30 setembro 2015

Ahahaha

Há uns dias fomos jantar com um casal de amigos e lembrei-me de usar um vestido que comprei nos saldos do ano passado (até estava ainda com etiqueta) que já nem me lembrava de ter comprado. Quando apareci toda empetecada (a.k.a pronta e maquilhada), o M. assobiou o clássico fiu fiu e perguntou-me se o vestido era novo. Ora, novo não era que eu já o tinha há meses, mas era 'novo' no sentido de ser a primeira vez que eu o usava. Respondi: "não, amor, já o tenho há meses..." e ele ficou a rir-se e a dizer baixinho: "sei, sei..."

Hoje enviou-me isto pelo facebook e eu parti-me toda a rir:


Ahahaha foi mais ou menos essa a cara que eu fiz. "Roupa nova? mas qual roupa nova? Esse vestido é mais velho que a minha avó (perdão, avó), comprei há quase um ano..." E pronto, uma coisa comprada há tanto tempo não pode mesmo ser considerada nova, pois não? Eu cá acho que não.

SHARE:

2 comentários

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig