14 abril 2016

O meu cronograma capilar:

Há uns três anos, talvez, escrevi um post sobre o Cronograma Capilar (um conjunto de tratamentos divididos em 3 fases, para manter o cabelo sempre saudável - especialmente os com química) mas com o passar do tempo o post ficou desatualizado e eu acabei por apagá-lo. Como tenho recebido alguns emails sobre o tema, resolvi escrever sobre o meu atual plano SOS para recuperar o cabelinho antes dos estragos do verão (por mais que uma pessoa evite, esta é a altura do ano em que mais damos cabo dos fios). O meu cabelo atual está com umas nuances em tom de mel, especialmente nas pontas (estilo californianas) e com um alisamento progressivo (da marca Purah, para mim são os melhores), logo, pejado de químicas e descoloração (medo) por isso decidi apostar forte e feio nos produtos profissionais e no cuidado diário para conseguir a minha juba exuberante :)

O cronograma é dividido nestas três fases e depois de testar vários produtos para cada uma das fases, cheguei à conclusão que no meu cabelo, estes são os produtos que mais resultam. Adoro-os!

Durante anos da minha vida (especialmente até aos 20) achava que estava condenada a um cabelo seco e mega volumoso, cheio de caracóis. Não é que não fosse bonito mas eu detestava! Passava a vida a desfrizar a raiz, a alisar as pontas, diariamente perdia horas em brushings, enfim, uma tortura! Dizem que nunca estamos satisfeitos com aquilo que temos e é bem capaz de ser verdade. Naquela altura eu dava um braço para ter nascido com cabelo liso (é tão mais prático e elegante!) e até cheguei a falar com a minha mãe: "poxa, mãe, porque não escolheste um japonês para ser meu pai?" ahahaha

Com o passar do tempo, descobri a maravilha dos alisamentos (já fiz de tudo: alisamento progressivo - com formol e sem formol, escova marroquina, escova de chocolate, alisamento definitivo, alisamento a laser, enfim.... o único que realmente deixou o meu cabelo como eu queria foi o da linha Purah). Quando fazemos um alisamento o nosso cabelo muda por completo: os fios afinam (eu adorei, porque sempre tive imenso volume mas há quem sofra do problema inverso), a raiz fica muito mais oleosa (nesse aspecto foi bom ter tido sempre cabelo seco) e os fios tornam-se mais resistentes à tratamentos como máscaras, cremes e afins. Como em tudo na vida, tem os prós e os contras, para quem pensa em fazer só para "mudar de visual" não recomendo. Para quem quer mudar mesmo de estilo e assumir um cabelo liso a longo prazo, então acho que é a melhor escolha!

Sou muito apaixonada pela linha "Absolut Repair" da Loreal Professionel, o meu cabelo fica uma seda com ele e o shampoo é sem dúvida o meu produto preferido: não resseca, não deixa o cabelo áspero, é amor pra vida toda! O shampoo "Silver" da mesma linha tenho utilizado de 2 em 2 semanas para matizar a cor das madeixas e evitar que fiquem loiras (ninguém merece uma pessoa da minha cor de pele com madeixas loira) e ele é super eficaz, basta uma lavagem e a cor das madeixas fica super natural, parece que se mistura melhor com a cor de base do cabelo. O único senão é que resseca imenso o cabelo mas nada que uma máscara potente não resolva o probleminha.

Esses acessórios sem dúvida que tornam o meu trabalho muuuito mais facilitado: o secador é a oitava maravilha do mundo, adoro-o de paixão e põe o meu Phillips antigo a um canto. Seca o cabelo em menos de nada (e eu tenho cabelo pra dar e vender) e deixa um frio fantástico quando direciono o jato de ar frio no final da secagem. A prancha da GHD dispensa apresentações (é só a melhor prancha do mundo, segundo várias pesquisas) e tive que ir à Londres buscá-la porque cá o preço era (ainda mais) absurdo mas não me arrependo. O meu marido costuma brincar e dizer que eu, num assalto, sou aquela que grita: "levem tudo, menos a minha GHD" ahaha. A escova Mason & Pearson foi assim um capricho, adoro o estilo vintage dela e as cerdas são super macias... Noto especial resultado quando escovo o cabelo antes de deitar e acordo de manhã com ele soltinho e brilhante (mas confesso que ainda não tenho a convicção de que ela valha o dinheiro que custa).


Ufa, parece imensa coisa (e é) mas só eu sei o benefício que estes produtos me trouxeram! Cuidar do cabelo tornou-se automático, já deixo as máscaras na casa de banho para facilitar, enquanto elas actuam (cerca de 5 minutos) aproveito para esfoliar o corpo ou lavar os dentes (sim, eu sempre lavo os dentes no banho, é um vício) e quando olho para o relógio, já está na hora de remover a máscara :)

Costumo lavar o cabelo dia sim, dia não e quando não me apetece secá-lo com o secador (também tenho destes dias), encaixo o difusor no bico do secador, ar frio nele e fico com umas ondas super giras em coisa de 5 minutos. No dia a seguir, se quiser deixá-lo liso, aplico o protector térmico e passo a prancha em todo o comprimento (15 minutos, se tanto). O que são 20 minutos num dia de 24 horas, não é? Especialmente se isto significa andar com o cabelo impecável e do jeito que mais gostamos :)

Esta é a foto mais recente que tenho do meu cabelo (tirada logo após fazer a reconstrução power com o cpr da Senscience) e como toda a gente sabe, o cabelo fica um pouco pesado depois de uma reconstrução, os efeitos só aparecem depois da primeira lavagem (daí ele não estar do 'jeitinho que eu gosto' nessas fotos) mas conseguem ver o brilho dos fios e o aspecto de liso natural (coisa difícil de se conseguir com alisamentos).

E vocês, também possuem um arsenal de produtos para manter o cabelinho no sítio? Têm alguma dica preciosa sobre cabelos para partilhar na caixa de comentários? Fiquem à vontade :) E se tiverem dúvidas (e eu souber responder), podem deixar nos comentários.
SHARE:

6 comentários

  1. Boas dicas. Eu normalmente uso sempre champôs com consistência transparente, sempre li que são o que limpam melhor o cabelo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. ONde compraste o CPR e sitios onde recomendas comprar os produtos (mais em conta), visto que o habitual (Costapel) não vende um terço destas marcas! Obrigada, foi aqui que conheci o CC pela primeira vez e mudou o meu cabelo e auto-estima (há uma correlação directa entre os 2, na minha vida).

    ResponderEliminar
  3. Obrigada pelas dicas! :) Eu tenho menos de metade das coisas, e já acho demasiado :P Mas o meu cabelo é bem complicado, acho que semelhante ao teu antes dos alisamentos: volumoso, com de jeitos e caracóis, e cheio de frizz. Antes queria imenso ter cabelo liso, até ao dia em que fui à praia com uma amiga e, ao secar, o meu cabelo encaracolou, e ela olha-me, completamente fascinada, e exclama: "Uau! Tantos caracóis!" Foi só assim que aprendi a gostar do meu cabelinho encaracolado e cheio de jeitos (vergonha)! Normalmente uso os produtos da marca brasileira Origem (máscara e creme de pentear depois do banho), mais um condicionador leave in da Gliss (dei-me pessimamente mal com essa linha azulinha que aparece no teu post, deixou-me o cabelo mega áspero!), óleo de hidratação (ainda estou a experimentar marcas) e um creme de pentear da L'Oreal. No dia a dia eu NUNCA penteio o cabelo, só dou um jeito com os dedos e a ajuda do creme de pentear, para não ficar mais volumoso e com frizz...o que continua a ser um problema! De tudo o que já experimentaste, o que achas melhor para evitar o frizz?

    ResponderEliminar
  4. Olá Anne! onde compraste o CPR? eu usei todas essas marcas, mas continuo a recomendar a máscara da Sensai Kanebo e a Shiseido Hair mask :) Amigas para toda a vida desde que descolorei o meu cabelo com água de 40 volumes e ia ficando careca... LOL Beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Olá Anne! Usa estas máscaras sempre que lava o cabelo ou também usa algum condicionador?
    Obrigada pela ajuda.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. E pontas secas e espigadas, usas alguma coisa para evitar?

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig