31 julho 2015

Pelo Alentejo... os encantos de Moura

É certo que ficámos alojadas em Pias mas quer dizer... a cidadezinha é muito pequenina e a meio do segundo dia já estávamos uma a olhar para a cara da outra como que a dizer: "é só isto?" e claro que queríamos mais! Aproveitámos os dois primeiros dias para dormir muuuito, pôr a leitura em dia e relaxar na piscina... mas no terceiro dia partimos à descoberta e fomos conhecer a cidade vizinha: Moura. Conhecemos o centro histórico, o castelo, as lojinhas (siiim, andávamos a ressacar ahaha - mamãe ainda é pior que eu), comemos um bife recheado delicioso no restaurante "O ideal" e descobrimos que em Moura faz um calor dos diabos e nenhuma loja tinha ar condicionado ligado (numa ourivesaria perguntámos a funcionária se podia ligar um bocadinho o ar condicionado por que estávamos a pingar ao que ela respondeu-nos que o patrão não autorizava que se ligasse e que até nem estava assim tão calor - jesus! nem quero imaginar aquela cidade num dia de calor à sério).

Foi também em Moura que conhecemos de perto a hospitalidade alentejana quando nos perdemos e fomos pedir informação a um senhor que conduzia um carro ao lado do nosso... acreditam que o senhor desviou-se do seu percurso só para nos levar até a entrada da cidade e nos explicar o caminho de volta para as Pias? Derreti-me! É tão pouco comum ver esse tipo de preocupação genuína em ajudar o próximo (cá em Lisboa então, é quase inexistente) que uma pessoa até fica parva. Coisas boas do interior!
 
 Uma das paisagens mais giras foi o campo com girassóis gigantes (pena que estavam todos esturricados pelo sol intenso daquelas bandas) mas fiquei a pensar como essa zona deve ser linda no comecinho da Primavera, com as flores todas desabrochadas...

Quando eu disse que os girassóis eram gigantes... é por que eram mesmo! Quase do tamanho da cabeça da minha mãe (que fez questão de tirar essa foto com o pobre girassol moribundo).

 A cidade é uma fofura, com a zona centro cheia de casinhas típicas e plantas, muitas plantas à porta de casa... durante a tarde vê-se imensas senhoras à porta da sua casa, a falar com os vizinhos em voz alta, aquela coisa típica de cidade pequena onde toda a gente conhece todo mundo. Achei tão pitoresco!

E se vocês pensam que estar enfiada numa cidadezinha com 2500 habitantes como Pias me faria não comprar nenhum souvenir... estavam enganadas. Pois que em Moura há lojinhas fantásticas (principalmente ourivesarias - são muito mais baratas que em Lisboa) e uma pessoa não diz que não. 

 Os Rayban dourados já queria há tempos (mas com a lente clarinha, que isto das lentes escuras dá cabo da minha vista míope) mas em todo o sítio que procurava cá em Lisboa estavam esgotados... Nem imaginam a minha alegria quando os vi na montra de um oculista em Moura (eram os últimos) e ainda custavam menos 40€ que em Lisboa, por isso... lá vieram os meus óculos gold!


Adorei conhecer Moura, era uma cidade que nem constava no meu mapa (do género: nunca tinha ouvido falar) mas que se revelou um sítio lindíssimo, super calmo, com pessoas fantásticas e acolheadoras... apetece mesmo voltar!

SHARE:

18 comentários

  1. Ainda que de cara tapada, tão bonita que estás :) beijinho Anne

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada mas não sou eu, é a minha mãe :P
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Só dp vi a referência no post a dizer que era a mãe :) achei tão gira que comentei a correr" :)

      Eliminar
    3. Só dp reparei que no post estava a referência à mãe :) achei tão gira que comentei a correr :)

      Eliminar
    4. Só dp vi a referência no post a dizer que era a mãe :) achei tão gira que comentei a correr" :)

      Eliminar
  2. Quem aparece na foto é a mãe da Anne. Parece novita mas é a mãe :)
    (por falar nisso, para quando um post com os cuidados da mamãe com a pele do rosto? queremos o segredo de chegar aos 50 anos com essa cara)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai se a minha mãe lê esse comentário a dizer que tem 50 anos, ui ui :P
      Ela tem 47, na verdade. E sim, está super conservada para a idade mas ela cuida do rosto desde nova: usa cremes anti-aging desde os 25 anos, faz LPG de rosto (endermolift) todas as semanas e já fez uma aplicação de Cosmelan (um despigmentante super potente). Acho que esses são os segredinhos ehehe.

      Eliminar
  3. É um encanto este nosso país...aldeias cheias de história e riqueza natural, ADORO!
    E este post, deixou-me saudades de entrar no próximo avião e seguir rumo ao "continente" :)
    Oh Anne, para quando uma viagem aqui à Madeira?
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, não é? Adooooro!

      A viagem à Madeira está na lista, mas este ano já não temos mais férias e temos as viagens todas marcadas =/ Para 2016 vamos a Madeira, sem falta!
      Beijocas!

      Eliminar
  4. Fotos lindas, como já nos habituaste. A tua mãe cortou o cabelo? Lembro que ela tinha um cabelão lindo, quase a meio das costas... foi pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mãe dela teve cancro recentemente.... Provavelmente o corte esteve relacionado com a doença.

      Eliminar
    2. Pois, a minha mãe tinha um cabelo enorme (podem ver aqui: http://2.bp.blogspot.com/-nfUJkZerqjM/UKlpWSrrmaI/AAAAAAAAGok/mqhmVGlmwLg/s640/mamis-hair.jpg) mas quando a vida nos troca às voltas...só nos resta cortar. Agora já está um long bob (acho lindíssimo nela) e daqui a nada já está enorme de novo :)

      Eliminar
  5. Olá Anne fotos lindas do nosso Portugal :) Muito para descobrir, acredite. Só um pequeno reparo, Moura é uma vila e não uma cidade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Moura já é cidade desde 1988.

      Eliminar
  6. Olá, Bem vinda à minha terra... tava a ver que ias a Serpa e a Pias e não ias a Moura!!! Moura é cidade sim, senhor, há alguns anos como bem foi dito, e mais é sede de Concelho, o interior também cresce, anónimos!
    Lamento informar que os girassóis vão mesmo secar, é assim que se desenvolve a plantação, não tem a ver com o calor no local, quando secarem completamente é que se colhem as pipas...
    Belas compras nas lojinhas que são instituições na terra! É sempre bom ouvir falar bem da nossa terra! bjnhs

    ResponderEliminar
  7. Olá Anne.
    Ainda bem que gostou de Moura, a minha cidade com cerca de 10000 habitantes e sede de concelho, por aqui gostamos de receber bem quem nos visita :) Espero que volte cá mais vezes, há muitos locais a visitar. Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Para a próxima tens que ir a Mértola que também tem paisagens lindas!

    P.S. - Pias é uma vila :P

    ResponderEliminar
  9. Isso esconde essas trombas .. senão o pessoal deixa de visitar o teu blog ,assustam- se!

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig