06 agosto 2018

Vamos falar de saldos?

Eu já nem vou perder tempo a justificar a ausência destas bandas por que não quero soar repetitiva mas já sabem, neste momento a minha real life tem me consumido por completo o tempo de maneira que não tenho conseguido escrever com a frequência de antes. Não reclamo, tem sido um período muito meu, onde me apetece falar/escrever pouco e sentir mais, sabem? Continuo assídua leitora de blogs (gosto mesmo disso e é um prazer seguir há tantos anos as mesmas pessoas e "acompanhar" de certa forma o rumo que a vida delas têm seguido) e continuo a gostar de partilhar coisas interessantes com vocês. E por falar em coisas interessantes... nesses saldos tenho feito verdadeiros "achados" com descontos supimpas! Vamos lá:

Andava a precisar de uns ténis novos - queria algo neutro que desse para usar em qualquer estação - e andava de olho nas sapatarias do costume. Num ida ao Alegro de Alfragide dei por mim a espreitar a montra de uma sapataria até então desconhecida por mim (chamada JD Sports) e foi lá que acabei por agarrar em dois ténis super fofinhos com mega descontão: Trouxe os Puma Basket Heart (com 2 tipos de atacadores) por 25€ (preço original: 90€) e trouxe os Adidas Gazelle (esses não tinham uma cor nada neutra mas era um negócio tão bom que não resisti) em rosa pó por 30€ (preço original: 100€).


Dica de ouro: no instagram muita gente questionou o meu "truque" para conservar ténis em camurça e não parecerem um nojo ao fim de 3 utilizações... é simples: mal os tiro da caixa, impermeabilizo-os com spray repelente de líquidos. Depois, a cada 2 meses reforço com spray novamente e ficam sempre perfeitos. Utilizo o spray impermeabilizante da Kiwi (vende no Jumbo) ou da Deichmann (sapataria).

E pronto, trouxe 2 pares de ténis por 55€, cujo valor normal seria 190€ pelos dois pares. Isso sim são saldos, meus amigos!

Ainda no que toca ao calçado, andava eu há que tempos atrás de umas botas UGG com laçarotes (um dos modelos mais caros da marca). No ano passado estive com elas na mão, numa loja no Colombo, quando pensei: "Anne do céu, vais mesmo estoirar 240€ num par de botas?" e dei meia volta. O problema é que o raio das botas nunca entrava em descontos/promoções e quando esse milagre acontecia, era um descontozeco de 20% (desculpem, pessoas, mas 20% não me faz querer sair a correr parar comprar nada, lamento). Eis que no dia 31 de Julho recebi um email fofinho da UGG que dizia assim: "FINAL countdown +10% extra... Sale ends tonigh!" e pensei "ora, ora, ora... será que apanho qualquer coisa de jeito?". Mal sabia eu! Lá estava o modelo que eu queria, com 50% de desconto (40%+10% extra), no meu numerozinho delicado (41!) e na cor que eu queria. Ah, e com portes gratuitos para Portugal. Pensei: é agora ou nunca! Da janela via toda a gente em trajes menores na rua, num calor de ananases... e eu a encomendar umas botas de pelo, só mesmo eu! Vieram para mim por 120€ e decidi pagar com Paypal. Aí começou a saga...

Passaram-se 3 dias e eu sem notícia das botas. Nem tinha recebido email de confirmação da encomenda e comecei a achar estranho... Era a primeira vez que encomendava no site da UGG e apesar de ter comprado com Paypal (que tem uma excelente política de devolução do valor caso a compra não saia como esperado), fiquei preocupada e mandei mensagem no chat do facebook da UGG a informar o número da encomenda, data de compra e forma de pagamento. A resposta deles até me deixou de cabelo em pé!


Whaaat? Fiquei doida! Como assim, comprei as botas num site de contrafacção?! Mas no Paypal aparecia-me que o meu pagamento tinha ido para "Deckers UK" que é a marca que gere a UGG, era impossível ser site de contrafacção! Não é que não pudesse ser enganada (calha a todos) mas caramba, eu sou a rainha das compras online cá em casa, diria que 80% do que compro é através da internet, era preciso muito azar... Lá fui eu chatear os gajos do Paypal e dizer que queria o meu dinheiro de volta, que por algum motivo estranho a UGG desconhecia a minha compra e não havia botas para ninguém. No dia seguinte, a UGG manda-me mensagem a pedir desculpas, que afinal se tinham enganado e a encomenda já vinha a caminho de Portugal com o tracking number e tudo. Bolas! Uma pessoa não ganha para o susto, caramba! Umas horas depois, lá chegou a encomenda pela transportadora e confirma-se: são mesmo lindonas! (e ultra mega confortáveis)


Como estava numa de arrumações no closet e na arrecadação, retirei todos os sapatos e malas das prateleiras, limpei tudo, impermeabilizei as camurças, condicionei os que eram em pele e enquanto limpava uma das malas, reparei que as alças estavam a ficar peganhentas, como se soltassem uma cola. A mala já tinha 5 anos mas era uma Louis Vuitton e achei que se a levasse a loja, eles poderiam fazer qualquer coisa (talvez substituir as alças?) e lá agarrei nela e fui. Eu já tinha ouvido falar maravilhas do serviço pós-venda da marca mas dessa vez comprovei na pele. Foram maravilhosos! Pegaram na mala, confirmaram o código de autenticidade (já não tinha a fatura, sequer) e apesar da mala ter 5 anos e tal, disseram-me que aquele era um defeito de fabrico já conhecido naquele modelo  e que eu tinha direito ao crédito na loja para gastar em outra mala que quisesse. Nunca pensei, 1650€ de crédito, imaginem a minha cara! Uma mala que já não usava há bastante tempo, que nem gostava assim tanto (tinha sido "herdada"), numa cor fora do vulgar (e difícil de combinar com a maioria das minhas roupas)... transformou-se nessas duas belezuras aqui:

Decidi trocar pela Speedy 30 Bandouliere em Azur e pela Alma BB em Ebene. Ambas podem ser personalizadas com as nossas iniciais (serviço gratuito) mas decidi gravar apenas o "A" na mala mais pequenina. O meu padrão preferido das lonas LV é mesmo o Damier, os quadradinhos que ficam bem com (quase) todas as roupas e são um must have da marca.

No que toca à malas, vou sempre para modelos clássicos e intemporais: a Speedy foi a mala desenhada para a diva do cinema antigo, Audrey Hepburn, no tamanho 25 (a minha é a 30) e é possível ver várias fotos dela com a sua petit speedy (aqui). Já o modelo Alma, no seu tamanho tradicional, foi criada a pedido de Coco Chanel, em 1934 (o ano em que nasceu a minha avó) e dizem que era a única carteira "sem ser Chanel" que ela usava. Adoro mergulhar na história das coisas! Por todos esses motivos, já andava com essas duas malas debaixo do olho há uns tempos... Conseguir comprá-las por "apenas" 300€ foi mesmo uma espécie de saldos para mim (e antes que pensem, não, a Louis Vuitton desconhece a palavra saldos, promoções ou descontos...). E sim, as malas são carotas mas aquele clichê de que "são para a vida" é mesmo verdade: elas são! Se há qualquer problema, a marca tem todo o interesse em resolver (ou consertam gratuitamente ou devolvem o valor pago em vale para gastar noutra mala). Win-win situation! =)

Ainda comprei mais uns trapos na H&M e Zara (tudo pra cima de 50% de desconto) mas são peças mais para o Outono/Inverno (blazers, camisolas de malha, cardigans...) por isso acho que não vale a pena mostrar já. Agora 'preciso' apenas de comprar um blusão de ganga em género de jaqueta e já dou esses saldos por encerrados. E vocês, têm encontrado coisas boas nas lojas? 

[Entretanto, como estou sem ideias-tempo-inspiração-tudo-isso-junto, aproveito para pedir sugestões de posts/assuntos que gostariam de ver aqui abordados no blog, a ver se ganho a motivação e o gás necessário para transformar isto nos primórdios... onde postava 2 vezes por dia! #SaudadesEpocaDeEstudante...]
SHARE:

8 comentários

  1. As sapatilhas forma mesmo um achado daqueles!
    E quanto às LV isso é que é um atendimento 5 estrelas!
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Anne, procura na Asos! Têm descontos ótimos nesta altura

    ResponderEliminar
  3. Eu estou grávida, por isso as compras nos saldos foram todas baby oriented :P mas destaco um dia em que a H&M online estava com 70% + 10% + portes grátis e comprei 2 calças de grávida e uma camisola por 32€. Fiquei bastante contente com o achado, estou à espera que cheguem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu também aproveitei os saldos para por em dia o stock pra o baby que vem a caminho, e nestas alturas que temos que aproveitar, na Benetton fiz a festa com camisolinhas, bodys, e afins com 70% de desconto...

      Eliminar
  4. Uau, esses saldos foram qualquer coisa de espetacular!

    ResponderEliminar
  5. Bons achados mesmo! Qual é o teu instagram para te poder seguir? Já procurei e não encontro... acho que já te acompanhei mas desde uma das tua ausências não te encontro mais... gosto de blogger como tu, que mostram mesmo a vida real, compras reais. Não as meramente patrocinadas. Claro que secalhar há coisas que não posso comprar mas não deixo de apreciar os bons achados! Beijinhos �� e uma força extra para tudo !

    ResponderEliminar
  6. Aiii esses ténis, que achado!!

    ResponderEliminar
  7. As compras no Alegro foram um achado! Sortuda - nunca tinha visto nenhum dos pares a menos de €35!
    Obrigada pela partilha. ***

    ResponderEliminar

© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig