04 julho 2016

Cometi uma loucura!

E não, não estou a falar dos saldos ou das compras :P Cometi uma loucura em termos, hum, como hei de dizer, em termos 'cabelísticos' que é como quem diz: mandei mais de metade do meu cabelo à vida! Foi uma decisão radical para mim (que sou muito apegada aos meus fios) mas é aquela velha frase: "cabelo novo, vida nova!" (assim espero). Ando numa fase mais pensativa da minha vida, mais triste também - confesso - e quero à força toda voltar a encontrar ânimo nas coisas, voltar a sentir-me 'eu' de novo, entendem? Toda a gente me diz que é normal, que vai passar, que isto e aquilo mas nunca tinha passado por essa experiência (há mais de 20 anos que não perdíamos ninguém na nossa família) e eu estou simplesmente sem saber como lidar com esse buraco que sinto.

Então, pensei: "quer saber? vou mas é meter a tesoura nesse cabelo e mudar de 'cara' já que de coração não dá pra mudar mesmo...." e assim fiz. Liguei para a minha cabeleireira mas ela não tinha vagas para me atender. Disse-lhe que queria cortar o cabelo bem curtinho e ela perguntou-me quantas taças de vinho eu tinha bebido (sim, ela é super direta) e disse-me para não fazer isso, que sabe como sou apegada ao cabelo, que depois não havia voltar a dar, enfim... Agradeci a sugestão mas não desisti da ideia. Já que ela não tinha vagas (e eu queria mesmo cortar o cabelo no sábado) fui até ao Colombo e enfiei-me num cabeleireiro de shopping (há anos que não fazia isso), folheei uma revista, vi um corte que achei giro, virei-me para o cabeleireiro e disse: "é isto, quero este corte". Ele ainda me olhou de lado, do género: "tem mesmo a certeza?" mas foi esperto o suficiente para não perguntar. E eis o resultado:



Adoro! Há muitos anos (muitos mesmo) que não usava cabelo acima dos ombros (se não estou em erro, a última vez que usei este corte tinha uns 7 ou 8 anos) e sinto-me tão bem! Sinto-me leve, fresca, jovem, foi uma mudança que veio em boa hora :) Eu andava tão sem paciência para cuidar de um cabelo comprido que o coitado do cabelo andava sempre preso num carrapito ou em modo 'rabo de cavalo'. Agora, mesmo que queria prender, é uma tarefa árdua e tem que ser complementada com ganchinhos e afins! Adoro a sensação de liberdade que este novo corte me deu, acho que nunca mais vou querer usar cabelo comprido de novo ahahaha. Sentir o cabelo abanar à mínima brisa, cheio de movimento e volume... é maravilhoso!

É engraçado pensar em como o nosso cabelo está relacionado com alguma fase da nossa vida... Eu sou assim, uma pessoa de ciclos. Quando um novo ciclo se inicia gosto de mudar o cabelo. Parece que tudo à nossa volta muda, não consigo vos explicar. Sei que gosto muito de me ver assim (o marido disse que pareço uma adolescente ahaha) e é muito prático, fácil de cuidar e manter arranjadinho. Agora vou experimentar a versão com caracóis, a ver se também gosto.

(o vestido é aquele grego que encomendei do ebay e ando viciada nele, até já mandei vir em versão curta na cor turquesa, veste tão bem e o tecido é maravilhoso!)
SHARE:

7 comentários

  1. Ando com a mesma ideia! O ano passado, já tinha o cabelo pelo umbigo, quando peguei numa tesoura e eu própria o meti curtinho pelos ombros. Agora já passou mais de um ano que fiz isso. É verão o meu cabelo está gigantesco, já vai quase pelo rabo!! Estou a ponderar dar-lhe uma tesourada outra vez. É tão bom não usar mil produtos para deixar o cabelo bonito, conseguir lavá-lo em menos de 5 minutos e secá-lo em menos de 10 xD

    ResponderEliminar
  2. Eu costumo ter o cabelo assim médio - não gosto nada quando chamam cabelo curto a cabelo pelos ombros, haha - e adoro. Acho que fica muito mais estiloso, para além de ser fácil de tratar. Quando tenho cabelo comprido sinto que tenho um aspeto muito aborrecido e, claro, chego sempre a uma altura em que não suporto tanto cabelo e não sei o que lhe fazer. Vais ver que fica ainda mais giro ondulado!


    Kill Your Barbies

    ResponderEliminar
  3. Anne faz um post sobre o novo vestido... Com fotos. Cabelo novo, vida nova. Nada como testar teorias. E seguir o coração. Força e ânimo. Somos todos de Deus :)

    ResponderEliminar
  4. Eu tambem sou muito assim. Se ando mal pimbas, bota corte de cabelo :)

    ResponderEliminar
  5. Bem que loucura mesmo!!! Eu tento mas nunca chego a pontos... só gostava era de ver melhor o vestido no corpo (que deve ficar de morrrer!!) e o cabelo, lembro-me de umas fotos do teu casamento com o cabelo enorme e adorava ver a diferença.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu pelo menos sofro imenso com o cabelo longo no tempo quente e acaba por dar dó estar sempre preso ou a sofrer com isso :/ No ano passado também cortei o meu pelo ombro (estava pela cintura) mas este ano acho que vou ter de me aguentar até dezembro com ele maior. Este verão só corto pontas estragadas.
    Ficou muito bem o cabelo curto e dá sempre um ar mais leve, moderno e jovem :)
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. olá Anne. Adorei o novo corte. :)
    conhece a máscara https://www.facebook.com/vlossprofissional/photos/a.367353556677590.84323.365428633536749/739701049442837/?type=3&theater
    ja tentei seguir o cronograma, mas confesso que não tenho aptidão para isso. Vi esta máscara que pelo que parece em tudo em 1.
    bj sandra

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig