15 novembro 2015

Sobre o 13 de Novembro.

pray for paris.

Apenas chocada com todos esses acontecimentos... Quando isso terá fim? Ontem estive na Casa da Anne Frank, o museu sobre a menina judia que viveu dois anos escondida num anexo secreto por causa da perseguição alemã. Enquanto caminhava pelos corredores do anexo e via o quartinho minúsculo onde ela dormia, as janelas tapadas com lençóis pretos, sem nenhuma luz ou claridade... pensei comigo: "meu Deus, que época terrível para se viver..." mas assim que cheguei no hotel e vi as notícias sobre Paris percebi que afinal, pouca coisa mudou desde a época de Anne Frank. A intolerância, o preconceito, as atrocidades continuam as mesmas... Será que a humanidade não aprendeu nada com o passado? Uma das frases mais emocionantes ditas pelo pai da Anne, Otto Frank, encaixa na perfeição nesse contexto: 

"Publiquei o diário da minha filha em memória aos que partiram mas sobretudo como um aviso aos que ficaram: a história pode voltar a repetir-se" 

(Para quem perguntou como estão as coisas aqui na Holanda, por enquanto está bem tranquilo, vemos muitos policiais na rua, especialmente em lugares muito movimentados como a Centraal Station, no metro e em algumas praças mas nada de grandes transtornos)


SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig