03 agosto 2014

Uma carga de trabalhos... [e ao mesmo tempo, tão bom]

De manhã recebemos o senhor da Worten, um querido, que foi levar-nos o frigorífico, a máquina de lavar roupa e a televisão. Instalou-me a máquina da roupa [que eu de canos e tubagens não percebo nada e o M. estava no supermercado] sempre com um sorriso no rosto e uma simpatia pouco comum nos entregadores em geral. Adoro pessoas assim, que fazem o seu trabalho sempre com simpatia.

À hora do almoço foi o senhor entregar e montar a cama. A minha sogra conhecia uma fábrica de móveis em Torres Vedras que faz móveis fantásticos, camas estofadas e tudo do jeitinho que quiséssemos [e não, não tinha preços exorbitantes]. A nossa é estofada com botões, tem 1,60x 2 metros, que era mesmo a medida que queríamos [adoro cama espaçosa porque tenho mau dormir e vez ou outra acordo com a cabeça nos pés da cama - não sei como, mas é verdade].


E no final da tarde foi altura de dar a última 'demão' nas pinturas da sala e do nosso quarto. Na sala decidimos pintar uma parede de cinzento mas queríamos um cinzento invulgar, assim com um toque de azul, para deixarmos as restantes paredes brancas. O resultado foi óptimo e a nossa parede cinzenta ficou linda, perfeitinha e com um tom super vibrante [escolhemos esta cor - depois mostro-vos mais em pormenor a parede da sala].

cenário de guerra: tinta, plásticos, caixas, fitas, rolos... socorro!

Para o nosso quarto, como a cama é branquinha e a cabeceira merece um destaque especial, quis uma cor que já havia 'habitado' no meu quarto e pela qual sou completamente apaixonada: o tal do azul 'tiffany', aquele azul puxado para o turquesa. Não foi fácil de acertar a cor e tivémos que misturar duas tintas diferentes: o branco acetinado e este azul. Mas ficou lindão e valeu a pena o trabalho de alquimista ali a acertar o tom :)

Amanhã vamos fazer a limpeza geral, terminar de pôr o papel de parede no corredor e na segunda-feira... dá-se a mudança propriamente dita e os móveis começam a chegar. Tão bom! Estou cansada, cheia de salpicos de tinta nas pernas mas vale a pena porque está a ficar tudo como nós queremos e nada como uma casa com a 'nossa cara', não é?

P.S: Não querendo ser egoísta [mas já sendo], fiquei ligeiramente 'feliz' ao ver que hoje o tempo esteve murcho porque nada pior que andar em trabalhos de pintura e limpezas com um mega sol lá fora e toda a gente de na praia. Pronto, não me batam...

SHARE:

2 comentários

  1. Adorei as almofadas!´

    Assim que vi este post http://www.glimmerleblonde.com/2014/08/do-branco-para-o-preto.html#more e achei que seria útil!!!

    ResponderEliminar
  2. Anne sempre compraste casa ou optaste pelo aluguer?

    Beijinho

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig