13 maio 2014

E não é que é verdade?

Muitos perguntaram-me o porquê de ter passado a moderar os comentários (coisa que, em três anos de existência na blogosfera, nunca precisei fazer - até agora) e a resposta é até bem simples: não admito que falem dos meus. Não aceito que pessoas que não me conhecem de lado algum (a não ser deste blog, que é só uma ínfima parte - talvez a mais fútil - daquilo que sou) se achem no direito de vir criticar a minha família.

Quando falam de mim é para o lado que durmo melhor. Que me chamem mimada, imatura, que digam que sou uma fútil, uma put* que prendeu o M. pelo sexo (ahahaha esta é mesmo a melhor, adoro!), que nunca movi uma palha na vida e caiu-me tudo do céu porque tenho uma família bem-sucedida (e não sabem da missa a metade...) é coisinha que não me aquece nem me arrefece. E hão de reparar que publico todos os comentários deste género: os insultosos, os mentirosos, os nonsense... está tudo aqui, escarrapachadinho que eu realmente não me incomodo (e este blog seria uma chatice se toda a gente dissesse 'amén' a tudo o que escrevo). Mas para tudo há limites. Podem criticar, podem discordar, mas façam-no com educação. 

Acham que eu, enquanto leitora de vários blogues, também não tenho vontade de chegar num deles e dizer que acho aquela roupa horrorosa? Ou que a autora teve uma atitude num determinado post que eu achei absolutamente desprezível? Mas na blogosfera, tal como na vida, existe o bom-senso. O tacto. A educação. A sensibilidade. Conceitos que há muito se perderam, eu bem sei, mas ainda há muita gente que não abre mão deles. Eu incluída.

SHARE:

6 comentários

  1. E é por isto que gosto de ler o teu blog. Que eu tenha visto nunca perdeste a postura e isso, na blogoesfera, é uma mais valia!

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente ! Hoje em dia faltas de respeito e de educação infelizmente é o que não falta !

    ResponderEliminar
  3. há pessoas que não têm bom senso mesmo

    ResponderEliminar
  4. A verdade é que as pessoas hoje em dia com a mania da frontalidade esqueceram-se dos conceitos que a Anne enumerou. A linha de separa a frontalidade da falta de educação é muito tenue, e é fundamental saber distingui-la. Gosto muito da sua postura Anne. Beijinhos. Não se preocupe "Os cães ladram e a caravana passa"

    ResponderEliminar
  5. Vantagens e desvantagens de se ter um blog...

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig