30 janeiro 2016

Um amor pra vida toda:

Uma irmã: algo que sempre quis, uma bonequinha para ajudar a vestir, enfeitar, encher de lacinhos e brincar muito! Demorei tanto para ter a minha nenuca... demorei anos! Já eu tinha perdido as esperanças e era adolescente quando a minha princesa chegou. Eu costumo dizer que Deus não demora, ele nos surpreende e nos dá algo muito melhor do que aquilo que nós pedimos. E assim foi. Pedi uma irmã, ganhei a melhor amiga de sempre. Meu anjinho, minha joia rara, que eu às vezes quero guardar numa caixinha para ninguém nunca poder tocar. Amo muito, beijo muito, aperto, esmago, sou louca por ela.

Cuido dela, puxo a orelha, reclamo, exijo boas notas, sou chata às vezes - eu sei que sou - mas amo-a de paixão e quero só as coisas boas deste mundo para a minha boneca. Agora ela já é uma adolescente e eu tinha medo que essa nova fase nos separasse mas não, inacreditavelmente, tornou tudo melhor. Agora pede-me conselhos sobre tudo, dicas de compras, conselhos sobre o novo corte de cabelo, quer falar dos meninos que lhe mandam piropos na escola (mas que, segundo ela "são tããõ chatos"), pede-me conselhos sobre séries e filmes, faz-me perguntas sobre Deus, é tão curiosa, uma resposta simples não lhe chega, quer saber o porquê disto e daquilo. 


Amo quando ela sorri assim, de um jeito todo especial que faz com que os olhinhos brilhem... sinto que estamos no bom caminho com ela, que é doce, querida, valoriza a família acima de qualquer coisa e não troca nenhum programa por um fim de semana em modo "tudo junto e misturado". Somos feitas da mesma matéria e isso diz tudo.  Obrigada, pequena. Por tudo até aqui e pelo que ainda virá pela frente. Contigo sempre e para sempre. Amo você, branquinha!

Feliz Aniversário, xuxu!

SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig