09 novembro 2014

A dona de casa perfeita #3

Acho que nunca na vida pensei vir a proferir esta frase mas a verdade é que... estou a adorar essa coisa de 'dona do lar'. Eu, pessoa que até meia dúzia de dias não sabia fazer um assado [bolos, então, é para esquecer]. Eu, que sempre tive empregadas para tudo [eu não, mamãe - mas dava ao mesmo], que tratavam das coisas e me faziam pensar que a roupa se lavava e passava sozinha...

A primeira mudança passou por comprar um daqueles carrinhos de compras avózinha style, que eu sempre achei horroroso mas que dá cá um jeito daqueles. Tendo eu um Pingo Doce (não é publicidade, sou mesmo fã deste sítio) quase na rua de casa, precisava encontrar uma solução para trazer os sacos de compras sem precisar tirar o carro da garagem (preguiçaaa): um carrinho de compras, é claro! Facilita imenso para ir ao supermercado, vou à pé e ainda passo na florista, que é mesmo ao lado, para abastecer a casa de flores frescas [um vício que amo]. Ainda fui ao chinês para ver se encontrava um carrinho giro e resistente, mas só vi por lá umas pirosadas com flores e corações, por isso, fui ao Continente (já perceberam que não sou esquisita com supermercados? Marcha tudo!) e comprei este modelo, super resistente, fácil de manobrar e num tecido grosso e impermeável que eu sou suspeita, já que amo: riscas azuis! Mais navy, impossível!


Um almocinho simples [que eu ainda não me arrisco em muitas aventuras]: esparguete à bolanhesa com rodelinhas de queijo e ovo cozido (ainda foi ao forno depois, para gratinar o queijo) e a boa e velha farofa (viciada, assumo) de bacon com oregãos - que o marido agora não dispensa, deve achar que é mais brasuca do que eu :P

Hoje foi só cuidar da nossa casinha, acabar de pôr molduras na parede, os varões dos cortinados e outros pequenos detalhes decorativos que fazem toda a diferença. Agora para terminar a noite vamos alapar o rabo no sofá e ver as nossas séries do coração. Tão bom!

SHARE:

11 comentários

  1. Eu tenho dias que adoro e dias que destesto, ahaha

    Sem Jeito Nenhum Blog

    ResponderEliminar
  2. Para quem não tinha jeito, isso está tudo apetitoso! Vivo há quatro anos sozinha e não tenho jeitinho nenhum, ainda por cima odeio cozinhar...só o faço porque, pronto...olha...tem de ser...;)

    Blog - FB - Bloglovin'

    ResponderEliminar
  3. É tão bom vivermos com a nossa cara metade...!

    ResponderEliminar
  4. Que bom aspecto Anne ;) e o carrinho é muito giro mesmo com esse padrão.

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Deve ser uma óptima experiência :D Aguardo pela minha vez *.*

    ResponderEliminar
  6. Sempre pensei que eu era a única maluca a gostar de farofa com macarrão...

    ResponderEliminar
  7. Tens aí massa que dá para a semana toda! :)

    eu que nunca tive empregadas para nada e fui ensinada a fazer de tudo em casa desde pequena e que tenho paixão por cozinhar sou das que gosta muito desta coisa tão old school que é ser dona de casa.
    Verdade que o meu marido me ajuda bastante mas gosto (na grande maioria dos dias!) das rotinas do supermercado, das refeições, das roupas...

    ResponderEliminar
  8. Essa massa cá em casa dava para três dias!! :D :D

    ResponderEliminar
  9. Tudo okay menos passar roupa. Não posso nem imaginar a vida com empregada mais :) mandou bem nesse bolognesa, Anne!

    ResponderEliminar
  10. Oii! Queres partilhar onde compraste esses frasquinhos para colocar o azeite e vinagre?
    Ando à procura de uns e esses são muito práticos e bonitos...

    Kissinhos

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig