21 outubro 2017

Cabo Verde #3 // A Reserva Natural das Tartarugas

Quando surgiu a ideia de irmos a Cabo-Verde eu não fazia muito ideia do que ver por lá, para fora do resort. Assim que comecei a pesquisar o destino, descobri que a ilha da Boavista é a 3ª maior reserva natural de tartarugas marinhas (espécie Caretta Caretta) do mundo (perde apenas para a reserva de Oman e da Flórida). E entre Junho e Outubro é possível fazer a observação da desova das tartugas, à noite. É claro que eu queria ver tudo isso de perto!

Compramos o passeio diretamente no nosso hotel (pagamos 60€/pessoa) e à hora combinada a pick up estava à porta do resort para nos buscar. O passeio é feito sempre à noite (para não assustar as tartarugas), temos que utilizar roupas escuras (para passarmos desapercebidos) e não é permitido levar telemóvel ou câmera com flash, apenas com luz infravermelhos.

Do resort até a Reserva Natural das Tartarugas demora cerca de 1 hora, sempre a sacolejar, numa carrinha de caixa aberta, a levar com algum pó na tromba. A recompensa? Um céu límpido e super estrelado que me deixou apaixonada. Nem no Deserto do Saara eu vi um céu tão lindo como aquele! Fiquei louca tentando fotografar mas é óbvio que não deu, eram milhares de estrelas e luzinhas naquele fundo azul incrível!

Quando chegamos à Reserva os biólogos vêm ter connosco e nos levam até a praia de Ervatão, onde por dia cerca de 22 tartarugas escolhem a praia como maternidade de tartaruguinhas. Já imaginaram o que são 22 tartarugas por dia a desovarem de 60 a 90 ovos? De Junho a Outubro, pensem lá na quantidade de tartarugas que a praia acolhe. E se eu vos disser que desses números, apenas 2% vingam e sobrevivem? Pois é, também eu fiquei chocada.

Começamos a caminhar pela praia, não se via um palmo à frente do nariz (tudo às escuras, o guia com uma lanterna de infravermelhos e mais nada), caminhamos uns 5 minutos até que avistamos uma marca na areia, que ia da água até a outra ponta da areia. O guia disse: "estão a ver apenas uma marca? é o rastro dela a sair da água para a areia. Se virem duas marcas, significa que ela saiu da água, caminhou até a areia para pôr os ovos e já voltou a entrar na água...". Como só víamos um risco, era bom sinal: ela ainda estava a escava para criar o buraco do ninho.

A tartaruga era enorme! Quase um metro e meia de carapaça, segundo o biólogo. Assim que ela começou a cavar, ele encaixou uma luz led no buraco (para que conseguíssemos ver alguma coisa e filmar). Não conseguimos contar todos os ovos mas seguramente foram mais de 70. Muitos ovinhos, o ninho ficou cheio até quase o cimo da areia. No final, ver o esforço que ela fazia para esconder e camuflar a areia ao máximo, foi emocionante. Depois lá foi à sua vidinha, no caminho de regresso ao mar. Essa mãe nunca vai conhecer os seus filhos mas tem um instinto tão perfeito que encontra a praia de água mais quente, a época perfeita, o sítio mais escondido... e dá seguimento à sua espécie. É muito incrível!

.
O guia nos disse que os ovos levam cerca de 45 dias para eclodirem (eles cercam os ninhos com placas com aviso do dia da postura, para monitorizarem e protegerem os ovos de predadores) e que depois as pequeninas vão sozinhas em direcção à água. Elas permanecem 25 anos no mar, sem vir à terra. Quando chega a altura de acasalar e pôr os ovos, sabem sempre voltar para a mesma praia onde nasceram, para também elas porem os seus ovinhos e continuarem esse incrível ciclo da vida. Demais mesmo!

Entretanto encontramos num ninho vazio uma tartaruguinha perdida (com um dia de nascida) e fomos colocá-la na água, coisinha tão fofa! Minúscula, pudemos pegar nela e auxiliá-la pela areia até chegar ao mar. Engraçado pensar que aquela coisinha tão pequena provavelmente vai viver 100 e tal anos...

Foi sem dúvida o meu tour preferido na Ilha da Boavista e recomendo de olhos fechados a quem vá de férias pela altura da desova das tartarugas. É mesmo inesquecível, daquelas coisas únicas que poucos países nos conseguem oferecer. Emocionante ;)
SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig