29 outubro 2018

4 dicas aleatórias:

Estou muito criativa nos títulos, não estou? Eu sei :P
Já devem ter percebido que tempo é algo escasso por esses lados mas quase todos os dias acontece/compro/lembro de algo interessante que poderia partilhar aqui no blog e então surgem esses posts aleatórios onde a bota não bate com a perdigota... Hoje queria partilhar essas dicas com vocês:

1) Novo modelo da lente Canon 50 mm 1.8 STM (PVP 149,99€)
Sou uma naba no que toca a fotografias... Já tentei aprender mas falta-me paciência por isso só tenho a famosa "lente do kit" e a queridinha e versátil 50mm (que dá aquele efeito lindo do fundo desfocado mesmo no modo "automático" da câmera). A minha câmera atual é a Canon 200D (a nova versão leve e pequenina) e a minha objectiva 50 mm já andava comigo há 7 anos! Levou duas quedas e por ser frágil, já não focava muito bem de maneiras que decidi comprar uma nova. Aproveitei a campanha "23% desconto do IVA" na Rádio Popular e lá trouxe a bichinha por 118€, bem bom! Já testei a lente e nem se compara à minha antiga: super silenciosa, encaixe de metal (a outra era de plástico), corpo mais robusto... a antiga continua a ser vendida mas sinceramente, apanhem uma promoção jeitosa e tragam o novo modelo porque realmente faz diferença!


2) O corredor das "coisinhas aleatórias" nos supermercados: Não bastasse o LIDL tentar-me com tooda aquela oferta de coisinhas para casa: lençóis, pijamas, espelhos, artigos de decoração, etc... agora também o Pingo Doce entrou na onda e começou a ter artigos decorativos. Essa semana vi esse género de quadro a imitar madeira (é um autocolante gigante em 3D que engana muito bem, parece mesmo madeira) que comprei por 2,99€. Estava mortinha por apanhar o que diz "Home" em prateado mas ainda não dei com ele... Se tenho sítio para o colocar? Não, senhora. Mas isso arranja-se, é o de menos!


3) Lojas online que vendem produtos de cabeleireiro com mega descontos: Nessa minha nova etapa capilar (chamemos assim que sempre fica mais "delicado"), a busca por produtos que me salvem a vida é incessante. Ouvi falar muito bem da linha Curl Contour da Loreal Expert e quis experimentar. Acabei por comprar online pela metade do preço que tinha visto na Pluricosmética... já nem me recordo da última vez que comprei artigos de beleza/perfumaria numa loja física.


4) Mariquices (eu sei que é uma mariquice, escusam de o dizer) que eu adoro e que conservam os meus "investimentos": Descobri recentemente que existe uma loja online em Londres que trabalha única e exclusivamente desenvolvendo películas autocolantes protectoras para preservar os fechos/metais das nossas malas de design, aquelas mais carotas. Uma das coisas que mais me fazia espécie nalguns modelos da Chanel e da Louis Vuitton eram os fechos metálicos... odiava ver tudo riscado com o uso/passar dos anos, para mim malas deste calibre são mesmo um investimento e quanto mais perfeitinhas elas estiverem, mais gosto delas. No início do mês finalmente consegui pôr as minhas mãozinhas na Pochette Metis e nem pensei duas vezes: encomendei os protectores para o fecho. Comprei online na The Handbag Haven, custou penso que 10€ cada e chegou em 2 dias. Eles têm para várias marcas: Fendi, Chanel, LV, Prada, Balenciaga... alguns esgotam em dias mas vale a pena continuar a cuscar o site até conseguir! O produto é super bem feito, encaixa perfeitamente (até para mim que tenho zero coordenação motora foi relativamente fácil).

 A vantagem é que no dia a dia esses protetores são quase imperceptíveis na mala, não se nota mesmo e fazem toda a diferença na conservação dos fechos. Eu comprei logo duas unidades, não vá não acertar na colocação à primeira (por acaso acertei, não é nada difícil e há vídeos-tutoriais para as mais distraídas). Vale bem a pena!
SHARE:

23 outubro 2018

[Update] O meu novo corte de cabelo:

Contei-vos que cortei toooda a química do meu cabelo (menos as pontinhas que ainda estão com ombré) mas em termos de alisamentos/progressivas, saiu tudo! Saí do cabeleireiro a sentir-me uma diva, brushing feito, cabelo macio e pontinhas suaves. No dia seguinte, curiosa para ver o resultado ao natural, decidi lavar o cabelo e deixar secar ao sabor do vento. Gostei do resultado, caracóis e ondas suaves, do jeito que eu gosto. Fui dormir e acordei o próprio Mufasa do filme O Rei Leão! Precisavam de ver a cara do meu marido quando eu me levantei da cama! Depois do homem ter estado uns 5 minutos a rir, ganhei coragem para ir me ver ao espelho. Precisei compartilhar com vocês.
 
  Foto 1: Acabada de acordar (a própria visão da desgraça!)
Foto 2: Cabelo com cera de definição de ondas (estou apaixonada por esse produto!)
Foto 3: Cabelo apenas com protector térmico e seco com difusor de caracóis do secador

Escusado será dizer que mal olhei para o meu reflexo no espelho, pensei: "não vai ter jeito, vou ter que voltar aos alisamentos!" seguida de uma forte vontade de cortar os pulsos. Depois pensei:" pronto, está a ficar frio e posso ir trabalhar de boina ou gorro durante todo o inverno... sempre disfarça qualquer coisinha". Quando lá consegui me acalmar, lavei o cabelo, apliquei os novos produtos que comprei para definição de caracóis (já vos mostro tudo) e a coisa lá se compôs.

Porém continuo com o drama do "acordar fresca e fofa". Acordo todos os dias como um leão, tamanha a juba! Tenho péssimo dormir, mexo-me imenso, é impossível não desmanchar os caracóis todos! O que me obriga a molhar o cabelo de manhã para então aplicar os produtos e modelar os caracóis. Uma canseira, já não me lembrava o que era isso. Com toda a sinceridade, tenho mixed feelings e uma mega saudade de acordar com o cabelo lisinho e pronto a sair.

A solução temporária (até que ele cresça, ganhe "peso" e perca o "black power") é fazer brushing durante a semana (quando trabalho) e aos fins de semana fica como na foto 2 e 3: ao natural. Preciso MUITO de dicas para dormir e acordar com os caracóis arranjadinhos, alguém conhece um truque? Um produto milagroso? Qualquer coisa que não implique ter que molhar o cabelo de manhã! Alguém me ajuda?
SHARE:

20 outubro 2018

A pura definição do ódio:

Há uma semana que estou com falhas na internet cá de casa. Às vezes fico duas horas sem net na sala e nos quartos (só funciona na divisão onde está o router, que é o corredor). Liguei para os gajos da NOS a tentar resolver o problema. Depois de me porem a fazer figuras ridículas ("agora reinicie o router. Tire-o da tomada. Agora experimente caminhar até a outra ponta da casa a ver se o sinal chega. Agora faça o pino... ai que nervos!), nada resolvia o meu problema. Decidiram então transferir a chamada para o Apoio Técnico (e eu que julgava que já estava a falar com os técnicos...).

E aqui o meu ódio aumenta exponencialmente. Estive quase 15 minutos em espera, a ouvir ininterruptamente (em modo repeat, portanto) a nova música de espera da NOS. Conseguiram a proeza de pegar num clássico da cultura portuguesa ("A Minha Casinha") e cagaram completamente a música, numa versão que nos mói a cabeça. Uma das partes é qualquer coisa como: "Vá lá, senhor Teto, por favor, deixa-me entrar, vá lá, vá lá, senhor tecto... deixa-me entrar!" num ritmo tipo de RAP, a sério... até me subiam calores!

Entretanto fui atendida pela equipa técnica que amavelmente disse assim: "ah, mas a sua casa está com quebras da internet porque tem um router muito antigo, já tem contrato connosco há 4 anos e ainda não tem o router mais recente... vamos fazer a troca, claro! Por um adicional mensal de mais X euros."

Oi? Então eu pago um serviço mensalmente há 4 anos e tal, o serviço fica uma semana a funcionar mal e porcamente, o meu marido (que é engenheiro e basicamente depende da net para trabalhar) é obrigado a sentar-se no chão do corredor para conseguir abrir mails... e a solução que me oferecem é vender um novo router? Vão pastar!

Rodei a baiana! Ela bem demora a vir ao de cima mas quando vem, meus amigos, a casa cai. Como já não estou fidelizada, posso reclamar à vontade e ameaçar romper o contrato - é uma das minhas cartas na manga.

A solução? Diz que vem cá um técnico na 2ª feira trocar gratuitamente o router, ofereceram 10€/mensais para compra de canais (que não me interessa muito, uma vez que não sou muito de ver televisão) e vão aumentar 100M da internet. Eu ainda estou a achar que a esmola é grande demais, na segunda-feira cheira-me que ainda vou ter que activar o "baiana-mode-on". Já pensei em mudar de operadora mas já tive MEO e foi outra bosta. Alguém que use Vodafone e recomende? Já estou por tudo!

(e o raio da musiquinha - que se tornou super irritante nessa versão - e que não sai da cabeça? Socorro!)
SHARE:

09 outubro 2018

Sobre aceitar quem somos.

Já andava a pensar nisto a algum tempo, confesso. O meu cabelo estava a meio das costas, comprido, pesado (eu tenho mesmo muito cabelo), já não havia forma de o modelar com o babyliss (ficava com ondas mas passado 1 hora já estava escorrido de novo) e... pior, como estou há quase um ano sem fazer qualquer tipo de progressiva/alisamento, notava-se bem que a metade superior do cabelo estava com muitas ondas e as pontas completamente lisas, finas e sem jeitinho nenhum.

Como não tenciono enfiar mais química no cabelo (por vários motivos: senti que afinou muito o fio do meu cabelo, as pontas estavam espigadas, obrigava-me a fazer constantes manutenções que eram a volta dos 120-150€ e como tenciono engravidar em breve, o meu médico proibiu-me colorações e alisamentos com formol), de maneira que só tinha uma solução em mente: cortar TODO o cabelo com química (que já não voltava à sua forma natural, com caracóis) e assumir que sim, Deus nosso Senhor me fez com cabelos ondulados e volumosos, não vou mais andar a contrariar a minha natureza. Durante ANOS da minha vida sonhei com um cabelo lisérrimo e espelhado... fazia autênticas loucuras para o ter assim, esticadinho: dormir de rolos na cabeça, passar uma hora ou mais com uma prancha de 280º a queimar-me o couro cabeludo, alisamentos com formol que me ardiam os olhos e a boca... tudo em prol do cabelo de japonesa perfeito. Chega! Estou farta disso, estou numa fase da minha vida em que os padrões já não me interessam, quero é ser feliz e saudável com o que sou.

Pois que então rumei à minha cabeleireira e disse-lhe: "quero me corte todo o cabelo que está alisado com química e estragado..." e ela arregalou muitos os olhos e disse: "tens a certeza? vai ser praí metade do teu cabelo, vai ficar curtíssimo..." e eu, convencida, disse apenas "mete a tesoura sem dó nem piedade... quero meu cabelo saudável de volta" e assim lá se foi mais de metade do meu cabelo:


A primeira impressão foi: "oh meu Deus, que bosta é que eu fiz? Vou ficar com mega cabeção tipo a Cassandra do Sai de Baixo!" mas ao mesmo tempo foi super libertador ver o meu pescoço de volta, a leveza e o movimento que só os cabelos curtos têm. Ela fez-me um brushing porque precisava acertar o corte para que ficasse bem retinho atrás, mas eu estou mortinha por ver como vai ficar ao natural (só amanhã é que vou lavar), pelo meio ganhei vários elogios da minha cabeleireira: "mas o teu cabelo natural é tão bonito, tão fácil de moldar se souberes lidar com ele..." pois, aí está o problema: eu sempre achei que cabelos encaracolados davam imenso trabalho para cuidar enquanto o liso é só acordar, pentear para um lado e para o outro, já está.

(esse gif define o meu atual estado: maravilhada com o meu cabelo de volta, cheio de volume e balanço!)

Vamos ver como vai correr a experiência. Também se correr mal não vai haver grande volta a dar, vamos ter que esperar crescer. Estou bem feliz de imaginar a poupança extraordinária que vou fazer em shampoos, máscaras (e o dinheirinho que eu gasto em máscaras importadas, meus amigos, não é brincadeira), óleos, séruns e afins... Devia ter cortado antes, é só o que vos digo! Por enquanto estou na fase da empolgação, quando lavar e deixar secar ao natural é que vão ser elas hahahaha mas eu venho cá vos contar.
SHARE:

06 outubro 2018

Por mais Outonos assim...

Não sei em Lisboa, mas aqui pelo Sul o tempo está absolutamente in-crí-vel! Calorzinho bom, a praia da Rocha com uma água deliciosa (e quente!) como não me lembrava de ter visto... comida boa, muito descanso e um hotel fantástico que apela ao descanso e tranquilidade. O que mais uma pessoa pode pedir, não é mesmo? ;)

(Entretanto li todos os vossos comentários e sugestões no último post... tudo apontado! Obrigada pelo vosso feedback tão sincero, como sempre.)
SHARE:
© A GAROTA DE IPANEMA . All rights reserved.
MINIMAL BLOGGER TEMPLATES BY pipdig