29 novembro 2016

Eu nunca gostei muito de uva passa...

... especialmente se insistirem em meter as ditas uvas em tudo o que é comida natalícia (que crueldade, anda ali uma pessoa a ceia toda a tentar 'catar' as uvas para pôr no canto do prato) mas DESTA Uva Passa eu definitivamente gosto. Eu gosto tanto que até me apetece dar uns beijinhos à senhora (e não, não a conheço). Tirou-me as palavras da boca neste post genial. É tão isto!

Não posso, não quero, e não concebo, a continuidade da exploração infantil em blogs, como pretexto para as mulheres que por algum motivo (escolhido ou imposto) decidiram fazer da sua atividade profissional uma variante suja das stay home moms, utilizando os seus filhos como receita.
É sujo, é horrível, e custa-me muito saber, que as marcas que patrocinam mercaditos e quejandos estejam dispostas a tudo, sobretudo dispostas a ser cúmplices de um roubo humano, como o roubo da infância das crianças, perdidas em incontáveis e inconcebíveis sessões fotográficas, no veste e despe, sobretudo do despe, na praia, nos seus quartos, na sua intimidade, autênticos bonecos de montra blogosférica, para aumentar lucros.

Sai daqui um grande 'clap clap clap' para a lucidez deste post! Concordo com tudo (e sim, sigo muitos desses babyblogs mas tenho vindo a perder todo o interesse e saio de lá muitas vezes em choque com as coisas que leio - e pior, as fotografias que vejo!).
SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig