03 janeiro 2017

E de repente... 30!

Como é que isso aconteceu? Alguém que pare o relógio! 

Não gosto de fazer anos. Sinto-me sempre nostálgica e reflexiva, sinto-me a envelhecer (a sério?!), sinto que o tempo me escorre pelas mãos e que ainda há tantas coisas que quero fazer e, caraças, já tenho 30 anos. T-r-i-n-t-a. Como é possível? Sim, estou a bater um bocadinho mal com a chegada dos trinta, não nego. Fazer vinte e oito, vinte e nove... não custou nada. Agora fazer os fatídicos trinta, está meeeesmo a deixar aqui a pessoa em modo deprimida.

E como não sou nada dada a essas lamechices nem é do meu feitio andar a lamuriar-me pelos cantos (e caraças, foram 30 mas foram bem vividos!), vou passar o dia fora com o meu amor e aproveitar em grande o meu 3 de Janeiro. E aproveito para informar que não aceitarei qualquer comentário que mencione a palavra 'trintona', ficam já avisadas :P
SHARE:

11 comentários

  1. Compreendo perfeitamente essa crise. Ainda não estou nos 30 mas a coisa já pesa.
    Já agora, uma ideia para post, mostrar a diferença do peso que ocorreu em 2016 (eu sei q já fez um, mas já vão uns meses).
    Um dia muito feliz Anne!

    ResponderEliminar
  2. És uma trintinha :p Feliz aniversário

    ResponderEliminar
  3. Muitos Parabéns Anne :) Que faças muitos mais, sempre feliz!

    Lado positivo para ti: o meu pai faz hoje 64, é um bocadinho mais :D

    ResponderEliminar
  4. Parabéns! A vida realmente passa tão rápido!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns Anne!:) Que a felicidade seja uma constante na tua vida.
    Compreendo perfeitamente o que dizes, nossaaaa!!!Daqui a uns meses também passo a ser trintona.

    ResponderEliminar
  6. Parabéns, Anne! Espero que tenha sido um dia muito feliz. Beijinho grande :)

    ResponderEliminar
  7. Parabéns Anne!🎂🍾 Eu tenho 31,realmente até aos 30 não custa nada, o pior é depois, mas deixa pra lá, fazer anos é bom no sentido de que é sinal que estamos vivas e o mais importante de tudo: saber aproveitar o que de bom a vida nos tem para oferecer, as coisas menos boas também fazem parte, mas essas servem para fazer de nós pessoas fortes e capazes de enfrentar qualquer coisa! Beijinho😘

    ResponderEliminar
  8. Em abono da verdade eu andei a bater mal durante umas 3 semanas quando fiz 30 anos. Depois quando fiz os meus atuais 31 já não custou tanto. Mas o facto de passarem rápido é sinal de que foram felizes e isso é o mais importante. Que continues a ser feliz e a construir boas memórias. Parabéns.
    LM

    ResponderEliminar
  9. Parabéns 🎂 trintonazinha 🤗🍻
    Continua a ser muito feliz💞
    Beijinhos de parabéns à tua mãe 🎆
    Xana

    ResponderEliminar
  10. Bem... eu já vou fazer o dobro e não me importaria nada que em chamassem "trintona". Parabéns, Anne, e como vê é tudo muuuiiito relativo. (quando fiz trinta também fiquei um "cadito" assim pró deprimida... agora gostava de os voltar a ter.Vai na volta e... até não. Todas as idades têm a sua beleza e, muitas coisas já me aborreceria ter de voltar a fazê-las).

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig