12 junho 2017

Rio de Janeiro | a viagem de avião (dica!)

Quando ficou claro que a minha mãe teria que fazer uma cirurgia (falarei disso noutro post) que não seria comparticipada pelo seguro de saúde (pode ser uma situação que ela arrastava há mais de dez anos - era uma doença pré-existente), a escolha óbvio recaiu em operar no Brasil. Porque o custo é inferior (estamos a falar em reais, que valem três vezes menos do que o euro), os médicos nesta área (cirurgia vascular e plástica) são dos melhores que eu conheço e tínhamos excelentes referências dos hospitais do Rio.

Como toda a cirurgia saiu em regime 'particular' (e parecendo que não, ainda foram uns milhares de euros), decidimos economizar no vôo. A TAP é sempre a nossa primeira escolha quando vamos ao Rio de Janeiro mas ultimamente os bilhetes estão um abuso! Para as datas que queríamos, ida e volta ficava a 1200€ por pessoa. Oi?! Como assim, minha gente?

Comecei a pesquisar outras companhias, vi a IBERIA (com escala em Madrid), vi a KLM (com escala em Amsterdão) e eis que descobri a Royal Air Maroc, a companhia de bandeira do Marrocos. Até achei que estava a ver mal mas não... o bilhete ida e volta, por pessoa, ficava em 500€. Achei que estava a alucinar, andei ali a ver as letrinhas pequeninas, cusquei tudo... e comprei os nossos bilhetes.

A minha mãe até hiperventilou quando lhe disse que viajaríamos para o Brasil com uma companhia marroquina! Que por esse preço o avião seria uma lástima, que tinha uma escala longa, que não gostava de companhias árabes por causa de terrorismo, enfim... Puro preconceito. Lá a convenci e posso vos garantir que foi das melhores viagens de avião que já fiz. Até dormi a bordo, o que é toooda uma novidade!



O nosso vôo era Lisboa ---» Casablanca (1h30 de vôo), depois tínhamos que dormir em Casablanca e no dia seguinte pela manhã apanharíamos o vôo Casablanca ---» Rio de Janeiro (9h de vôo). Quando olhei o avião, pelo vidro do aeroporto, achei que era muito 'anos 80', antiquíssimo por fora, foi o meu primeiro momento de hesitação "ai que esta merda nem força pra sair do chão tem".

Não só teve força como fez uma viagem mega tranquila, descolagem suave, pouso que nem senti, fiquei fã! Chegamos ao ao Aeroporto de Casablanca e fomos encaminhados para a sala da RAM onde pudemos escolher em qual dos três hotéis (oferecidos pela companhia) queríamos passar a noite. Havia três opções (um perto da praia e dois próximos ao aeroporto), como teríamos vôo cedo no dia seguinte, escolhemos o hotel próximo do aeroporto. Apanhamos o transfer gratuito até o hotel (15 minutos de viagem) e ao chegar na recepção, nos indicaram que devíamos jantar primeiro, antes de buscar as chaves do quarto. O jantar era fraco (mas quer dizer, nem achei de todo mal para um jantar à borla), comi frango assado com pão quentinho (mamãe comeu peixe com puré mas não gostou e acabou comendo frango comigo), subimos para o quarto, dormimos e no dia seguinte ainda tentei acordar cedo para dar um mergulho na piscina do hotel mas perdi a hora, já desci atrasada para o pequeno-almoço (também gratuito e em regime de buffet). Seguimos de shuttle para o aeroporto e finalmente, embarcamos rumo ao Rio de Janeiro!


Sinceramente, acho que a RAM não deve ter muito lucro com bilhetes a esse preço porque tudo é oferecido: hotel, jantar, pequeno-almoço, transfer... e o bilhete é ridiculamente barato para o tipo de trajecto que faz. Escusado será dizer que o vôo ia apinhado de brasileiros (e apenas 10 portugueses, que iam de férias para o Rio e aproveitaram os preços em conta).

O avião que nos levou ao Rio de Janeiro era infinitamente superior ao que fez o percurso Lisboa-Casablanca, achei até que era superior aos da TAP: uma televisão para cada passageiro (com jogos, filmes, séries, músicas internacionais e mais n opções), kit de viagem fofinho (mini produtos de higiene, tapa-olho, fones de ouvido e meias de lã), sistema de climatização nas janelas, com escurecimento automático que respeitava o 'nosso' fuso horário (e não o horário actual do vôo), para facilitar o sono do pessoal (adorei, dormi a sério), três refeições à bordo (contra duas da TAP, para o mesmo percurso).

O único 'senão' é mesmo o facto de não ser um vôo directo (se fosse, meus amigos, não tinha para ninguém... era RAM e mais nenhuma!), o que em muitos casos inviabiliza a viagem (quem tem crianças pequenas, pessoas com horários rígidos para chegar no país, etc), porque de resto, eu amei!

Quando percebi que havia uma fileira de três assentos livres, voei com mamãe para lá e deixei-a dormir toda esticadinha, no maior conforto. Antes de viajar pela RAM tinha lido opiniões horríveis sobre a companhia: atrasos de 4 horas nos vôos, malas extraviadas, aviões antigos... fiquei super assustada mas quando voei com eles e percebi que não era nada daquilo (ou então tive mesmo muita sorte e tudo correu bem demais), sabia que tinha que escrever esse post.

Às vezes somos muito preconceituosos por 'n' motivos e deixamos passar oportunidades boas demais para serem verdade! Muita gente pergunta porquê fico tanto tempo sem ir ao Rio e eu sempre disse: "enquanto os bilhetes de avião custarem pra cima dos 1000€, só lá vou de 5 em 5 anos, que com esse dinheiro eu conheço três países" mas agora, com vôos tão económicos, é certo que irei mais vezes ao meu Rio. Tão bom!

E por aí, mais alguém que já tenha voado com a Royal Air Maroc? Como correu? Gostaram? Contem-me tudo!

SHARE:

3 comentários

  1. Excelente ler esse feedback :) já tinha visto que eles tinham preços óptimos para outros destinos de África (Quénia e Tanzânia a cerca de 350€ i/v de Lisboa, comprando com antecedência), ponderei comprar. Mas acabei por optar por um "esquema" parecido, mas com a TAAG (a companhia angolana). Vou à África do Sul por 440€ i/v e um total de apenas 13h de viagem (já com a escala). Foi a maneira mais rápida e económica que encontrei :)

    ResponderEliminar
  2. Anne que otimo post! Ja varias vezes olhei para esta cia de lado, e acabo por ir de iberia a TAP esta surreal! Vou experimentar! Beijocas

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig