27 dezembro 2016

Os saldos da IKEA:

Sim, estou absolutamente doméstica. Sim, vibrei de paixão por receber um ferro de caldeira como prenda de natal. Sim, sou viciada em lojas de decoração e mobiliário. E nisto, meus amigos, ninguém bate à IKEA. Sou fã! Ainda me lembro o deslumbre que foi entrar pela primeira vez numa loja IKEA (Alfragide, of course) e ficar maravilhada com o preço dos móveis (tinha acabado de chegar do Brasil, onde as pessoas parcelam um roupeiro em 12 meses no crédito) e de repente havia uma loja que vendia roupeiros ridiculamente baratos que podíamos comprar assim, a pronto pagamento. E não tínhamos que esperar pela entrega e montagem do mesmo, nós é que alombávamos com as caixas e montávamos tudo em casa, na hora. Fiquei maravilhada! É claro que desde então a IKEA figura como uma das minhas lojas de eleição para utilidades domésticas. Para móveis já não gosto tanto (porque alguns são claramente 'fracos', com materiais em contraplacado).

Por isso, espero ansiosamente pelo início dos saldos da IKEA (saldos da Zara? Isso é para meninos!) porque sei que sempre, seeempre, vou querer/precisar/desejar um artigo qualquer, nem que seja uma vela com aroma. Os descontos são apetecíveis e demasiado tentadores para uma pessoa resistir. Eis que ontem fui tomar o pequeno-almoço à IKEA (outra coisa maravilhosa - adoro os muffins!) e iniciei uma pequena incursão pelos saldos da loja. Comprei pouca coisa mas tudo coisinhas com descontos de 60%, bom demais!

A bem da verdade, não havia realmente nada que me fizesse falta, por isso aproveitei os preços para comprar artigos que preciso sempre e que por norma custam muito mais caro:

Os tupperwares da linha 365+ são um clássico cá em casa. Adoro-os e estou a substituir alguns que entretanto estão sem tampa por estes novos. Custaram 0,89€ cada. Trouxe também uma mantinha para deixar no sofá, daquelas básicas para deixar ao pé da lareira. Escolhi esta porque adorei a cor e como é um artigo que troco todos os anos (porque o tecido polar é algo que não me agrada e facilmente fica com mau aspecto), opto sempre por mantas mais em conta, esta ficou-me por 3,60€.

A melhor parte das compras para mim são sempre os têxteis. Mudo imenso de roupa de cama (de três em três dias - adoro a sensação de deitar na cama feita de lavado) por isso preciso ter sempre um stock de capas de edredão e de almofada. Quando casei trouxe alguns conjuntos que tinha (já dormia em cama de casal e aproveitei a maioria das capas de edredão) mas estava mortinha por substituir alguns por serem demasiado infantis (com bonecada, muito cor de rosa, etc...).

Na IKEA opto por capas de edredão em 100% algodão, normalmente procuro comprar a linha mais premium (especialmente em saldos) porque são óptimos e duram imenso. Trouxe os PLISTER que custavam 79€ e vieram por 18€ (siiim, leram bem), trouxe o STRANDGYLLEN que custava 60€ e comprei por 18€ também. E por fim comprei o GULLKORNELL na versão solteiro para o quarto da Vi (que agora quer mudar a decoração do quarto para tudo branquinho - está uma minimalista). Este custava inicialmente 35€ e comprei-o por 8,90€.

A IKEA quando decide fazer saldos... sabe fazê-los como ninguém! Ainda devo lá voltar na sexta-feira porque a minha mãe quer aproveitar para comprar dois móveis que estão ridiculamente baratos (estamos a organizar a arrecadação dela - aquilo tem tudo o que se possa imaginar) e precisamos de um móvel com prateleiras para organizar as coisas.

Por isso, meus amigos, se precisam de algum móvel ou se querem renovar os têxteis, aconselho vivamente uma visitinha ao IKEA. Até o final do ano estão com 10% extra de desconto sobre o preço de saldos (é a loucura!) por isso, é mesmo de aproveitar. Quem já lá foi? :)
SHARE:

12 comentários

  1. Que compras tão boas! Eu também adoro a IKEA e neste momento praticamente todos os meus móveis de casa são de lá e não tenho nada a apontar :) Adoro lá ir e há SEMPRE alguma coisa que preciso :P

    ResponderEliminar
  2. É fácil gostar de mudar a cama de três em três dias quando se tem uma empregada doméstica para fazê-lo por ti, assim como também é fácil ter uma cama com 20 almofadas enfileiradas quando sabemos bem o trabalhão que dá para arrumar a cama todos os dias. Só quem não precisa de fazer a própria cama é que dá valor a estas palermices.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada um tem as suas preferências. Para uns pode ser exagero mudar de 3 em 3 dias, mas se a Anne gosta então que mude. A Anne ou a sua empregada doméstica, não interessa quem. Decerto que a Anne paga a empregada e como tal é mesmo esse o seu trabalho.

      Eliminar
    2. Não sei o que é pior, a arrogância do comentário ou a notável inveja do facto de alguém puder ter quem lhe faça a cama, quem a mude de 3 em 3 dias.
      Ainda bem que pode, ainda bem que assim é! Ainda bem que pode ter 20 almofadas na cama (é tão bom, gosto tanto também, tem que experimentar!). Ainda bem que as "palermices" para uns, fazem outros tantos felizes!
      O desnecessário é vir para um blog pessoal criticar e espalhar inveja quando NINGUÉM, repito, NINGUÉM é obrigado a ler. Se vem ler para invejar, para criticar e para descomprimir toda a raiva e frustração, o melhor será realmente não vir...

      Eliminar
  3. Mudar a cama demora para aí uns 10 minutos...é preciso empregada para isso, ou um dia com mais de 24h?

    ResponderEliminar
  4. Se a Anne é brasileira precisa de empregada sim porque toda a gente sabe que brasileiras são preguiçosas e...outras coisas também...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Preguiçosas não digo mas outras coisas sim que são. Inteligentes, independentes, alegres e não carrancudas invejosas, MULHERES de verdade,e principalmente o que causa mais ódio e inveja: GOSTOSAS ;)

      Eliminar
  5. Acho precisamente o contrário em relação aos saldos do Ikea: acho que são bem foleiros. Preferia ter pelo menos 30% em toda a loja do que até 70% em artigos selecionados e que variam de loja para loja

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compensa se tiver interesse nesses artigos em específico :) por exemplo, eu precisava de capas de edredon, 2 tapetes, almofadas, um tabuleiro e velas. Mas não sou esquisita, gosto dessas coisas de vários géneros/padrões. Então fui ontem a Alfragide e comprei tudo o que precisava dentro das coisas que estavam em saldo. Se até podia gostar mais da cor/padrão de outras coisas que não entraram em saldo? Se calhar sim, mas se consigo capas 100% algodão que antes custavam 55€ por 19,99€ e gosto dessas, são essas que levo.

      Eliminar
  6. Olá Anne,
    Não tem bem a ver com o teu post, mas como sei que adoras roupa de cama,hoje no jumbo de Alfragide estavam lençóis de flanela em promoção, cama de casal, entre os €12,99 e os €19,99 consoante o tamanho da cama, 100%algodao! E com padrões lindos!!! Vale a pena espreitares :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Boas compras Anne, então com esses preços nem se fala! Realmente hoje em dia com o Ikea, tudo é mais fácil, fica bem acessível mobilar uma casa e com coisas bem giras. Ainda me lembro nos anos 90, a minha mãe pagou balúrdios pelos móveis lá de casa e havia pouca escolha/oferta. Lembro- me de em 99 ter uma mobília de quarto nova, pois a que tinha até então era mais infantil e posso dizer que foi o mesmo valor que paguei pelo meu atual quarto que comprei no ano passado(16 anos depois) como é possível?! A decoração era bem mais cara! Felizmente hoje temos tanto por onde escolher que nem sabemos bem por onde nos virar! Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Só tenho pena das medidas das capas de edredon serem pequenas para a minha cama :( Nisso acho que o IKEA tem de melhorar!

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig