06 maio 2014

Da felicidade:

Há meses que a minha mãe só falava num assunto: uma vivenda. Com o meu casamento à porta, mamãe já só fala numa coisa: netos, o que ela quer é netos (valha-me Deus) e sempre idealizou aquela coisa da avó querida, que mora numa vivenda com jardim, piscina e o escambau, onde o neto não quer sair de lá por nada, e essas palermices todas. E vá de querer uma vivenda. E tem que ser vivenda: "eu quero é espaço para o meu neto brincar à vontade" e eu abano-a e pergunto de que raio de neto está ela a falar. "Ai mas eu preciso de uma vivenda, aquilo é outra liberdade, aquilo é que é, ter uma vivenda para sentar-me no jardim, poder lavar o carro à mangueirada e fazer churrasco todo fim-de-semana." (essa parte sou eu a gozar)

Brincadeiras à parte, a ideia da vivenda não saia da cabeça da minha mãe. Há uns meses pôs o nosso apartamento de Lisboa à venda  e no início de Fevereiro vendeu-o. Pronto, foi o que bastou. Começou a busca desenfreada pela tal vivenda. E depois de dois meses de procura, chegou a casa esbaforrida e de olhos brilhantes: encontrei a nossa casa! É linda que só ela, está ainda em fase de acabamentos mas o construtor consegue entregá-la no início de Maio!"

Desse dia até a entrega das chaves e a celebração da escritura foi um tirinho. Há tempos não via a minha mãe tão contente e empolgada! E quando os nossos estão felizes, nós ficamos radiantes!


E como seria de se esperar... já fizemos uma visitinha à IKEA para comprar móveis novos. E agora vem a parte chatinha que morar numa vivenda implica: pôr alarmes em tudo, arranjar um corta-relvas para manter o jardim em condições e avisar a nova empregada que agora já não são dois pisos para limpar e sim... quatro! [mas a melhor parte vem agora: é que a vivenda da minha mãe fica a menos de 10km da minha nova casa. E saber que a tenho mesmo ao virar da esquina é cá das melhores sensações do mundo!]

SHARE:

16 comentários

  1. Uma vivenda de 4 andares para viver a tua mãe e a tua irmã (suponho que o irmão, com a idade que tem, deva sair em breve também)? Não parece fazer muito sentido.

    Vocês adoram mudanças e compras de móveis e tralhas de um lado para o outro! Só a quantidade de vezes que já te vi aqui escrever sobre isso... eu nos últimos 4 anos mudei 4 vezes de casa (porque vivi em várias cidades), escolhi sempre casas já mobiladas e equipadas, mas, mesmo assim, há sempre coisas para comprar e já estava fartinha de mudanças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, o meu irmão já vive no apartamento dele desde o ano passado (apesar de estar todos os fins-de-semana lá em casa), eu saio de casa em Setembro e... em Outubro a casa já estará com os moradores definitivos: quatro pessoas (e talvez cinco, caso a minha avó aceite a minha súplica e venha viver definitivamente em Portugal). Portanto, sim, faz sentido para nós.

      Nós adoramos mudanças? Não, a questão aqui não é "adorar" mudanças mas sim perceber que a vida nem sempre é tão linear como nós queremos e há que nos adaptarmos. Nos últimos três anos mudamos duas vezes de casa (a primeira foi da expo para cascais, por motivos de trabalho da minha mãe. A segunda foi de cascais para oeiras, quando abrimos cá a empresa). Nada de anormal, portanto.

      Mudar para uma casa mobilada e equipada nunca fez parte dos nossos planos, gostamos de escolher cada detalhe da casa (que é, no fundo, o nosso lar), queremos dar o nosso 'toque' pessoal nos cómodos e é um prazer do qual não abrimos mão. É chato mudar de casa? É. É uma seca estar a encaixotar as coisas todas? Claro que sim. Mas o resultado compensa para nós. São formas de encarar a vida. Viver numa casa aconchegante e decorada ao nosso gosto é essencial para nós.

      Eliminar
  2. Aiii a tua mãe parece um sonho credo! Que inveja boa :D
    Quem me dera que a minha fosse assim :D

    Depois da casa vem ...o cãozinho de guarda :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ouço essa frase de todas as minhas amigas ehehe, isso quando elas não dizem "a tua mãe quer adoptar-me?" LOL
      Felizmente, tenho uma mãe maravilhosa e temos uma relação fantástica ;)
      O cãozinho já temos (neste momento, já é um cão enorme e gorducho) e sim, ele andou feito maluco na nova casa, a correr e a cheirar tudo. Adorou.

      Eliminar
  3. Hmmm q bom! Mas, fiquei curiosa, quem são as 4 pessoas? Mãe, Vitória e as outras duas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo pessoas, não querem saber mais nada?
      A curiosidade matou o gato, vamos lá respeitar a privacidade alheia

      Eliminar
    2. Vá, só falta quererem saber a cor das cuecas da Anne! Não há paciência para vos aturar, a sério. O que é que interessa saber quem vai morar na casa? É óbvio que será a família dela ou acham que vão sub arrendar os outros pisos? É muita palermice junta.

      Eliminar
    3. Não vale a pena dizer quem são as outras pessoas, não as conhece de certeza ;)
      E além do mais, este blog não é uma novela para ser acompanhado 'capítulo a capítulo' apesar de muitos insistirem nisso, quando sequer gostam do que cá escrevo. Não percebo, será uma nova tendência masoquista? Enfim...

      Eliminar
  4. e quem sao as 4 pessoas que vão lá morar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o cao e o gato :/

      Eliminar
    2. É mesmo só o cão, não sou amante de gatos :P

      Eliminar
  5. Se a minha mãe fosse assim eu voltava pra casa!
    Tipo mama saiu 1 mas voltamos 4 eheheh.
    Que bom que a tua mãe pode fazer estas mudanças no país com crise, é muito bom qd trabalhamos mas vimos o esforço compensar.
    Eu já mudei de casa 3x e sinceramente adoro planear cada divisão, para mim a parte chata é ter os €€€€ curtos.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahaha nem imaginas o que me está a custar sair da casa da minha mãe...
      É uma delícia quando temos uma casa vazia em mãos, é tipo uma tela branca onde podemos pôr o que quisermos e dispomos os móveis da melhor maneira, pensar em detalhes... adoro!

      Eliminar
  6. Vivenda dá mais trabalho, mas compensa tantooo :) Aposto que o Rio vai adorar :D
    Agora é que vai ser ainda mais difícil saíres da casa da tua mãe eheheh
    Ficamos à espera dos detalhes da futura decoração ^^
    Beijinhos***

    ResponderEliminar
  7. É tão bom realizarmos os nossos sonhos. Já morei numa vivenda e apesar de dar muito trabalho nas limpezas e manutenções e implicar mais gastos, fui muito feliz. E agora que voltei a morar num apartamento só sonho com o dia em vou poder voltar para uma moradia. As maiores felicidades na casa nova.

    ResponderEliminar
  8. É ao lado do oeiras parque?! Eu conheço essa portaaaaaaa! A tua mãe vai ser minha vizinha!!! :D

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig