivas e depois na verdade vamos a ver e os produtos não são o que elas dizem, mas também é verdade que cada pele e cada cabelo são únicos. Tal como já li aqui nos comentários há até quem use esses produtos que falaste e se dê bem, e no entanto tu experimentaste em três pessoas e não correu bem. Acho que as coisas não são tão lineares assim. Muitas vezes as pessoas também vão a correr comprar tudo o que as bloggers dizem sem se informarem se é adequado para elas próprias.
    Como por exemplo a leitora que fala da tinta Olia da Garnier, provavelmente deve ter feito alguma reacção ao produto ou a algum componente porque ao ponto de lhe cair cabelo e tudo, não é o produto que é assim tão mau porque a minha mãe usa e correu sempre tudo bem até agora :) Não se pode agora correr a meter as culpas nas bloggers só porque se experimentou um produto e o efeito não foi o mesmo que a blogger disse como se ela estivesse a mentir. As coisas não são bem assim.
    Eu raramente faço reviews negativas no blog, a não ser quando já falei imenso de um produto e estou toda entusiasmada e depois vai-se a ver e aquilo não corre bem. Caso contrário não falo bem nem mal, simplesmente não falo. Se calhar há gente que preferia que eu falasse mal quando não gosto, mas a verdade é que muitas vezes eu não gosto por razões pessoais (por exemplo eu sou super sensível a cheiros, há produtos que não chego a usar ou uso uma vez e nunca mais consigo por causa do cheiro e até são produtos bons que outras pessoas usam e adoram) e acho que ao ir fazer uma crítica negativa nestes casos posso estar a comprometer as vendas e a imagem de uma marca só porque eu sou sensível e não consigo usar determinadas coisas. Há que ter um bocadinho de bom senso, e por isso decidi então evitar reviews negativas a não ser que haja uma razão forte para as fazer, e falar apenas dos produtos que gosto. Os outros ignoro. Por isso se algo estiver super na berra na maioria dos blogs e nao me virem a falar nisso, provavelmente foi porque eu não gostei :p Um beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconteceu - me o mesmo com a gama de cabelos pintados da Elvive, deixava-me o cabelo bastante seco e difícil de pentear... No entanto passado algumas utilizações o meu cabelo começou a "reagir" de maneira diferente e agora gosto bastante do produto :)

      Eliminar
  11. Desculpem mas eu odeio este champo de argila verde da Petite Marseille. Comprei em promoção no continente a pensar que fazia um bom negócio visto que estava a 1.95 euros. Enganei-me redondamente! Para me pentear é um castigo. Já arranquei quase metade da peruca por causa disto. Não aconselho mesmo nada. O cabelo fica tão desidratado que nem dá para colocar uma escova ou pente para desembaraçar. Pessimo!

    www.worldmobiledatabases.com
    www.revenderyodeyma.com

    ResponderEliminar
  12. Qual tonalizante vc usa para pintar e cobre bem os cabelos brancos?

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig