13 janeiro 2015

ontem perguntaram-me: qual o teu sonho mais maluco?

E eu nem precisei pensar duas vezes: Respondi que aquilo que mais desejo é viajar para um certo país. "sim, mas qual?". Dei a resposta e aguardei pela reacção. Éramos onze à mesa. Todos, sem excepção, olharam-me como se eu tivesse dito que queria ir à lua.

Mas não, só queria mesmo ir aqui:


Adorava ir à Coreia do Norte. Sou absolutamente fascinada por esse país, pela aura de mistério, pelo facto de parecer saído de um filme do pós-guerra, pelas atrocidades cometidas ali, por querer ver com os meus olhos como a loucura de um ditador condicionou todo um país à miséria... É um dos meus grandes sonhos, talvez o mais maluco deles todos.

A verdade é que sempre que penso em Pyongyang, os meus olhos brilham e diz o M. que até a entonação da minha voz fica diferente só de pensar no incrível que seria poder andar por aquelas praças e ver tudo aquilo com os meus olhos. Não conheço uma única pessoa que tenha conseguido (ou desejado) conhecer este sítio mas para mim, seria 'a' viagem da minha vida. Leio tudo o que me cai às mãos sobre a Coreia do Norte, vejo filmes e documentários, pesquiso sobre o assunto, é uma paixão e uma curiosidade incríveis!

Felizmente, o marido acompanha-me nas maluquices e de tanto ouvir-me falar, agora também já conhece a história da dinastia Kim de trás para frente, sabe tudo sobre a gulag, sobre a DMZ (zona coreana desmilitarizada), enfim... consegui acender-lhe o gostinho pelo país mais fechado do mundo.

Para lá ir é caro (cerca de 4 mil euros para uma semana, nós os dois - sim, já andei a pesquisar), são muitas horas de vôo (arrepio-me só de pensar em andar na Air Koryo, considerada a pior companhia aérea do mundo), é preciso ir até a China e depois cruzar a fronteira para lá mas caraças, deve ser inesquecível para quem, como eu, é maluquinho por história! Macacos me mordam se não meto lá os pés um dia destes... E vocês, qual é o vosso sonho mais maluco?

SHARE:

15 comentários

  1. Han? Só podes estar a gozar. Tantos sítios no mundo que existem para quem é "maluquinho por História", tantos lugares onde se passaram (e ainda passam) acontecimentos históricos, onde ainda se vivem realidades fechadas e quasi-ditaduras (Cuba, Rússia, China...) e que são bem mais interessantes que... a Coreia do Norte?? Não percebo o fascínio, sinceramente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas ouve lá, o que tens tu a ver com isso? São sonhos e até onde sei, não é proibido sonhar e são os sonhos que comandam a vida! Há aqui uma anónima (só pode ser uma gaja) que é apaixonada pela Anne e desconfio que sejas tu. Get a life! Odeio esta gentinha stalker que anda pela net a perseguir as pessoas. Já não se pode sonhar?! Apre!

      Eliminar
    2. Ó Joana Afonso, desculpa lá, mas acho q estás a exagerar um bocado...
      O anónimo não disse q sonhos eram proibidos, nem disse para a Anne deixar este sonho dela para trás, nem diminuiu a Anne por ter o sonho que tem... apenas disse q não entendia o fascinio dela pela Coreia do Norte!

      Não achei o comentário do anónimo minimamente indecente ou mal-educado... Nem toda gente q não compreende algo ou q tem gostos opostos está a ser stalker.
      Um pouco mais de tolerância e menos mania da perseguição, por favor! (sim, existem pessoas q parecem andar a stalkear a Anne, mas sinceramente, não acho q seja este o anónimo/s em questão)

      D.

      Eliminar
  2. Tem graça porque sou professora de História e para mim seria a concretização de um sonho poder visitar essa ditadura e ver com os meus próprios olhos aquilo de que só oiço falar. Nem toda a gente percebo esse nosso fascínio mas um dia que tenha dinheiro de parte, nem penso duas vezes: vou visitar a Coreia do Norte!

    Já agora, já viste o documentário da BBC de 2013? Está imperdível!

    ResponderEliminar
  3. O livro de José Luís Peixoto "Dentro do Segredo" é sobre a viagem que ele mesmo fez à Coreia do Norte. É uma espécie de diário de viagem e dá-nos uma noção de como aquilo mexeu com ele. Aconselho-te a ler, já que gostas tanto do tema :) eu comprei o livro porque tinha curiosidade e aprendi imenso sobre aquele local (mas pronto, antes de ler o livro não sabia quase nada XD)
    Eu , por um lado gostava de lá ir, mas por outro lado morro de pavor só de pensar nisso - chego portanto à conclusão que prefiro não por lá os pés Eheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conhecia, mas fui ler um pequeno excerto e tive que o comprar... :)

      Eliminar
  4. O meu sonho mais maluco seria tirar 1 ano de licença sem vencimento e andar com o meu namorado a viajar pelo mundo. Especialmente América do Norte e Sul, Ásia e Oceânia (já que Europa já conheço a maior parte dos países e África não me fascina muito). Adoro viajar, todos os anos vou avidamente ver em que dias calham os feriados e começo a planear as viagens que posso fazer nos 25 dias de férias desse ano... costumo fazer umas 5/6 viagens por ano. Sigo blogs, facebooks, sites relacionados com viagens e estou sempre a ler coisas sobre o tema (novas rotas, destinos, dicas). Adorava poder ter 1 ano assim só dedicado a isto, a poder viajar sem pressas e para onde quisesse, sem ter estas limitações de tempo que quem trabalha tem. O mundo é tão grande e há tantas coisas que gostava de ver, que acho que assim "às pinguinhas" nem aos 90 anos tenho tudo visto do que quero :) por isso, é um plano que pensamos em concretizar um dia...

    ResponderEliminar
  5. Numa aula (eu estou em Turismo) abordamos o caso da Coreia do Norte. É possível lá ir (apesar dos preços caros) mas há muitas burocracias e, anualmente, são poucos os turistas que são autorizados a colocar lá os pés... Se por acaso fores, espero sinceramente que ainda tenhas o blogue para partilhares tuuuudo! :)

    ResponderEliminar
  6. Sem pensar muito o meu desejo secreto era visitar Chernobil, na Ucrânia (devidamente protegida)...
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho curiosidade para ver o que sobrou de Chernobyl mas confesso que tenho pa-vor dos efeitos radioactivos (mesmo que me dissessem que estava protegida até os dentes) e por isso, não tenho tomates suficientes para encarar a visita ahaha.

      Eliminar
  7. Olá Anne, já viste A Entrevista, é uma comédia satirizada, que diz respeito a Coreia do Norte e ao seu ditador e que tem estado envolta em polémica, gostei bastante e recomendo. bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sim, assim que saiu o filme fiquei logo em pulgas para assistir e andei ali a chatear o homem até ele conseguir sacar o raio do filme :P

      Achei o filme divertido mas os efeitos especiais eram terríveis e no geral, considerei bem aquém das expectativas. Mas pronto, sempre deu para rir um bocadinho.

      Bjinhos

      Eliminar
  8. Bem eu só de saber que nao podia ir ao wc quando eu quisesse mas quando eles quisessem...ui.. É melhor não...

    ResponderEliminar
  9. Le o livro de jose luis peixoto e lê lágrimas da minha alma....
    Sempre disse que queria entrar na coreia do norte, queria lá ir e sentar-me nas pedras do grande lider. Infelizmente o número de turistas autorizado é tão reduzido que dificilmente nos deixam entrar. Outra coisa, se fores, tens de assinar um contrato de confidencialidade. O Peixoto não respeitou e está a ser processado, coisa gira, deve ter um mandato de captura e morte imediata....

    ResponderEliminar
  10. Tenho uma enorme curiosidade em visitar países com ditaduras. Só me falta mesmo a Coreia do Norte. Pena que agora as fronteiras estão fechadas a turistas...

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig