09 maio 2018

"Em águas de bacalhau"

Que é como quem diz, este blog está em coma induzido, praticamente nos cuidados paliativos. Pessoa impulsiva que sou, estive a uma unha de fechar o blog ontem. Ando sem grande vontade de escrever (na verdade, vontade eu até tenho mas sobre temas muito pessoais que - dada a quantidade de gente da minha "vida real" que já descobriu sobre o estaminé - torna-se difícil para mim falar sobre os assuntos que realmente me apetecem), então, sinto-me de "pés e mãos atados" e odeio a sensação!

Sinto-me numa espécie de limbo, como se estivesse a perder a minha "privacidade" porque agora há imensa gente que me lê e que sabe das minhas rotinas, planos, desabafos... gente do meu trabalho, familiares do meu marido, enfim. Por um lado é sinal que o blog cresceu e chegou a outros lados, por outro é assustador não ter bem a noção de quem está "do outro lado" do computador a saber detalhes da nossa vida.


Tenho pensado muito nisso ultimamente e sinto que cheguei no limite da exposição, daquilo que quero partilhar. Enquanto era uma simples desconhecida, tudo era perfeito. Agora, já não. Por isso, por uns tempos, vou tirar umas férias do blog e pensar no que quero daqui para frente.

Não vou sumir, vou apenas fazer uma pausa. Está tudo bem comigo, está tudo bem no casamento e na vida em geral. Hoje recebi uma notícia maravilhosa - espero por ela há 9 anos! - mas lá está, mais uma vez não posso partilhar. Como detesto isso! Hei de pensar numa solução (um blogue novo, talvez?). Enquanto isso, vou ficando pelo instagram que sempre é mais reservado (e sim, está privado e não aceito toda a gente). Até logo, pessoas!

(Entretanto caso queiram falar comigo, enviem um email para o sítio do costume!)
SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig